Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

PERDEU O TRONO

Com pandemia e corte de gastos, 2020 desmantelou 'império' da Globo

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A personagem Lurdes (Regina Casé) reza para santa e em frente a vela acesa em cena da novela Amor de Mãe, da Globo

Lurdes (Regina Casé) reza para santa em Amor de Mãe, novela que não voltou ao ar nem com oração

KELLY MIYASHIRO

kelly@noticiasdatv.com

Publicado em 26/12/2020 - 7h20

Maior emissora do país, a Globo sofreu com a pandemia da Covid-19 e com muitos cortes de gastos em 2020. O ano desmantelou o "império" da líder de audiência, que se viu obrigada a dispensar atores veteranos considerados prata da casa, perdeu o contrato de transmissão da Libertadores e até seu principal produto, a novela, comeu poeira da Record.

Só neste ano, a Globo dispensou grandes estrelas com imagens consolidadas como "globais". Renato Aragão, Zeca Camargo, Miguel Falabella, José de Abreu, Antonio Fagundes, Malvino Salvador e Vera Fischer integraram a lista de nomes do elenco que perderam o emprego fixo durante a pandemia

Além da crise do novo coronavírus, que reduziu as receitas publicitárias, a debandada de vários artistas da líder de audiência também se deve a um projeto de reformulação e corte de custos que ocorre desde 2018. O Uma Só Globo unifica cinco unidades de negócios, entre elas a Globosat e o Globoplay, e foi acelerado em 2020.

reprodução/tv globo

Tarcísio Meira, Vera Fischer e Renato Aragão

Sem conseguir manter os salários altos dos veteranos, a emissora teve que abrir mão da exclusividade de vários, adotando o modelo de contrato por obra quase que como lei nos bastidores. Tarcísio Meira e Glória Menezescasal consagrado da teledramaturgia, deixaram a empresa após 53 anos de serviços prestados. Nelson Freitas e Stênio Garcia também foram cortados. 

Futebol capenga

Em setembro, a Globo rescindiu o contrato pelos direitos de transmissão da Libertadores com a Conmebol, esperando baixar os valores que pagava e retomar o acordo por um valor menor. Entrentanto, seu blefe deu errado, e a entidade fechou com o SBT até 2022. Ainda criou um pay-per-view que conta com equipe de transmissão da Band para bater de frente com o Premiere.

reprodução/sbt

Benjamin Back na apresentação do Arena SBT

A emissora de Senor Abravanel até desenterrou o programa esportivo Arena SBT e contratou Benjamin Back para comentar as partidas, além do reforço de Téo José, Mauro Beting e Emerson Sheik. Sem a principal competição de clubes da América da Sul, a Globo ficou com seu catálogo de futebol capenga e menos atraente para o mercado publicitário.

Além da Libertadores, a Globo abriu mão da Fórmula 1, tradição em sua grade desde os anos 1980, e corre risco de ficar sem a Copa do Mundo de 2022. Em junho, a emissora deixou de pagar uma parcela de US$ 90 milhões (R$ 478,8 milhões) e acionou a Fifa na Justiça suíça para renegociar o contrato por direitos de 2015 a 2022, no valor total de US$ 600 milhões (R$ 3,2 bilhões), boa parte já pagos. Por enquanto, o imbróglio está longe do fim.

Novelas prejudicadas

"Fábrica de sonhos" com novelas que costumam conquistar boa parte do Brasil, a Globo viu a pandemia interromper a gravação de suas novelas Amor de Mãe (das nove) e Salve-se Quem Puder (das sete), além de acelerar os finais de Éramos Seis (das seis) e da temporada vigente de Malhação no começo da crise sanitária, Toda Forma de Amar. 

A necessidade de paralisar os trabalhos como medida de segurança também afetou as emissoras concorrentes, caso das novelas Poliana Moça --sequência de As Aventuras de Poliana--, no SBT, e Amor Sem Igual, da Record. Entrentanto, as rivais deram uma aula valiosa à líder de audiência: ter várias semanas de frente de gravação na manga.

As Aventuras de Poliana tinha seis meses de frente quando terminou de gravar a primeira fase da história protagonizada por Sophia Valverde, isso em dezembro de 2019. Após um período de férias concedido aos atores e equipe, o SBT conseguiu iniciar a produção da fase adolescente de Poliana, mas tudo foi interrompido após um mês de gravação, no final de março.

Apesar disso, As Aventuras passou muito tempo como a única novela inédita no ar na TV brasileira e foi esticada até julho, quando foi encerrada após mais de dois anos de exibição. Enquanto isso, a Globo foi obrigada a colocar as reprises de Fina Estampa (2011) e Totalmente Demais (2015) no ar já em março por ter apenas duas semanas de capítulos prontos.

reprodução/record

Day Mesquita e Rafael Sardão em Amor Sem Igual

Mesmo criando protocolos de segurança para a retomada dos trabalhos de Entretenimento, a emissora também comeu poeira da Record, que conseguiu retomar a exibição de capítulos inéditos de Amor Sem Igual ainda em 2020, bem antes de Amor de Mãe e Salve-se Quem Puder, que só retornarão ao ar em 2021.

Saldo

Apesar de ainda possuir uma receita bruta bilionária e fechar o ano no azul, a Globo pôde aprender em 2020 que não é tão intocável e inalcançável quanto já foi um dia. Uma lição de humildade para os próximos anos pós-pandemia. 


Leia também

Web Stories

+
Caso Evandro e A Mulher na Janela chegam aos streamings; saiba maisPróximos filmes da Marvel têm Pantera Negra e Os Eternos; confira lista completaAplauso final: Despedida de Paulo Gustavo abala família, amigos e fãsComo fênix, Juliette renasceu dentro do BBB21; relembre a trajetória da finalistaPlanta faz isso? Mesmo sem protagonismo, Camilla chega à final do BBB21

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou dos casais do Power Couple Brasil 5?