Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

11 SÉRIES EM DOIS ANOS

Com fórmula infalível, Disney abre 'pastelaria' de super-heróis da Marvel

Divulgação/Disney+

Sebastian Stan e Anthony Mackie em cena da série Falcão e o Soldado Invernal

Sebastian Stan e Anthony Mackie estrelam Falcão e o Soldado Invernal, nova série da Marvel

LUCIANO GUARALDO

luciano@noticiasdatv.com

Publicado em 22/3/2021 - 7h20

O Disney+ estreou na sexta (19) a segunda produção televisiva do Marvel Studios, Falcão e o Soldado Invernal, mas os planos da empresa do Mickey Mouse para os heróis dos quadrinhos não acabam tão cedo. Com fórmula infalível de sucesso, o streaming já começa a gravar no mês que vem a 11ª série da franquia --que só deve ser lançada no fim de 2022. Sem descanso, a Casa das Ideias virou uma verdadeira pastelaria de superpoderosos para sua dona.

Informações de bastidores revelam que as gravações de Armor Wars (Guerra das Armaduras), série estrelada pelo ator Don Cheadle e seu Máquina de Combate, vão começar no próximo dia 5 em Atlanta, na Geórgia. A atração, porém, será apenas a 11ª a estrear no Disney+.

Ou seja, as produções da Marvel estão aplicando na TV a mentalidade de antecipar os trabalhos o máximo possível, como no cinema. Em geral, programas da TV aberta americana gravam seus episódios cerca de dois ou três meses antes de sua exibição. Isso permite que os roteiristas e produtores possam corrigir eventuais erros ao longo da temporada, de acordo com a reação do público.

Nas séries da Marvel para o Disney+, rodadas com mais de um ano de antecedência, isso não será possível. Mas a empresa parece não temer a rejeição: desde 2008, a editora aperfeiçoou uma fórmula imbatível para seus projetos --até os filmes do Universo Cinematográfico menos queridos pelo público fizeram sucesso nas bilheterias.

Isso permite que a gigante dos quadrinhos aposte tanto em personagens mais conhecidos, como Thor (Chris Hemsworth) e Homem de Ferro (Robert Downey Jr.), quanto em outros menos populares com o grande público, caso dos Guardiões da Galáxia ou dos Eternos, cujo longa tem estreia prevista para novembro.

No Disney+, a estratégia é a mesma: algumas séries contam com heróis que o público já conheceu no cinema, como Wanda Maximoff (Elizabeth Olsen) e o Gavião Arqueiro (Jeremy Renner), enquanto outras explorarão novatos que eventualmente migrarão para as telonas, caso de Ms. Marvel, com a estreante Iman Vellani.

Quais as próximas séries da Marvel?

Depois de Falcão e o Soldado Invernal, a próxima atração da Marvel no Disney+ será Loki, que trará de volta Tom Hiddleston na pele do deus nórdico. A série estreia em 11 de junho e, ao contrário de suas antecessoras, já tem uma segunda temporada confirmada --ou seja, os executivos têm certeza de que ela será um sucesso.

Na sequência, será a vez da animação What If...?, que mostrará os heróis do MCU em realidades paralelas, como Peggy Carter (Hayley Atwell) com o manto de Capitã América no lugar de Steve Rogers (Chris Evans). O desenho também já tem a segunda temporada em produção e marca o último trabalho de Chadwick Boseman (1976-2020), intérprete do Pantera Negra.

Ainda neste ano, estreiam as séries da Ms. Marvel e do Gavião Arqueiro, cujas gravações já foram encerradas. Já 2022 começará com o Cavaleiro da Lua, que trará Oscar Isaac no papel principal e Ethan Hawke como o vilão. Os trabalhos tiveram início no último dia 1º, e a temporada será rodada em Atlanta e Los Angeles, nos EUA, com mais cenas na Inglaterra e na Hungria.

Definida como uma comédia jurídica pelos produtores, She-Hulk deve ser a série que mais foge da fórmula consagrada da Marvel. A atriz Tatiana Maslany, vencedora do Emmy por seu trabalho em Orphan Black (2013-2017), começa a gravar no próximo dia 29. Mark Ruffalo, o Hulk do cinema, e Tim Roth, o Abominação, farão participações.

Anunciada no fim do ano passado, a trinca de séries Secret Invasion (Invasão Secreta), Ironheart (Coração de Ferro) e Armor Wars (Guerra das Armaduras) só deve chegar ao Disney+ no fim de 2022, mas já iniciou seus trabalhos de pré-produção.

A primeira e a terceira entram em estúdio em 5 de abril, enquanto a segunda ainda não tem previsão de gravar. Pelo ritmo acelerado da Marvel, porém, não deve demorar para que Dominique Thorne incorpore Riri Williams, espécie de herdeira do Homem de Ferro.

Tudo isso, claro, sem contar os filmes de super-heróis que a Disney prepara para os cinemas. Ou seja, depois de um 2020 esvaziado de produções por causa da pandemia de Covid-19, os fãs da Marvel não terão do que reclamar nos próximos anos. Conteúdo é o que não vai faltar... Resta saber se consumir tanto pastel em tão pouco tempo não vai deixar o público com indigestão.


Leia também

Enquete

Você gostou da escolha de Tadeu Schmidt para o BBB22?

Web Stories

+
Outubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na políticaApós derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13Deixaram saudade: Conheça cinco atores de O Clone que já morreramEsqueceram de Mim ganha novo filme no Disney+; veja como está o elenco original

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas