Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ASSUNTO POPULAR

Papo quente e prática: Veja cinco séries que discutem sexo e abusam de cenas sensuais

DIVULGAÇÃO/NETFLIX

Brad (Adam Demos) no lado esquerdo e Billie (Sarah Shahi) no lado direito se olham com ele com a mão direita no pescoço dela em cena da série Sex/Life

Brad (Adam Demos) e Billie (Sarah Shahi) em cena de Sex/Life, nova série sensual da Netflix

LUÍS FELIPE SOARES

luis@noticiasdatv.com

Publicado em 27/6/2021 - 6h25

Conversas sobre sexo levam a debates em torno de preferências, curiosidades e histórias. O papo quente e a prática do ato em séries brasileiras e internacionais contam com espaço na TV para diferentes tipos de público. São atrações que discutem o tema e abusam de cenas sensuais para atrair o público em torno da trama principal.

O mais recente lançamento com a temática é Sex/Life, série cuja primeira temporada entrou no catálogo da Netflix na semana passada. O drama de uma dona de casa com saudade da vida sexual de antes explora lembranças picantes, com muitos momentos de pegação, nudez e gemidos para aquecer os espectadores.

O recurso de mesclar cenas picantes com tramas densas ou até cômicas está presente em produções caprichadas disponíveis no streaming.

O Notícias da TV lista cinco séries que exploram assuntos ligados ao sexo e que mostram muitas cenas sensuais no caminho:

  • Sex/Life: Lembranças de uma relação quente no passado e o presente em um casamento morno com outra pessoa movimentam a trama de Sex/Life, que estreou na Netflix na sexta-feira (25). O foco da série é um triângulo amoroso entre uma mulher, seu passado recheado de descobertas e o atual marido, com reflexões sobre amor e sexo dividindo espaço com cenas mais sensuais.

    Billie (Sarah Shahi) leva uma vida pacata no subúrbio e passa o tempo em meio ao casamento com o amoroso Cooper (Mike Vogel) e ao cuidado com os filhos. Mas uma tensão ocorre quando ela recebe a inesperada ligação de Brad (Adam Demos), ex-namorado de quem guarda recordações picantes que estavam adormecidas.

    Ela decide tentar acalmar o fogo ao relatar experiências antigas e suas observações e sensações em um diário online. Os textos são descobertos pelo marido, com a revelação da antiga personalidade da protagonista sendo o ponto de partida para mudanças em seu cotidiano. Cooper não sabe se confia na mulher ou tenta aquecer as coisas, como ir para uma festa de swing e experimentar fetiches.

    A série é baseada no livro 4 Homens em 44 Capítulos, da escritora norte-americana B.B. Easton. Os oito episódios da adaptação estão disponíveis na Netflix.

DIVULGAÇÃO/NETFLIX

Otis e Maeve criam clínica de terapia sexual

  • Sex Education: De olho no público jovem e cheio de hormônios, a Netflix tem em seu catálogo Sex Education. A história britânica coloca o tema em um contexto juvenil, com estudantes revelando suas dúvidas e aflições ao mesmo tempo em que se jogam em diversas experiências.

    A trama central gira em torno de Otis, jovem tímido que vive com a mãe, uma terapeuta sexual, e tem conhecimento teórico sobre as relações, mas pouca prática. De maneira inesperada, ele se une à rebelde Maeve (Emma Mackey), que utiliza as informações e conversas do novo amigo para montar uma clínica de saúde sexual clandestina no colégio.

    Grande sucesso da Netflix, Sex Education terá sua terceira temporada lançada em 17 de setembro. Os dois primeiros anos já estão no catálogo do streaming.

REPRODUÇÃO/HBO

Amigas debatem sobre sexo em Nova York

  • Sex and the City: Amigas com idade entre 30 e 40 anos discutem seus desejos, temores e vontades sobre sexo e relacionamentos em Sex and the City (1998-2004), da HBO. A série é um clássico moderno da TV e trata os casos das protagonistas com mistura de humor e drama pelas ruas, apartamentos e restaurantes de Nova York.

    A jornalista Carrie Bradshaw (Sarah Jessica Parker) lidera um grupo de mulheres que compartilha suas experiências. Ela tem a companhia de Miranda (Cynthia Nixon), Charlotte (Kristin Davis) e Samantha (Kim Cattrall) para comentar assuntos como romances que não evoluem, falta de química em encontros, fetiches variados, falta de apetite sexual, companheiros ruins de cama e sexo com homens de idades muito diferentes.

    Após fazer sucesso entre os anos 1990 e 2000, Sex and the City chegou ao fim com seis temporadas. O material pode ser visto no HBO Go e estará no acervo da HBO Max, que chega ao Brasil nesta terca (29). O novo streaming também produz o revival And Just Like That…, ainda sem previsão de estreia.

REPRODUÇÃO/HBO

Luna (Juliana Schalch) é garota de programa

  • O Negócio: O audiovisual brasileiro também sabe colocar o sexo no centro das atenções de uma história. Uma das produções que giram em torno do tema é O Negócio (2013-2018), projeto da HBO que explora o prazer em meio ao jogo empresarial e aos desejos pessoais dos personagens sobre uma das mais antigas profissões do mundo.

    A trama central mostra as garotas de programa Karin (Rafaela Mandelli), Luna (Juliana Schalch) e Magali (Michelle Batista) que apostam em estudos de marketing para melhorar seus ganhos. Até mesmo uma empresa é aberta pelo trio para lidar com um público mais exclusivo, mas concorrentes e os próprios clientes mostram que se destacar nesse meio não é tarefa fácil.

    Apesar de serem consideradas especialistas em prazer, elas ainda precisam lidar com os altos e baixos da vida pessoal. Seus dramas misturam paixões complicadas, mentiras para família e amigos, extorsões e violência. As quatro temporadas estão disponíveis na plataforma HBO Go e estarão no catálogo da HBO Max.

DIVULGAÇÃO/SHOWTIME

Cientistas exploram sexualidade nos anos 1950

  • Masters of Sex: O início de estudos mais completos sobre a sexualidade humana serve de base para Masters of Sex (2013-2016). Exibida originalmente pelo canal Showtime, a série acompanha a jornada de dois cientistas pioneiros que exploram as possibilidades do contato das pessoas com o sexo e seus prazeres na década de 1950.

    Na história, William Masters (Michael Sheen) e Virginia Johnson (Lizzy Caplan) são médicos que realizam pesquisas sobre o comportamento dos seres humanos em relação a toques, fetiches, conversas, temperatura corporal e o uso de instrumentos vibratórios para uma função até então desconhecida. Os resultados dos levantamentos e estudos realizados fazem com que a dupla fique conhecida como o ponto central da revolução sexual.

    No Brasil, Masters of Sex foi exibida na programação do canal pago HBO. As quatro temporadas podem ser vistas no streaming nacional Globoplay.


Leia também

Web Stories

+
Quem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de PantanalHarmonização facial e lente nos dentes: Veja antes e depois dos peões de A Fazenda 13Ex de Anitta e rei da pegação: Gui Araujo é o primeiro fazendeiro de A Fazenda 13Elenco, estreia e bastidores: Saiba tudo sobre o reboot de Um Maluco no PedaçoAgressão e barraco em festa clandestina: Veja histórico dos peões de A Fazenda 13

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou do elenco de A Fazenda 13?