Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

MADE IN JAPÃO

Record anuncia volta de reality de Sabrina Sato à programação; saiba a data

REPRODUÇÃO/RECORD

Sabrina Sato no comando do reality Made in Japão, que era exibido dentro programa Domingo Show

Sabrina Sato no Domingo Show; programa saiu da grade e Made in Japão foi transferido para sábado

REDAÇÃO

Publicado em 14/5/2020 - 17h49
Atualizado em 14/5/2020 - 18h04

Depois de ter quatro episódios exibidos dentro do Domingo Show, em março, o reality Made in Japão volta à grade da Record aos sábados em 23 de maio, às 22h30. Comandada por Sabrina Sato, a atração foi gravada antes do início da pandemia do novo coronavírus, e terá seis capítulos até o encerramento e a entrega do prêmio de R$ 500 mil.

Dez celebridades estão na disputa: Sérgio Hondjakoff, Gui Santana, Luiza Ambiel, Flávio Mendonça, Richarlyson, Maurren Maggi, Babi Muniz, Silvana Oliveira, Dhomini e Quitéria Chagas.

No início de abril, após resultados ruins de audiência do Domingo Show, a Record anunciou o encerramento do programa e avisou que deslocaria o Made in Japão para as noites de sábado, mas ainda não tinha comunicado a data da reestreia.

"A Record informa que o reality show Made in Japão passa a ser exibido aos sábados a partir de maio. Neste domingo, 5 de abril, na faixa horária do Domingo Show, vai ao ar a sessão de filmes Cine Maior", justificou a emissora em comunicado enviado à imprensa na ocasião.

"A mudança faz parte da restruturação da emissora diante das limitações impostas pela pandemia do novo coronavirus. Novas gravações externas e em estúdio com plateias e participantes no palco, além de equipes técnicas e produção, estão interrompidas por recomendações das autoridades de saúde", completou a Record.

O Made in Japão foi totalmente gravado antes mesmo da estreia do novo Domingo Show. O anúncio do campeão, porém, seria feito ao vivo --como a Record fez no passado com o Batalha dos Confeiteiros. Em um desabafo que fez no Instagram ao revelar que estava com o novo coronavírus, o modelo e empresário Flávio Mendonça admitiu que não faz ideia se é o campeão da competição.

Não deu certo aos domingos

Sabrina Sato ficou quase 12 meses sem trabalhar e retornou neste ano com mais prestígio. Escalada para substituir Geraldo Luís no Domingo Show, ela ganhou todo o suporte da Record para mudar completamente o formato da atração, que antes apostava no assistencialismo.

Com diversos quadros divertidos e realities, a ideia era que a japonesa tivesse força para vencer o Domingo Legal, do SBT, mas só passou vergonha nas quatro semanas em que foi ao ar.

Antes de tirar Sabrina Sato definitivamente dos domingos, a Record chegou a reduzir o Domingo Show pela metade da duração original, perdendo espaço para o seriado Todo Mundo Odeia o Chris. Nas quatro edições que foram ao ar, ela perdeu feio para os seus adversários na disputa pelo público, e não demonstrou forças para sair do terceiro lugar.

Na estreia, Sabrina registrou 3,8 pontos na Grande São Paulo. Em 15 de março, caiu para 3,3. Em 22 de março, marcou 4,6, seu melhor resultado. Porém, ficou quase com a metade do índice do Domingo Legal, de Celso Portiolli, que fechou com 8,8 de média. Em 29 de março, ela voltou a anotar 3,8 e por pouco não terminou em quarto.

Aos sábados, a apresentadora vai enfrentar um horário também complicado para a Record, que enfrenta dificuldade até mesmo com a Band. Atualmente, a faixa é ocupada pelo Legendários ou lives de sertanejos.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?