Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

JOSEPH SIKORA

Astro de Power Book 4 exalta apoio da comunidade negra: 'O prêmio que preciso'

Divulgação/Starzplay

Joseph Sikora em cena de Power Book 4: Force

Joseph Sikora retorna como Tommy Egan em Power Book 4: Force, nova série do Starzplay

ANDRÉ ZULIANI

andre@noticiasdatv.com

Publicado em 8/2/2022 - 6h20

Presente na franquia Power desde a estreia da série original, Joseph Sikora tem em Tommy Egan o personagem mais marcante de sua carreira. Elevado ao status de favorito dos fãs, o ator ganhou uma atração própria com Power Book 4: Force e enche o peito para falar que o único prêmio que precisa é o carinho da comunidade negra.

O recorte de audiência específico diz respeito ao público-alvo da franquia. Desde o primeiro episódio, Power (2014-2020) foi descrita como uma série urbana que explorava tramas situadas no gueto, expressão usada para citar regiões menos favorecidas economicamente e habitadas pela comunidade negra dos Estados Unidos.

O fato de Power envolver justamente esse tipo de narrativa é apontado pelo produtor executivo Curtis "50 Cent" Jackson como o principal fator para a série original e seus spin-offs não receberem o devido reconhecimento da Academia de Televisão. Apesar de bater recordes de público na TV paga dos EUA, a franquia nunca recebeu indicações nas principais categorias do Emmy.

Tal opinião foi corroborada por Michael Rainey Jr. e Method Man, protagonistas de Power Book 2: Ghost, spin-off que serve como sequencia direta da série original. Para a dupla, os mandachuvas ainda não estão prontos para o sucesso de uma franquia como Power, mas esperam a situação mude nos próximos anos

Ganhar estatuetas douradas e ter o seu nome incluído nas listas de principais atores do ano, no entanto, não são as prioridades de Sikora. Em entrevista exclusiva ao Notícias da TV, o astro de Force disse entender a opinião dos colegas, mas afirmou estar satisfeito apenas com o carinho de seu público.

Eu entendo de onde vem isso. Vou dizer uma coisa: eu fui muito aceito pelas pessoas que são a razão de eu ter um emprego, que é a comunidade negra dos EUA. Sou muito grato por isso. Todo prêmio ou reconhecimento que eu preciso ter vem dos fãs. Então eu já ganhei.

Empolgado com a chance de continuar interpretando Tommy Egan, o ator confessou que Force surgiu da demanda de dois polos importantes para o futuro da franquia: a exigência dos fãs e de 50 Cent.

"Tudo aconteceu por causa de Curtis Jackson. Para ele, Tommy não era apenas mais um favorito dos fãs. Ele me disse: 'Joe, o que você conseguiu conquistar durante a série... Agora nós podemos fazer o que quisermos com o personagem. É literalmente uma demanda da audiência'", contou Sikora.

Na visão do ator, a chance de explorar camadas nunca antes vistas de Tommy Egan é o grande atrativo do novo spin-off. De acordo com Sikora, o agora protagonista está "nu" ao trocar Nova York por Chicago e perder as pessoas que ele mais amava, como James "Ghost" St. Patrick (Omari Hardwick) e LaKeisha (La La Anthony).

"Em Chicago, Tommy tenta canalizar sua força e nós vemos pequenas rachaduras em sua armadura. Ele acha que está com tudo, mas não está. Conforme a série avança, mais rachaduras aparecem, e até ele perceber que está desmoronando... Ele percebe que precisar lidar com isso, mas como? Vai ser interessante para o público descobrir", despistou.

Questionado se o spin-off será mais violento do que a série original, Sikora assegurou que Force manterá os principais elementos que fizeram de Power um sucesso, como as frequentes cenas de sexo, mas mostrará um outro lado de Tommy Egan.

"Tommy sempre se volta para a violência, ainda mais na sua situação atual. Mas em uma cidade nova isso nem sempre vai funcionar. Talvez em uma situação de vida ou morte na qual é a única solução, mas, para sobreviver a uma longa caminhada você precisa ser mais metódico, pensar no futuro e ir além", acrescentou o astro.

Ciente de que Force vai atrais os chamados "fãs raiz" de Power, Sikora afirmou que rostos conhecidos da franquia vão aparecer na nova série e que Ghost continuará muito presente na forma como Tommy lidará com seus problemas em Chicago.

"Uma das coisas que nós mais amamos em Tommy é que ele vive muito no presente. Para sobreviver em Chicago, ele vai precisar estar dois passos à frente, saber o que eles [inimigos] vão fazer, onde eles vão estar. E é aí que Ghost vai estar sempre com ele, por dentro", finalizou o ator.

No Brasil, os dois primeiros episódios de Power Book 4: Force já estão disponíveis no catálogo do Starzplay. Assista ao trailer de Power Book 4: Force abaixo:


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.