Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SÉRIE DO STARZPLAY

Power Book 2: Franquia ganha fôlego com temática teen recheada de malandragem

Divulgação/Starzplay

Michael Rainey Jr. em cena de Power Book 2: Ghost

Michael Rainey Jr. em cena de Power Book 2: Ghost, série sensação do canal pago Starz

ANDRÉ ZULIANI

andre@noticiasdatv.com

Publicado em 27/11/2021 - 6h25

Primeiro spin-off de Power (2014-2020), uma das séries de maior audiência na TV paga dos Estados Unidos, Power Book 2: Ghost chega à sua segunda temporada mantendo o sucesso da atração original. Com uma temática teen recheada de malandragem, o filhote ganhou fôlego para seguir sozinho, sem as amarras de outrora.

As expectativas em torno de Ghost eram altíssimas. Apesar de pouco falada pelo grande público, Power encerrou a sua jornada com excelentes números de audiência, colocando ainda mais responsabilidade em seu primeiro spin-off, desenvolvido para ser uma sequência direta do final da série mãe.

A primeira temporada não poderia ter sido mais positiva. Com 7,5 milhões de telespectadores nos EUA, Ghost assumiu o posto de melhor estreia da história do canal Starz, com a soma do público em várias plataformas. Marca expressiva de uma vitrine que também exibe sucessos como Outlander e American Gods (2018-2021).

Depois de uma excelente estreia e um elogiado primeiro ano, o spin-off retorna com a sua segunda temporada tentando se desvencilhar das amarras da série original para seguir um caminho próprio. Para isso, a trama envolvendo Tariq (Michael Rainey Jr.) e a morte de seu pai, James St. Patrick/Ghost (Omari Hardwick), foi finalmente encerrada para que o jovem pudesse carregar o protagonismo sem o fantasma do patriarca do crime.

A nova temporada começa logo após os eventos finais do primeiro ano. Tasha St. Patrick (Naturi Naughton) deixou a cidade após conquistar sua liberdade da prisão, e Tariq se vê envolvido em uma nova investigação de assassinato após o jovem matar o professor Jabari Reynolds (Justin Marcel McManus) a sangue-frio.

DIVULGAÇÃO/STARZPLAY

Mary J. Blige como a imponente Monet

Mary J. Blige como a imponente Monet

Sem a figura materna e envolvido dos pés à cabeça com o submundo do crime de Nova York, Tariq se aproxima cada vez mais de Monet (Mary J. Blige) e sua família. O filho de Ghost acerta uma trégua com Cane (Woody McClain) e mais uma vez sugere o início de um romance com Diana (LaToya Tonodeo), tornando-se presença fixa na residência dos Tejada.

É desta incerteza de com quem o jovem protagonista deve ficar que Book 2 abraça o seu lado teen. Ao introduzir três possíveis interesses românticos para Tariq, o spin-off faz com que o público fique com a torcida dividida. Como de bobo o herdeiro de St. Patrick não tem nada, as chances de tirar uma casquinha das pretendentes nunca são desperdiçadas.

O lado malandro de Tariq também abre mais espaço para que a dupla de advogados Cooper Saxe (Shane Johnson) e Davis Maclean (Clifford "Method Man" Smith) possa brilhar. Destaques da primeira temporada, os dois retornam ainda mais próximos e cheios de ambição para enriquecer às custas do filho de Ghost.

Maclean, aliás, parece ter um papel ainda mais de destaque no início da segunda temporada. O spin-off se aprofunda em seu passado e apresenta Theo (Redman), seu irmão mais velho que está na prisão. Com a ajuda de Saxe, o advogado de Tariq pretende libertá-lo do cárcere de qualquer maneira --seja ela ilegal ou não.

Por seus dois primeiros episódios, o segundo ano de Power Book 2: Ghost promete ser ainda mais movimentado. Com Tariq mais experiente e novos rostos surgindo como possíveis chefões do crime, a série derivada caminha a passos largos para honrar o legado deixado pela original.

No Brasil, Power Book 2: Ghost está disponível no serviço de streaming Starzplay. A segunda temporada já está em exibição, com novos episódios sendo disponibilizados sempre aos domingos.

Assista ao trailer da segunda temporada de Power Book 2: Ghost:


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.