Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

CRÍTICA

Lenga-lenga e repetição de história evidenciam falta de fôlego de Segundo Sol

Reprodução/TV Globo

Giovanna Antonelli em cena do enrolado julgamento de Luzia em Segundo Sol: haja paciência! - Reprodução/TV Globo

Giovanna Antonelli em cena do enrolado julgamento de Luzia em Segundo Sol: haja paciência!

RAPHAEL SCIRE

Publicado em 30/8/2018 - 21h42
Atualizado em 1/9/2018 - 5h34

Iniciado na terça-feira (28), o julgamento de Luzia (Giovanna Antonelli) foi enrolado durante três capítulos de Segundo Sol até que o veredicto sobre a inocência da mocinha fosse dado, na quinta. A sequência, que tinha tudo para ser uma das mais impactantes da trama, acabou arrastada e deixou evidente a falta de fôlego da novela das nove da Globo.

Além de livrar a barra da mocinha, as cenas serviram para revelar a todos a verdadeira identidade de Miguel/Beto Falcão (Emilio Dantas). Porém, da maneira como foram levadas ao ar, elas mais irritaram do que surpreenderam o público. E o motivo ficou bastante claro: a narrativa tem um ritmo mais do que enrolado.

A tensão da revelação de Beto acabou dissipada porque as cenas eram interrompidas por um show em homenagem ao próprio cantor, capitaneado por Gorete (Thalita Carauta) _que mora na casa da família Falcão e nunca desconfiou que seu grande ídolo também estava ali o tempo todo.

Ao descobrir que foi enganada pelo clã todo, a personagem secundária deu um show de revolta, como se fosse a principal prejudicada pela falsa morte. Quem esperava pelo grande momento dos capítulos teve de se contentar com cenas "cômicas" que tinham como objetivo apenas encher linguiça.

As sequências intercaladas foram recheadas por outros absurdos: um show fechado em plena luz do dia (era matinê?) já foi, por si só, difícil de engolir, mas pior ainda foi o fato de que, assim que a notícia vazou, os fãs já tinham providenciado faixas xingando Beto de ladrão em um tumulto diante da casa dos Falcão.

joão miguel júnior/tv globo

Beto (Emilio Dantas) revela que sempre esteve vivo: cena perdeu impacto por causa de show

Mesmo considerando que em novela não existe "tempo morto" (aquele período de transição entre um acontecimento e outro), a manifestação foi concomitante ao depoimento de Beto no tribunal, o que apenas torna tais sequências ainda mais deslocadas _para não dizer desnecessárias.

A enrolação presente nos três capítulos mostra que a narrativa de Segundo Sol chegou à metade bastante esvaziada. Ainda que o autor prometa uma virada na trama no capítulo 100, que vai ao ar na próxima quinta (6), as notícias não adiantam nada de surpreendente nos próximos meses que a história tem pela frente.

O fato de Luzia ser inocentada para logo depois ser acusada por um novo crime que não cometeu, além de lembrar a novela anterior, O Outro Lado do Paraíso, coloca o folhetim em uma roda repetitiva. E Beto Falcão, agora sem ter de se esconder de todos, terá conflitos empolgantes para seguir com sua história até o fim?

Há de se considerar que Segundo Sol teve que ser antecipada por conta dos problemas jurídicos envolvendo a próxima trama do horário, O Sétimo Guardião, de Aguinaldo Silva. Talvez com mais tempo de preparação, João Emanuel Carneiro tivesse a chance de burilar seus personagens e desenvolver melhor seus entrechos, mas, no ponto em que chegou, a linha narrativa central de Segundo Sol revelou-se frágil demais para mais tempo no ar. Barriga à vista?


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos sobre a novela Segundo Sol!

Últimas de Segundo Sol


Resumos Semanais

Resumo da novela Segundo Sol: Capítulo de 7 de novembro

A Globo não divulgou os resumos dos últimos cinco capítulos da novela das nove. O Notícias da TV publica com exclusividade o resumo do capítulo desta quarta (7). Quarta, 7/11 (Capítulo 153)
Laureta tenta negar ser a mãe de Karola. ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?