Juliana Paes foi Bibi Perigosa na novela A Força do Querer - Divulgação/Globo

Juliana Paes

Considerada uma das mulheres mais lindas e sexy do Brasil, Juliana Paes é também uma atriz querida do público e uma das mais solicitadas pelos autores de novela.

Juliana Couto Paes nasceu em Rio Bonito, região metropolitana do Rio de Janeiro, no dia 26 de março de 1979. Filha da professora Regina Célia Couto Paes e do militar Carlos Henrique Paes, a morena tem três irmãos mais novos. Desde criança se mostrava comunicativa e muito extrovertida, tanto que aos 12 anos começou a fazer testes para comerciais de televisão e atuar como modelo.

Os pais sempre deram força, mas exigiram que ela estudasse. Juliana se formou em Publicidade e Propaganda, mas nunca exerceu a profissão. Durante a faculdade, para ajudar nas despesas, ela fez diversos trabalhos, como distribuir folhetos e participar de comerciais. Logo que terminou o curso, já começou a atuar como atriz.

Em 1998 fez algumas participações como figurante em Malhação e, em 2000, meses antes de concluir o curso superior, ela foi chamada para um teste na Globo e aprovada. Começava ali a trajetória de Juliana na teledramaturgia. O primeiro trabalho foi como a inocente empregada Ritinha, em Laços de Família. Logo a beleza brejeira e o estilo bem brasileiro da atriz chamaram a atenção. "Nunca tinha feito curso de teatro. Era muito intuitivo", disse ao Vídeo Show em 2017.

No ano seguinte, em 2001, ela teve um papel de mais destaque em O Clone. Na história de Gloria Perez, Juliana interpretou Karla, moça preocupada com a beleza e que, incentivada pela mãe queria subir na vida às custas de um casamento com alguém famoso e milionário.

Depois de algumas participações em séries e programas, Juliana voltou ao horário nobre em Celebridade (2003), como a sensual Jaqueline Joy, que queria ser famosa qualquer custo. Na trama a atriz formou uma divertida dupla com Deborah Secco, que vivia Darlene, e também desejava virar celebridade.

Já em América (2005), Juliana fez a falsa beata recatada Creusa, que tinha uma vida secreta e adorava seduzir os homens. Em Pé na Jaca ela deixou um pouco de lado a sensualidade para interpretar a sofrida dona de casa Guinevere. Em 2008 fez uma rápida participação em A Favorita, mas sua personagem, a jornalista Maíra, acabou morta por um bom motivo! É que a atriz foi escalada para a trama seguinte das 21h e para viver sua primeira protagonista.

Ela brilhou como a forte e moderna indiana Maya, na saga de Caminho das Índias. Depois desse trabalho a artista, definitivamente, entrou no seleto hall das grandes estrelas da emissora. A atriz passou dois anos longe das câmeras e voltou em 2011 como a secretária Nina, no remake de O Astro.

No ano seguinte veio mais um sucesso e um desafio imenso. Juliana foi a escolhida para viver a protagonista da clássica novela Gabriela que, na primeira versão, de 1975, foi estrelada e imortalizada por Sônia Braga. Em cena Juliana encantou o Brasil com sua excelente atuação e a beleza natural que pedia a personagem.

Em 2014, pouco depois de dar à luz o segundo filho, a morena estava de volta à telinha com um trabalho diferente de tudo que já tinha feito até então. Ela deu vida à doce Maria Catarina, na segunda versão de Meu Pedacinho de Chão. No ano seguinte fez a jornalista Carolina, diretora de uma revista em Totalmente Demais.

No ano de 2017, Ju Paes apareceu em duas produções da Globo. Em janeiro interpretou Zana, na primeira faze da minissérie Dois Irmãos. Já a partir de abril daquele ano deu vida à carismática Bibi Perigosa, em mais uma trama de Gloria Perez, A Força do Querer. O folhetim teve grande sucesso e a personagem caiu nas graças do público e é considerada um marco na carreira da atriz.

Provando que é uma das preferidas dos autores, Juliana volta à TV em 2019 com mais uma protagonista do horário nobre. Dessa vez ela é a batalhadora Maria da Paz, heroína de A Dona do Pedaço.

Cinema 
Além da TV, Juliana Paes também tem uma trajetória considerável no cinema. O primeiro filme que ela fez foi Mais uma Vez Amor (2005). De lá para cá, esteve em produções nacionais que foram sucesso de bilheteria e também fez alguns testes para atuar no exterior.

A atriz integrou o elenco de filmes como: A Casa da Mãe Joana (2007), Desenrola (2010), Amor Por Acaso (2010), A Despedida (2014) e Dona Flor e Seus Dois Maridos (2017). Neste último Juliana voltou a interpretar um icônico personagem de Jorge Amado, justamente a personagem título, dona Flor.

Vida Pessoal 
A atriz é casada desde 2008 com o empresário Carlos Eduardo Baptista, que sempre a acompanha às festas e eventos, mas deixa que ela brilhe. “Ele é discreto, não é tímido! Não é aquele tipo de marido que quer aparecer junto”, contou Juliana certa vez ao jornal O Globo.

O pedido de casamento aconteceu da forma mais romântica possível: em Paris e com a aliança dentro de uma taça de Champagne. A cerimônia aconteceu no dia 9 de setembro de 2008 no itanhangá Golf Club, na zona oeste do Rio de Janeiro. O primeiro filho do casal, Pedro, nasceu em dezembro de 2010 e o segundo herdeiro, Antônio, chegou em julho de 2013.

Juliana é também empresária e possui uma rede de salões de beleza espalhadas em várias cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo. A administração do negócio envolve toda a família da moça.

Trabalhos na TV 
Laços de Família (2000) – Ritinha
O Clone (2001) – Karla
A Casa das Sete Mulheres (2003) – Teiniaguá
Celebridade (2003) – Jacky Joy
América (2005) – Creusa
Pé na Jaca (2006) – Guinevere
A Favorita (2008) – Maíra
Caminho das Índias (2009) – Maya
O Astro (2011) – Nina
Gabriela (2012) – Gabriela
Meu Pedacinho de Chão (2014) – Maria Catarina
Totalmente Demais (2015) – Carolina
Dois Irmãos (2017) – Zana (jovem)
A Força do Querer (2017) – Bibi Perigosa
A Dona do Pedaço (2019) – Maria da Paz

Personagens

Galeria de fotos de Juliana Paes

Últimas notícias de Juliana Paes

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook