Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

CORONAVÍRUS

Globo grava nova temporada do Mestre do Sabor às pressas antes de esvaziar estúdios

RAQUEL CUNHA/TV GLOBO

Claude Troisgros segura um facão enquanto é observado por João Batista, na primeira temporada do Mestre do Sabor

Claude Troisgros e João Batista no Mestre do Sabor: reality é o único em gravação nos Estúdios Globo

VINÍCIUS ANDRADE

Publicado em 19/3/2020 - 5h24

Com a segunda temporada prevista para estrear em 30 de abril, Mestre do Sabor é o único programa ainda em gravação nos Estúdios Globo. O trabalho acontece em ritmo acelerado e será finalizado até sexta-feira (20), quando o local deve ser completamente esvaziado. A emissora já cancelou as produções de todas as novelas e outras atrações do Entretenimento como medida para conter a expansão do novo coronavírus.

Ao Notícias da TV, a Globo confirmou que as gravações do reality culinário comandado pelo chef Claude Troisgros terminam ainda nesta semana. O objetivo é evitar que sua estreia seja adiada.

Assim como o MasterChef, da Band, apenas a final do Mestre do Sabor é transmitida ao vivo. A segunda temporada terá 13 episódios; ou seja, a decisão da competição culinária será exibida apenas em 23 de julho, daqui a mais de quatro meses, prazo que as próprias autoridades brasileiras colocaram como máximo para que a situação no país esteja normalizada.

Além da ausência da plateia, o desafio gastronômico precisou fazer mudanças na equipe de jurados por conta do coronavírus. José Avillez, chef português que integra o time de mestres junto com Leo Paixão e Kátia Barbosa, teve de interromper sua participação nas gravações e decidiu voltar a Portugal devido à pandemia. Ele foi substituído pelo carioca Rafael Costa e Silva.

Na semana passada, Avillez gravou a passagem de bastão para o substituto, que assumiu a equipe nos trabalhos realizados nos últimos dias e será o responsável por comandar o time que pertencia ao português até o desfecho da edição.

Além de Claude Troisgros e de seu braço direito, João Batista, a segunda temporada terá Monique Alfradique, que entra no programa como repórter de bastidores.

Primeiro reality culinário da Globo, o Mestre do Sabor foi exibido de outubro a dezembro e gerou boa receita publicitária, com patrocínios polpudos de anunciantes ligados ao mercado alimentício. Mas a audiência ficou aquém do esperado.

A atração teve os piores resultados pós-novela das nove de um programa de temporada no ano passado, chegando a marcar 14,8 pontos em 12 de dezembro. A final, exibida em 26 de dezembro, anotou apenas 17,7 pontos na Grande São Paulo.

Ainda assim, Mestre do Sabor foi o reality culinário mais visto da TV brasileira em 2019. Ficou à frente do MasterChef, da Band, que também foi mal; do Top Chef Brasil, da Record; e do Famílias Frente a Frente, do SBT.

Paralisação nos Estúdios Globo

Com a finalização das gravações do desafio culinário, o único programa que ainda movimentará os Estúdios Globo nos próximos dias é o BBB20, previsto para acabar em 23 de abril, uma semana antes da estreia do Mestre do Sabor. Ainda assim, o reality de confinamento trabalha com equipe reduzida e redobrou o cuidado com os confinados, que foram instruídos ao vivo sobre o coronavírus.

A Globo decidiu paralisar todas as 14 produções da teledramaturgia que estavam sendo tocadas em seus estúdios, no Rio de Janeiro, até que a propagação da Covid-19 seja controlada e permita a retomada das gravações.

Amor de Mãe será substituída na segunda (23) por um compacto de Fina Estampa, de 2011. Salve-se Quem Puder dará lugar, a partir do dia 30, a uma reprise de Totalmente Demais (2015). Éramos Seis vai até o final, no dia 27, mas a estreia de sua substituta, Nos Tempos do Imperador, foi adiada. Na faixa das 18h, será reprisada Novo Mundo (2017).

A atual temporada de Malhação teve seu final antecipado para o início de abril e dará lugar a uma reprise editada de Malhação: Viva a Diferença (2017/18) --que em breve ganhará uma série derivada no Globoplay, As Five.

Leia também

Enquete

Com quem Irma merece ficar em Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.