NOVAS GRADES

Dois meses de quarentena: O que mudou na programação da TV com o isolamento

REPRODUÇÃO/TV GLOBO/RECORD

Montagem de fotos com Thelma no BBB20, Lurdes (Regina Casé) em Amor de Mãe e Sabrina Sato no Domingo Show

Thelma no BBB20, Lurdes (Regina Casé) em Amor de Mãe e Sabrina Sato no Domingo Show: grades alteradas

VINÍCIUS ANDRADE - Publicado em 16/05/2020, às 05h23 - Atualizado às 05h24

Neste sábado, 16 de maio, boa parte dos Estados brasileiros completa dois meses de quarentena. Foi em uma segunda-feira, 16 de março, que o Brasil ligou alerta máximo contra a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) e pediu para que as pessoas colaborassem e ficassem em casa. Desde então, muita coisa mudou, inclusive na TV.

Gravações de novelas tiveram de ser paralisadas, programas ao vivo acabaram suspensos, novos projetos cancelados, telejornais foram esticados e as grades sofreram diversas alterações.

A emissora que mais se mexeu nos últimos dois meses foi a Globo. O principal baque veio no carro-chefe da líder de audiência: as novelas. As inéditas Amor de Mãe e Salve-se Quem Puder foram trocadas pelas reprises Fina Estampa e Totalmente Demais, respectivamente.

Inicialmente, a emissora acreditava que seria possível exibir a segunda fase de Amor de Mãe a partir de agosto. Para isso, teria que voltar a gravar em julho. Esse cenário ficou distante diante do avanço do novo coronavírus, principalmente no Rio de Janeiro. A alta cúpula da Globo decide na semana que vem se continuará reprisando novelas em seus horários mais nobres, principalmente o das 21h.

Éramos Seis (2019) foi concluída, mas em vez de ser substituída pela inédita Nos Tempos do Imperador, acabou trocada por uma reprise de Novo Mundo. A nova temporada de Malhação também foi para a geladeira e deu lugar para a reexibição da premiada Viva a Diferença (2017).

Outros horários da programação que mudaram foram os do futebol. Sem jogos ao vivo nas quartas à noite e nas tardes de domingo, a Globo escalou o Cinema Especial para o meio de semana e, desde abril, mostra reprises de jogos antes do Domingão do Faustão.

A atração de Fausto Silva também tem apelado para seu arquivo, apenas as chamadas são inéditas e gravadas diretamente da casa do apresentador. O mesmo acontece com o Caldeirão do Huck, que ainda tem exibido quadros inéditos, prontos antes do início da quarentena. Já o Altas Horas é inteiramente reprisado.

Ainda no Entretenimento, o The Voice Kids precisou ser cancelado. A Globo mostrou reprises do desafio musical até 19 de abril, mas na semana seguinte colocou reexibições de Tamanho Família. O domingo ainda conta com VTs de Fórmula 1 no Esporte Espetacular e o Fantástico começando uma hora mais cedo, às 20h.

O reality que segurou a onda até o final foi o BBB20, que ainda foi esticado em quatro dias. Os confinados até foram avisados sobre a pandemia em 16 de março, a Globo reforçou os cuidados, tirou plateia e conseguiu manter o programa até 27 de abril. Na terça à noite, o Fora de Hora foi trocado por séries; já o Mestre do Sabor foi gravado às pressas e está com temporada inédita no ar às quintas.

O Globo Repórter é o único jornalístico da emissora em reprise. A equipe da atração foi deslocada para outros noticiosos. Na primeira semana de quarentena, a Globo tirou do ar o Mais Você, o Encontro, o Globo Esporte e o Se Joga. De manhã, foi criado o Combate ao Coronavírus; para a tarde, a primeira edição do telejornal local e o Jornal Hoje ficaram mais longas.

Com a diminuição no interesse por notícias, o Combate foi encurtado em abril, com Fátima voltando ao seu horário. A apresentadora, no entanto, passou a conversar com seus convidados via internet; Ana Maria Braga participa com um quadro de receitas no matinal. A grade vespertina continua a mesma do começo do isolamento, e a Globo estuda acabar de vez com o Se Joga após a quarentena.

Mudanças na Record

Com programas ao vivo, telejornais e reprises de novela do início da manhã até o fim do Jornal da Record, às 20h40, os principais efeitos sentidos pela emissora foram no horário nobre. A trama Amor Sem Igual, que estava em alta e já disputava a vice-liderança com o SBT, teve as gravações paralisadas e foi trocada pela reprise flopada de Apocalipse, o que derrubou o desempenho de toda a grade noturna.

Aposta para os meses de maio e junho, o Power Couple, que seria apresentado por Adriane Galisteu, foi adiado para 2021. A emissora também jogou para o ano que vem a produção de seu novo reality, A Ilha, do Canta Comigo Teen e da sexta temporada do Dancing Brasil, de Xuxa Meneghel. A Fazenda, em setembro, ainda está mantida, mas a Record já estuda mais protocolos de segurança.

Anunciada pela Record com grande alarde, a nova programação de domingo também naufragou. A grade, que estreou uma semana antes do início da quarentena, tinha Hoje em Dia, novo Domingo Show com Sabrina Sato, Hora do Faro e Xuxa com seus realities. Com audiência baixa, todas as novidades foram canceladas e só restaram as reexibições de Rodrigo Faro em meio a filmes e séries.

O sábado tem overdose de Cidade Alerta, jornalísticos e enlatados. O retorno do Legendários, na faixa das 22h30, não vingou --o reality Made in Japão, gravado antes da pandemia e retirado dos domingos, ocupará a faixa a partir de 23 de maio.

SBT na mesma

Das três maiores emissoras do país, o SBT foi a que menos mudou a grade. As atrações, inclusive as novelas, continuam as mesmas por enquanto. A diferença é que os programas inéditos deram lugar aos reprisados.

Aos poucos, no entanto, atrações como Domingo Legal, Eliana e Programa do Ratinho estão voltando às gravações, mas com regras de prevenção contra a Covid-19 e plateia virtual.

O único horário que tem sofrido alterações é o vespertino. Antes da quarentena, o Fofocalizando estava no ar com Lívia Andrade no comando. Nos últimos dois meses, a apresentadora foi afastada, voltou como comentarista, o programa mudou de nome para Triturando e, na sexta (15), Silvio Santos mandou trocar Lívia e Mara Maravilha por Ana Paula Renault e Flor Fernandez.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook