NÃO CONVENCERAM

Maldade inexplicável: As vilãs que passaram vergonha nas novelas da Globo em 2019

FOTOS: REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Montagem das atrizes Lilia Cabral, Agatha Moreira e Alice Wegmann, de O Sétimo Guardião, A Dona do Pedaço e Órfãos da Terra, respectivamente

Valentina (Lilia Cabral), Josiane (Agatha Moreira) e Dalila (Alice Wegmann) foram vilãs sem sentido de 2019

REDAÇÃO - Publicado em 23/12/2019, às 05h05

Para uma mocinha de novela ser boa, ela precisa de uma antagonista de peso. E, em 2019, as vilãs deixaram a desejar. Em vez de cativarem o público com suas maldades, elas irritaram e confundiram os espectadores. Ficou difícil entender a razão de tanto ódio ou a insistência em uma vingança que não tinha motivo para acontecer.

Apesar da boa audiência, A Dona do Pedaço (2019) não conseguiu explicar por que Josiane (Agatha Moreira) odiava tanto ser a filha da boleira, ou a repetição insuportável do bordão de Fabiana (Nathalia Dill). Também não deu para entender as maldades de Dalila (Alice Wegmann), "vilã" de Órfãos da Terra (2019) que não conseguiu sequer fazer cócegas no inabalável romance dos protagonistas.

O ano foi tão ruim para as malvadas que teve até quem desistiu de ser antagonista e mudou de lado. É o caso, claro, da "terrível" Valentina Marsalla (Lilia Cabral), de O Sétimo Guardião (2018). Mas, em uma trama cujo principal destaque era um gato, alguém se importou mesmo com os personagens humanos?

Confira cinco vilãs de novelas que deixaram a desejar em 2019: 

Josiane (Agatha Moreira) fez de tudo para acabar com a felicidade da mãe na novela das nove


Inimiga da mãe

A Dona do Pedaço terminou sem responder uma das principais questões de toda a novela: qual o real motivo de tanto ódio de Josiane por Maria da Paz (Juliana Paes)? A mimada fez de tudo para derrubar a boleira. Teve um caso com Régis (Reynaldo Gianecchini), desviou dinheiro da mãe e armou para tomar a mansão e a fábrica da protagonista. Jô foi capaz até de matar para esconder seus planos de roubar dinheiro da mãe.

A trama até tentou justificar a vilania da personagem com a guerra de sangue entre os Ramirez e Matheus, mas não colou. A vilã foi presa e pagou pelos assassinatos cometidos, mas isso não foi suficiente para mudá-la. Josiane fingiu se converter e virou evangélica, porém os últimos segundos do folhetim mostraram que a redenção da megera era uma farsa

Dalila (Alice Wegmann) prometeu se vingar pela morte do pai, mas perseguiu a pessoa errada


Vingativa flopada

As maldades de Dalila cansaram. Ela nadou, nadou, e morreu na praia. Não é à toa que foi apelidada de Cebolinha nas redes sociais, pelo excesso de "planos infalíveis" que armou, assim como o personagem da Turma da Mônica. A vilã carregou o folhetim nas costas e, quanto mais os mocinhos caíam em suas armações, mais tedioso tudo ficava para quem acompanhava a trama.

O problema é que a vingança da libanesa não passava de recalque, de orgulho ferido, coisa de uma jovem mimada. Ela começou Órfãos da Terra prometendo se vingar pelo assassinato do pai, porém mirou na pessoa errada e tudo não passou de um pretexto para perseguir Jamil (Renato Góes) e Laila (Julia Dalavia).

Valentina (Lilia Cabral) não cativou o telespectador e perdeu espaço em O Sétimo Guardião


Malvada desbancada

Valentina foi apresentada como a maior vilã da trama de Aguinaldo Silva, e a expectativa do público era de que a personagem entrasse no rol das grandes cobras da teledramaturgia brasileira. Porém, ela terminou a história com ares de boazinha após mudar de lado e se aliar ao filho. Valentina foi uma vilã de falhas.

Falhou como mãe, em sua relação conturbada e sem química com Gabriel (Bruno Gagliasso). Falhou em carisma, em maldades e até mesmo como personagem. A megera perdeu força e passou o bastão da vilania para Olavo (Tony Ramos). Porém, depois de matar o ex-sócio por vingança, a ex-ricaça se safou da culpa e conseguiu atingir seu objetivo de lucrar com a fonte da juventude.

Fabiana (Nathalia Dill) cometeu absurdos durante a novela, mas não foi uma grande vilã


Noviça invejosa

Fabiana começou a trama de Walcyr Carrasco como uma noviça disposta a reencontrar a irmã perdida. Porém, ao ver que Vivi (Paolla Oliveira) foi criada por uma família rica, a ambição e a inveja tomaram conta da personagem de Nathalia Dill. Infantilizada, a vilã passou toda a novela repetindo o bordão cansativo de que "foi criada em um convento" para justificar suas atitudes.

A megera armou um golpe para tomar dinheiro de Agno (Malvino Salvador), chantageou Josiane (Agatha Moreira), virou dona da Bolos da Paz e fez da vida dos funcionários um verdadeiro inferno. Mas o carma agiu: Fabiana perdeu tudo que conquistou e precisou voltar para o Espírito Santo. A ex-noviça assumiu sua ruindade e terminou o folhetim como uma pistoleira Ramirez. 

Betina (Cleo) foi a megera mais sem sentido do ano; a mimada só queria manter sua vida boa


Chatina

Mimada e recalcada, Betina (Cleo) foi uma vilã chata e sem o menor carisma. Ela não conquistou os telespectadores, não teve torcida e só causou ranço em quem acompanhou O Tempo Não Para. A megera não se conformou que foi trocada e fez de tudo para separar Samuca (Nicolas Prattes) e Marocas (Juliana Paiva).

A personagem fez três tentativas de assassinato contra a mocinha, matou Agnese (Beatriz Campos) e Emílio (João Baldasserini), mas nenhum inquérito chegou a ir adiante. Apesar de deixar rastros, os personagens não foram inteligentes o bastante para confrontá-la. Por pouco, a invejosa não terminou a trama totalmente impune. Ela acabou provando do próprio veneno e foi morta por Lúcio (João Baldasserini).

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é a mãe mais surtada de Amor de Mãe?
Thelma
80.47%
Lurdes
9.58%
Vitória
1.97%
Leila
7.99%

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook