Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Gotham Awards

Com prêmio de série revelação, Olhos Que Condenam derrota Chernobyl pela 1ª vez

Divulgação/Netflix

Storm Reid e Jharrel Jerome em cena da minissérie Olhos Que Condenam, vencedora no Gotham Awards

Storm Reid e Jharrel Jerome em cena da minissérie Olhos Que Condenam, vencedora no Gotham Awards

JOÃO DA PAZ

Publicado em 3/12/2019 - 16h24

Pela primeira vez, Olhos Que Condenam (Netflix) derrotou Chernobyl (HBO) em uma premiação, levando para casa o prêmio de série revelação de 2019, no Gotham Awards, realizado na noite da última segunda-feira (2), em Nova York. Até o momento, a minissérie do canal pago está à frente da atração do streaming, com duas vitórias.

Esse duelo tem tudo para se repetir no Globo de Ouro, pois ambas as produções devem concorrer ao troféu de melhor minissérie. Os indicados serão conhecidos na próxima segunda (9).

Com a história sobre o caso real da prisão injusta de cinco adolescentes negros, acusados de violentar e estuprar uma bancária branca no Central Park, em 1989, Olhos Que Condenam tem uma avaliação da crítica americana melhor do que Chernobyl, sobre o escândalo em uma usina nuclear na antiga União Soviética: nota 87 (de 100) contra 83 no site Metacritic.

Porém, a atração da HBO tem levado a melhor no circuito de premiações contra o drama da Netflix. Chernobyl derrotou Olhos Que Condenam no TCA Awards e no Emmy, que é a maior premiação da TV norte-americana. Na ocasião, Chernobyl arrebatou dez estatuetas, atrás somente de Game of Thrones (2011-2012), com 12.

No Gotham Awards, Olhos Que condenam não só derrotou Chernobyl, mas David Makes Man (OWN, o canal da Oprah Winfrey), My Brilliant Friend (HBO) e Unbelievable (Netflix).

O Gotham Awards premia séries há cinco anos. As séries que já venceram foram: Mr. Robot (em 2015), Crazy Ex-Girlfriend (2016), Atlanta (2017) e Killing Eve (2018).

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?