Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

VILÃ CONTRA A PAREDE

Fina Estampa: Patrícia sente cheiro de podre da mãe em crimes; entenda

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz Adriana Birolli com expressão séria em cena como Patrícia de Fina Estampa

Adriana Birolli é Patrícia em Fina Estampa; jovem vai desconfiar de que mãe está envolvida em crimes

DÉBORA LIMA

debora@noticiasdatv.com

Publicado em 24/7/2020 - 5h00

Após vários eventos trágicos atingirem a família de Griselda (Lilia Cabral) em Fina Estampa, Patrícia (Adriana Birolli) sentirá cheiro de podre da mãe nos crimes. Antenor (Caio Castro) contará à amada que a protagonista desconfia do envolvimento de Tereza Cristina (Christiane Torloni) em seu sequestro. A jovem colocará a vilã contra a parede.

A irmã de René Junior (David Junior) terá uma conversa com o namorado depois que ele sofrer um atentado no hospital. Após o sequestro planejado por Tereza Cristina falhar, a megera mandará um capanga matar o rapaz durante a internação. Antenor será salvo pela mãe, que chegará bem na hora.

A personagem de Adriana Birolli questionará se a protagonista prestará queixa à polícia. "Ela tá cismada, acha melhor não contar tudo", responderá o irmão de Amália (Sophie Charlotte). "Mas você foi sequestrado. E depois ainda tentaram te matar", insistirá a garota.

"Eu sei, mas você conhece minha mãe. Sabe como ela gosta de resolver as coisas do jeito que ela acha que tem que resolver. É cabeça dura", dirá ele. O jovem afirmará que talvez a matriarca tenha razão, já que não dá pra acusar alguém sem provas. "A tua mãe desconfia de alguém e não vai falar nada com medo de represália? Mas quem é esse mostro de quem sua mãe desconfia?", questionará a mocinha.

Interrogatório

O personagem de Caio Castro não responderá a pergunta, mas logo na sequência Patrícia aparecerá pressionando a "jacaroa do Nilo". "Eu não acredito que esta anta portuguesa teve coragem de me fazer uma acusação", resmungará a malvada.

A filha de René (Dalton Vigh) dirá que apenas quer ouvir uma explicação da mãe. "Quem tem que explicar é ela e provar. Como é que você pode ser tão ingênua? Você não percebe que essa mulher me odeia? Ainda mais agora que seu pai voltou pra casa. Ela vai fazer de um tudo pra se vingar", disparará a vilã.

Patrícia defenderá a protagonista e afirmará que ela jamais faria isso. Tereza Cristina, então, relembrará que a ex-bigoduda enganou René. "Mesmo assim é nela que você acredita. E tem a coragem de vir aqui com essa carinha de anjo me acusar de chefiar um bando de sequestradores", vai se indignar a megera.

"Eu não tô te acusando de nada. Eu só perguntei se você tinha alguma coisa a dizer sobre a desconfiança da Griselda", rebaterá a estudante de Psicologia. "O seu noivinho querido tentou me derrubar. Como não conseguiu, ele e a mamãezinha mudaram a estratégia", acusará a patroa de Crô (Marcelo Serrado).

Patrícia, então, listará os eventos estranhos que abalaram a família do namorado, como a cobra no carro de Amália e o sequestro de Antenor. "Essa mulher é uma vigarista. Deve ter uma legião de inimigos doidos pra se vingar dela. Eu não tenho nada a ver com a desgraça dessa gente", mentirá a ricaça nas cenas previstas para irem ao ar no começo de agosto.


Inscreva-se no canal do Notícias da TVno YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Fina Estampa e outras novelas.


Últimas de Fina Estampa


Resumos Semanais

Resumo da novela Fina Estampa: Capítulos de 18 e 19 de setembro

Sexta, 18/9 (Capítulo 155)
Tereza Cristina obriga Griselda a implorar pela sua vida. Crô entrega plano de Tereza Cristina para não ser preso. Tereza Cristina arrasta Ferdinando para a cama. Antenor decide ir atrás de Griselda. Zuleika interrompe o casamento ... Continue lendo

Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.