Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ESCOLA ANA FURTADO

Domingão sem Faustão: Além de Leifert, veja quem já quebrou galho na TV

REPRODUÇÃO/RECORD E TV GLOBO

Gottino de terno, Talitha de vestido e Sérgio Mallandro segurando um objeto

Reinaldo Gottino, Talitha Morete e Sérgio Mallandro já substituíram colegas às pressas

PIERO VERGÍLIO

pierovergilio@gmail.com

Publicado em 13/6/2021 - 6h00

Após 32 anos na grade da Globo, o Domingão do Faustão deste domingo (13) terá o desfalque de seu titular pela primeira vez: Tiago Leifert vai substituir Fausto Silva enquanto ele se recupera de uma infecção urinária. A situação inédita para o dominical, mas a escalação de profissionais às pressas não é novidade nas emissoras. Sérgio Mallandro, Celso Portiolli e até o humorista Paulo Silvino (1939-2017) estão entre os que já quebraram um galho.

De carona nessa troca de última hora, o Notícias da TV lembra outros episódios em que os titulares não puderam apresentar as suas atrações. Confira:

REPRODUÇÃO/tv GLOBO

Talitha teve a companhia do Louro José

Talitha Morete no Mais Você

Em janeiro de 2020, a repórter Talitha Morete foi escalada às pressas para substituir Ana Maria Braga no Mais Você. Naquele dia, a titular precisou descansar por conta dos efeitos colaterais do tratamento a que se submetia para combater um câncer de pulmão. Aparentemente nervosa, a estreante na função dividiu o comando do programa com Tom Veiga (1973-2020), intérprete do Louro José.

Ao anunciar a troca, o papagaio procurou tranquilizar os telespectadores. "Hoje a Ana não pôde estar aqui com a gente. Ela está bem, mas se permitiu tirar uma folguinha", justificou. O imprevisto culminou na antecipação das férias de Ana Maria, que voltaria ao matinal algumas semanas antes de o programa ser suspenso por conta do agravamento da pandemia.

reprodução/record

Gottino conduziu homenagens a Rezende

Reinaldo Gottino no Domingo Show

Na Record, Geraldo Luís ficou com o lugar de Reinaldo Gottino quando ele se transferiu para a CNN, mas o inverso também já havia ocorrido. O atual companheiro de Fabíola Reipert em A Hora da Venenosa foi convocado para apresentar o Domingo Show (2014-2020) em 17 de setembro de 2017, dia seguinte à morte de Marcelo Rezende (1951-2017).

Abalado pela perda do amigo, Geraldo não teve condições de comandar a edição ao vivo. Sem a presença da plateia, Gottino chamava flashes do velório, alternando com a reprise de matérias antigas para preencher as quatro horas de programa. Naquele dia, o Domingo Show fechou em primeiro lugar na audiência, atingindo 16 pontos de média na Grande São Paulo.

REPRODUÇÃO /sbt

Silvio mandou Portiolli assumir o Charme

Celso Portiolli no Charme

Se atualmente o passatempo favorito de Silvio Santos é promover (ou só ameaçar) mudanças no Vem Pra Cá, outros programas já foram alvo dos desmandos do dono do SBT. Em 2006, em meio a rumores de que teria se desentendido com Adriane Galisteu, o patrão ordenou que Celso Portiolli assumisse o Charme, atração que a loira comandou entre 2004 e 2008.

Com o interino, o programa apostou em games e quadros de namoro e registrou um ligeiro crescimento na audiência. Quando a titular voltou ao ar, cerca de dois meses depois, o Charme foi remanejado para as noites. O formato comandado por Portiolli se transformou em um programa próprio, o Namoro na TV e Etc., que continuou sendo exibido no período da tarde.

REPRODUÇÃO/tv globo

Na Globo, Mallandro cobriu férias de Xuxa

Sérgio Mallandro no Xou da Xuxa

Quem sintoniza a Globo pela manhã já se acostumou com apresentadores eventuais nas férias de Ana Maria Braga e Fátima Bernardes. Mas, há algumas décadas, essa troca não era tão comum. Nos anos de 1991 e 1992, Sérgio Mallandro assumiu o Xou da Xuxa (1986-1992) enquanto a Rainha dos Baixinhos descansava. E, em ambas as temporadas, a loira chegou a ficar dois meses ausente.

O substituto, que também teve atração própria na Globo, enfrentava algumas restrições: ele não usava a nave espacial, por exemplo. Chegava no palco pendurado por um gancho. Seu café da manhã também era bem mais modesto que o da dona do Xou. De folga, Xuxa aproveitava esse período para cumprir seus compromissos internacionais.

REPRODUÇÃO/tv GLOBO

Paulo Silvino foi reserva de Chacrinha

Paulo Silvino e João Kleber no Chacrinha

Em 1988, Abelardo Barbosa, o Chacrinha (1917-1988) estava bastante debilitado em decorrência de um câncer de pulmão. Por conta disso, ele precisou se afastar do comando do Cassino do Chacrinha (1982-1988), programa que desprezava o politicamente correto na Globo. Para substituí-lo, foram escolhidos dois nomes: Paulo Silvino e João Kleber.

O pai de Flávio Silvino esteve à frente da atração durante oito semanas, mas se desentendeu com o diretor Walter Lacet. Oficializada a saída do humorista, o Cassino passou para as mãos de João Kleber, que ganhou a liberdade para agir com irreverência, mas sem imitar o Velho Guerreiro. Quando Chacrinha voltou a gravar, fazendo pequenas aparições, a apresentação do programa foi compartilhada entre os dois.


Leia também

Web Stories

+
Como estão Suzane von Richthofen e Daniel Cravinhos 19 anos depois do crime?42 anos depois: Por onde anda o elenco da novela Pai Herói?A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a série

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?