TERMINOU HÁ 25 ANOS

De bolsonarista a centenário: Como estão os sobreviventes da Escolinha?

Reprodução/TV Globo e Instagram

Os atores Orlando Drummond (à esq) e Paulo Cintura, que participaram da Escolinha do Professor Raimundo

Orlando Drummond, aos 100 anos, está em casa, enquanto Paulo Cintura, de 68, tieta Bolsonaro

REDAÇÃO - Publicado em 28/05/2020, às 05h09

A primeira versão da Escolinha do Professor Raimundo chegava ao fim há exatos 25 anos. O humorístico criado por Chico Anysio fez tanto sucesso na Globo que existe até hoje, com comediantes contemporâneos reinterpretando os personagens. Vários dos atores da edição original, no entanto, continuam vivos, em circunstâncias bem diferentes.

Nas últimas semanas, o antigo aluno da Escolinha que mais tem ficado em evidência é Paulo César Rocha, conhecido até hoje pelo nome de seu personagem: Paulo Cintura. O fisioterapeuta virou defensor assíduo de Jair Bolsonaro e comparece a manifestações a favor do presidente em Brasília.

Por outro lado, Orlando Drummond, o Seu Peru, está totalmente isolado em casa, respeitando a quarentena. O ator e dublador consagrado completou 100 anos em 2019 e pediu, pelas redes sociais, para que as pessoas fiquem em casa.

Saiba mais sobre como estão hoje alguns comediantes que participaram da primeira versão da Escolinha:

Reprodução/TV Globo e Instagram

Famoso como Seu Peru na Escolinha, o ator e dublador completou 100 anos no fim de 2019

 
Seu Peru - Orlando Drummond

Orlando Drummond foi muito celebrado em 2019 ao completar 100 anos; foi homenageado no Carnaval carioca e teve sua biografia lançada. No ano passado, também fez participação especial em um episódio da nova Escolinha e emocionou Marcos Caruso, que atualmente interpreta Seu Peru.

Com mais de 70 anos de carreira como ator e dublador, o último trabalho de Drummond na TV foi a dublagem de um comercial que fazia referência à animação Caverna do Dragão (ele é a voz brasileira do vilão Vingador).

reprodução/TV Globo e Instagram

Paulo César Rocha é conhecido até hoje como Paulo Cintura e é grande fã de Jair Bolsonaro

 
Paulo César Rocha - Paulo Cintura

O único personagem que Rocha interpretou na vida foi Paulo Cintura, profissional de Educação Física que estimulava os colegas a praticarem exercícios. Paulo César defendeu esse papel também na Escolinha do Gugu (2011-2013) e na série Prata da Casa (2017), da Fox.

Em 2017, ele disse, em entrevista ao Notícias da TV, que não precisava mais trabalhar para sobreviver e fazia apenas ações de publicidade, colaborações e eventos. Com tempo livre, comparece frequentemente a manifestações a favor de Jair Bolsonaro e até já se ofereceu para ser o próximo secretário especial de Cultura do Governo Federal.

reprodução/TV Globo e Divulgação

A atriz Tássia Camargo, a Marina da Glória da Escolinha, hoje vive e trabalha em Portugal

 
Marina da Glória - Tássia Camargo

Tássia Camargo já passou por produções da Globo, do SBT e da Record, onde teve problemas com direitos trabalhistas. A atriz de 59 anos, que viveu Marina da Glória na Escolinha, se afastou da TV em 2006 e chegou a fazer peças de teatro e a dar aulas de atuação no Rio de Janeiro antes de se mudar para Portugal, em 2017. No ano passado, ela atuou na novela portuguesa Valor da Vida, da TVI. A atriz sofreu um infarto em 2019, mas está recuperada.

Reprodução/TV Globo e Instagram

Filho de Chico Anysio, Nizo Neto viveu Ptolomeu e agora dá palestras inspiradas em seu pai

 
Nizo Neto - Ptolomeu

O intérprete do nerd Ptolomeu continuou trabalhando no humor da Globo após o fim do programa do pai, Chico Anysio (1931-2012). Nizo Neto, de 56 anos, fez participações em atrações como A Diarista (2004), Sob Nova Direção (2004) e Zorra Total (2008-2015). Ele trabalha como dublador e decidiu sair da Globo em 2017, para tocar projetos pessoais, como o canal em que fala de sexo com sua mulher.

Em 2018, Neto participou do Power Couple Brasil e do Dancing Brasil, reality shows da Record. No ano passado, ele também fez uma aparição especial na Escolinha e em dois humorísticos do Multishow, Dra. Darci e Multi Tom. O ator ainda apresenta palestras inspiradas em seu pai, chamadas de Histórias de Chico: O Segredo do Sucesso do Mestre do Humor.

reprodução/TV Globo e Agnews

Claudia Jimenez como a Cacilda da Escolinha; ela deve voltar ao ar na Globo em 2021

 
Claudia Jimenez - Cacilda

Claudia Jimenez está longe da Globo desde que fez Infratores (2018), série para o Fantástico. A atriz de 61 anos começou a gravar uma participação especial em Deus Salve o Rei (2018), mas teve uma crise de hipertensão e deixou a novela. Claudia tem cinco pontes de safena, um marca-passo e, antes disso, já havia se afastado de Além do Horizonte (2013) para cuidar de uma inflamação na membrana no coração.

Recuperada, ela está escalada para A Morte Pode Esperar, novela das sete prevista para 2021. A Cacilda da Escolinha tem longa carreira como comediante na Globo e já teve papéis de destaque em programas como Sai de Baixo (1996-2002), Viva o Gordo (1981) e Zorra Total (1999-2001).

Reprodução/TV Globo e Instagram

Lug de Paula, que viveu Seu Boneco na Escolinha, não é mais ator e vive em Florianópolis

 
Seu Boneco - Lug de Paula

Filho mais velho de Chico Anysio, Lug de Paula abandonou a carreira de ator. Ele mantém negócios em Florianópolis, Santa Catarina, e vive lá. Seu último trabalho na TV foi uma participação no Zorra Total, em 2001.

Atualmente, ele está em meio a uma briga familiar e judicial de Malga Di Paula, viúva de Chico Anysio, e Bruno Mazzeo, outro filho do comediante. Lug ficou de fora do testamento do pai, o que não é aceito pela Justiça. Malga acusa Bruno de querer excluí-lo, mas o atual professor Raimundo diz que ele e os irmãos concordam com a inclusão de Lug no testamento e estão colaborando para que a situação se resolva.

reprodução/TV Globo e Agnews

David Pinheiro, conhecido como Sambarilove no humorístico, está longe da TV desde 2016

 
Sambarilove - David Pinheiro

David Pinheiro, conhecido como Armando Volta ou o Sambarilove, também fez participação especial na versão atual do humorístico em 2019. Essa foi sua última aparição na TV. Em 2016, ele fez a série E Aí... Comeu?, do Multishow, e ficou no ar até agosto daquele ano em Malhação.

O ator de 70 anos estreou na TV em 1977, na novela Sinhazinha Flô. Em 2012, ele chegou a se candidatar a vereador no Rio de Janeiro como David Sambarilove.

reprodução/Tv Globo

Eliezer Motta como Seu Batista na Escolinha e em participação no Altas Horas, em março

 
Batista - Eliezer Motta

Eliezer Motta, 74 anos, chegou a interpretar o mesmo personagem da Escolinha do Professor Raimundo, Seu Batista, na Escolinha do Gugu (2012), da Record. Motta atuava em humorísticos na TV desde a década de 1960 e ganhou reconhecimento por programas como Planeta dos Homens (1976-1980) e Viva o Gordo (1981-1987). Nos últimos anos, fez participações em Sob Pressão (2019) e Tá no Ar (2018), da Globo, e faz parte do elenco fixo de Tô de Graça, do Multishow.

reprodução/TV Globo e Instagram

A atriz Claudia Mauro, que viveu Capitu, está escalada para a novela Um Lugar ao Sol

 
Capitu - Claudia Mauro

Claudia Mauro, que interpretou a aluna Capitu na Escolinha, atuou em outras 12 produções na Globo, como as novelas História de Amor (1995), O Beijo do Vampiro (2002) e Páginas da Vida (2006). Em 2017, ela foi para a Record, onde apareceu em Sem Volta (2017), O Rico e Lázaro (2017) e Jesus (2018). A atriz deve voltar à Globo em breve: ela está escalada para Um Lugar ao Sol, próxima novela das nove.

Reprodução/Tv Globo

A atriz Stella Freitas como Cândida (à esq.) e como Terezinha, seu papel em Bom Sucesso

 
Cândida - Stella Freitas

Além da Cândida da Escolinha do Professor Raimundo, a atriz de 66 anos fez outras personagens marcantes na Globo, como a Dinalda de Sassaricando (1985) e a Cuca do Sítio do Picapau Amarelo (1978). Entre 2007 e 2015, fez parte do elenco da Record e participou de oito produções da emissora, como as novelas Chamas da Vida (2008) e Os Dez Mandamentos (2015). De volta à Globo, ela continua na ativa. Viveu até o início deste ano a fofoqueira Terezinha, de Bom Sucesso (2019).

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual novela a Globo deve reprisar depois de Novo Mundo?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook