Previsão dos indicados

De Facebook a séries da Apple; conheça as zebras e os favoritos do Globo de Ouro

Reprodução/Facebook/Apple TV+

Jessica Biel em Limetown, do Facebook, e Jennifer Aniston em The Morning Show, drama do Apple TV+

Jessica Biel em Limetown, do Facebook, e Jennifer Aniston em The Morning Show, drama do Apple TV+

JOÃO DA PAZ - Publicado em 08/12/2019, às 06h22

Os indicados ao Globo de Ouro de 2020 serão conhecidos nesta segunda-feira (9), e a premiação promete ser uma das mais disputadas dos últimos tempos. Entre produções tradicionais como Game of Thrones (2011-2019) e The Crown, séries do Facebook e do streaming da Apple, novatas nesse mercado, têm chances de abocanhar um espaço nas principais categorias de TV.

O Globo de Ouro de 2020 será realizado em 5 de janeiro, em Beverly Hills, Grande Los Angeles. Pela quinta vez, o comediante Ricky Gervais será o anfitrião. Ele mesmo está cotado a concorrer na categoria ator de série de comédia, por After Life, da Netflix.

Confira as atrações e atores/atrizes que são zebras e favoritas nas principais categorias de séreis do Globo de Ouro:

Melhor série dramática

Maior vencedora da história do Emmy, Game of Thrones nunca ganhou o Globo de Ouro de melhor drama. Agora é a última chance, com a temporada final. A série fantasiosa é presença certa, e a HBO deve voltar a concorrer ao principal troféu da noite, o que não ocorreu no ano passado --Sucession é outra atração do canal que deve cavar um lugarzinho nessa categoria.

Vencedoras no passado, The Crown e The Handmaid's Tale (Paramount+) devem entrar na disputa. Apesar de criticada, The Morning Show, da plataforma Apple TV+, pode ser aquela série novata que Globo de Ouro gosta de indicar. Killing Eve (Globoplay), Pose (Fox Play, Netflix) e Big Little Lies (HBO) são outras séries para ficar de olho.

Jeremy Strong e Brian Cox na 2ª temporada de Succession; ambos buscam uma indicação


Melhor ator de série dramática

Em alta após conquistar o Emmy, Billy Porter encabeça a lista dos favoritaços a receber uma indicação, ao lado de nomes como Brian Cox (Succession) e Sterling K. Brown (This Is Us). Duas ou três vagas estão abertas, e tem muita gente concorrendo por elas, como Tobias Menzies (The Crown), Kevin Bacon (City on a Hill) e Jeremy Strong (Sucession). O surpreendente Steve Carell (The Morning Show) e o jovem Penn Badgley (You) correm por fora.

Melhor atriz de série dramática

Com duas séries de fazer inveja a canais premium e streamings famosos, o Facebook pode ser a grande zebra dessa edição do Globo de Ouro com duas atrizes que fazem atuações espetaculares: Elizabeth Olsen em Sorry for Your Loss e Jessica Biel em Limetown. A segunda está tão bem quanto em The Sinner, pela qual concorreu aos principais prêmios em Hollywood.

Porém, a categoria atriz de drama é a mais acirrada de todas. A briga por uma indicação envolve celebridades consagradas como Nicole Kidman (Big Little Lies), Jennifer Aniston (The Morning Show), Regina King (Watchmen), Sandra Oh (Killing Eve) e Olivia Colman (The Crown), entre outras. A arrebatadora Zendaya (Euphoria) também tem chances de estar no meio de todas as feras.

Melhor série de comédia

Tradicionalmente, a categoria de melhor série de comédia é aquela em que o Globo de Ouro mais gosta de abrir espaço para novidades. Caso mantenha o roteiro, The Politician (Netflix) seria a grande surpresa entre as indicações. Séries-sensação como Fleabag e The Marvelous Mrs. Maisel, ambas no Prime Video (streaming da Amazon), são presenças certas. E a veterana Veep (2012-2019, HBO) pode concorrer pela última vez ao troféu.

Melhor ator de série de comédia

Protagonistas de séries inéditas no Brasil devem aparecer na categoria melhor ator de série de comédia, como Don Cheadle (Black Monday), Ramy Youssef (Ramy) e Eugene Levy (Schitt's Creek). Dos nomes mais conhecidos e de atrações famosas que largam na frente por uma indicação são Bill Hader (Barry), Ted Danson (The Good Place) e Michael Douglas (The Kominsky Method), o atual detentor do troféu nessa categoria.

Melhor atriz de série de comédia

A maioria das atrizes de comédia que vão concorrer ao prêmio deverã apenas fazer figuração para as favoritas Phoebe Waller-Bridge (Fleabag) e Rachel Brosnahan (The Marvelous Mrs. Maisel). Ou seja, ser indicada já vai valer muito, principalmente para Hailee Steinfeld, por Dickinson, do Apple TV+; ela que tem uma indicação ao Oscar no currículo. Kirsten Dunst (On Becoming a God in Central Florida) e Natasha Lyonne (Russian Doll) também estão no páreo.

Melhor minissérie ou telefilme

O duelo Chernobyl (HBO) versus Olhos Que Condenam (Netflix) vai se repetir na categoria melhor minissérie ou telefilme. Por enquanto, o drama do canal premium está levando a melhor no circuito de premiações, duas vitórias contra uma derrota. E para completar a categoria devem aparece as elogiadas Unbelievable (Netflix) e Years and Years (HBO).

Mais como uma consolação, não será surpresa se o filme de Breaking Bad (2008-2013), El Camino, aparecer entre os indicados.

Melhor ator de minissérie ou telefilme

Chernobyl e Olhos Que Condenam devem repetir o confronto quentíssimo entre os atores de minissérie ou telefilme, com indicações para Jared Harris (Chernobyl) e Jharrel Jerome (Olhos Que Condenam). O vencedor do Oscar Russell Crowe, que se transformou para viver o executivo Roger Ailes (1940-2017) em The Loudest Voice, deve ser lembrado, assim como Mahershala Ali, por True Detective (HBO).

Melhor atriz de minissérie ou telefilme

Sem favorita, a peleja pelo troféu de melhor atriz de minissérie ou telefilme está totalmente em aberto. Seria muito legal ver a talentosa Merritt Wever ser indicada por Unbelievable (Netflix), assim como Kathryn Hahn, de Mrs. Fletcher (HBO).

Outras protagonistas que têm tudo para estar entre as concorrentes são Michelle Williams (Fosse/Verdon), Hellen Mirren (Catherine the Great) e, quem sabe, a zebra Miley Cyrus (Black Mirror).

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual novela a Globo deve reprisar depois de Novo Mundo?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook