Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

MAIORES BARRACOS

De Mayra Cardi a Anitta: Cinco tretas de famosos que incendiaram a web em 2020

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Montagem com Mayra Cardi, Anitta e Xuxa

Mayra Cardi, Anitta e Xuxa tiveram brigas expostas nas redes sociais em 2020; veja cinco barracos

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 28/12/2020 - 6h45

No ano em que algumas relações ficaram distantes e até esfriaram, a web foi incendiada com tretas históricas entre os famosos. Afinal, foi em 2020 que a amizade de Anitta e o jornalista que escreveu sua biografia, Leo Dias, chegou ao fim, com direito a troca de acusações, áudios vazados nas redes sociais e até processo.

Já quem sofreu pela falta de novelas inéditas em tempos de pandemia teve o vazio preenchido pelas reviravoltas da separação de Mayra Cardi e Arthur Aguiar. Houve traições do ator expostas, choro com pedido de perdão e treta na partilha de bens, em uma trama que não deixou nada a perder para os melhores folhetins.

Xuxa, mais ativa do que nunca na internet, fez um comentário criticando o pastor Silas Malafaia, que organizou um boicote transfóbico contra Thammy Miranda. O resultado: troca de farpas na web e grosseria do religioso, que xingou muito no Twitter.

Confira as cinco tretas mais quentes dos famosos nas redes sociais em 2020:

Anitta X Leo Dias

Anitta declarou o fim da amizade e o início de uma verdadeira guerra contra o jornalista Leo Dias em maio, quando o acusou de chantageá-la durante anos. A cantora afirmou que passou informações para o ex-amigo por sentir medo de ter sua carreira destruída por ele, mas que agora não estaria mais disposta a conviver com as supostas ameaças. O estopim da briga foi uma fofoca envolvendo Miriam Macedo, mãe da funkeira.

Após a publicação do vídeo de Anitta, diversos áudios atribuídos a ela foram vazados. As mensagens tinham trechos de fofocas sobre a atriz Marina Ruy Barbosa e as cantoras Preta Gil, Pabllo Vittar, Claudia Leitte e Ivete Sangalo. Leo Dias também resolveu falar em seu Instagram e negou que tenha chantageado a cantora, sobre a qual escreveu um livro, a biografia Furacão Anitta (2019).

O barraco virtual foi parar na Justiça. O processo deixou Leo Dias revoltado, e ele usou seu Twitter para se declarar preparado para a treta. "Eu não tenho medo de processo", escreveu. "Anitta, quando você parar de me atacar, eu paro também. Analise bem os danos à sua carreira. Fui muito leal a você e jamais questionei o seu talento", argumentou ele.

Traição, abuso e treta

O que parecia uma separação amigável de Mayra Cardi e Arthur Aguiar logo virou uma verdadeira novela virtual, com direito a treta, acusação de abuso, choro e traição. Mesmo após o rompimento, o ator continuou morando com a ex-mulher durante um tempo. Tudo mudou quando o ator deixou a casa da blogueira, que resolveu abrir o jogo nas suas redes sociais sobre as traições que tinha sofrido.

O galã rebateu, fez um vídeo em que apareceu chorando e até admitiu as traições, mas tentou se defender do título de abusador. Foi então que começou uma verdadeira guerra entre o ex-casal, com troca de acusações quase que diárias. Mayra chegou a revelar que o artista teve mais de 15 amantes durante o casamento.

Depois que o artista assumiu a infidelidade, mas negou os abusosMayra exibiu um dossiê com provas das atitudes questionáveis do ex-marido. O ator ainda decidiu brigar pelos lucros na empresa que tem em sociedade com a blogueira. A influenciadora se revoltou com a atitude e o chamou de gigolô.

Super Xuxa contra a transfobia

Xuxa Meneghel tomou as dores de Thammy Miranda e fez duras críticas a Silas Malafaia nas redes sociais. Ao saber que o pastor tinha estimulado um boicote contra a marca de cosméticos que contratou o filho de Gretchen para ser garoto-propaganda da campanha de Dia dos Pais, a apresentadora afirmou que o religioso deveria ser preso.

Thammy entrou com um processo contra Malafaia e divulgou um vídeo em que pedia ao pastor para ter mais amor e menos ódio. Foi nesse momento que Xuxa entrou na história. A loira usou o espaço de comentários do post para deixar sua opinião e fazer um desabafo contra a intolerância.

"Esse pastor e outros que usam o nome de Deus deveriam ser presos ou pagar uma multa absurda, pois, como são gananciosos, iriam pensar duas vezes antes de sair derramando seu ódio em nome de Deus", escreveu em um trecho da publicação.

O pastor retrucou com violência em seu Twitter. "Você foi um grande absurdo da TV brasileira. Você fez um filme [Amor, Estranho Amor], todo mundo sabe, abusando sexualmente de um garoto de 12 anos. Se fosse hoje, você estaria presa! Cala essa sua boca", postou Malafaia.

Pulseira da discórdia

A ex-BBB Ariadna Arantes usou sua rede social para denúnciar Lary Bottino, ex-De Férias com o Ex, e acusá-la de não devolver uma pulseira emprestada. A revolta foi tanta que ela ameaçou ir à delegacia e fez um longo desabafo sem falar o nome da ex-amiga.

"Se eu não conseguir o que é meu até hoje à noite, aí vai dar babado. Porque além de eu explanar quem é essa pessoa, eu vou na delegacia abrir um boletim de ocorrência. Sabe por quê? Isso aqui é meu, saiu do meu bolso. E o que é meu tem que voltar pra mim", avisou.

Dias depois, Lary usou a mesma plataforma para se defender da acusação. "É um assunto tão baixo que eu tenho até vergonha de falar pra vocês", iniciou ela. "Eu peguei uma pulseira emprestada e um brinco com essa dita-cuja. Acabou que eu voltei pro Brasil, de fato, esqueci de devolver", justificou, antes de alfinetar a ex-amiga. "Por que eu ia querer roubar uma pulseira de R$ 600 da Ariadna? Eu tenho dinheiro pra comprar uma, duas, cinco, dez, dessa pulseira."

Influenciadores em guerra

Antonia Fontenelle fez um post em seu Instagram que virou caso de Justiça. Em junho, ela publicou um vídeo editado com diferentes frases sobre sexo ditas por Felipe Neto, Rafinha Bastos, PC Siqueira e Cauê Moura. Na legenda, questionou: "Podemos chamar esse vídeo de incitação à pedofilia a olhos nus?". O material também mostrou Luccas Neto colocando e tirando uma garrafa de açucar na boca, em um vídeo que teve a ordem alterada, o que deu às imagens uma conotação sexual.

Felipe e Luccas Neto moveram uma ação pedindo R$ 100 mil de indenização para cada um, além de retratação e da retirada do vídeo do Instagram. A liminar para a exclusão do post foi autorizada pela Justiça em 19 de junho, assinalando um prazo de 24 horas para cumprimento.

A briga esquentou quando Fontenelle acusou os irmãos Neto de tentarem tirá-la da internet. "Só digo uma coisa, se entrarem numa de derrubar minhas redes, vocês irão saber que é Terceira Guerra Mundial. E tenho dito", escreveu ela no Twitter, horas depois de Felipe Neto ter feito um post, sem citar nomes. "Gente, às vezes é preciso falar o óbvio: Não é censura se você age contra as regras da plataforma", resumiu o produtor de vídeos.


Leia também

Web Stories

+
Fim de casamento e cirurgia perigosa: Como estão os vencedores do Power Couple BrasilLustre de cristal e piso de mármore: Conheça o Carioca Palace, hotel de Pega PegaDe Luísa Sonza a Ana Hickmann: Veja as mansões de dez famosos brasileirosLonge dos holofotes: Veja por onde andam cinco atores de Hilda FuracãoAtaque de fã-clube e troca de professor: Cinco tretas marcantes na Dança dos Famosos

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual reality show você vai acompanhar após o fim do No Limite e Power Couple?