Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

'Mamãezinha querida'

Segundo Sol: Devastada com maldade e rejeição, Karola decide matar Laureta

Fotos: Reprodução/TV Globo

Karola (Deborah Secco) vai partir para cima da mãe com canivete no antepenúltimo capítulo - Fotos: Reprodução/TV Globo

Karola (Deborah Secco) vai partir para cima da mãe com canivete no antepenúltimo capítulo

REDAÇÃO

Publicado em 23/10/2018 - 17h32

Após descobrir que é filha de Laureta (Adriana Esteves) e Severo (Odilon Wagner), Karola (Deborah Secco) vai ter um ataque de fúria e decidirá matar a própria mãe em Segundo Sol. A sequência do acerto de contas entre a rejeitada e a vilã-mor vai ao ar no antepenúltimo capítulo da novela, em 7 de novembro. "O mundo seria muito mais bonito se você não existisse! E sou eu quem vai fazer justiça! Eu que vou acabar contigo, demônia", gritará a perua.

Karola ficará sabendo que é filha da cafetina por meio de Dulce (Renata Sorrah). Ela irá atrás da freira Felipa (Ana Miranda), que a criou no orfanato, e arrancará que o ex-milionário patriarca da família Athayde é o seu pai. 

Ela pressionará o falido a contar o paradeiro de sua mãe e surpreenderá a cafetina na ilha de Itaparica (BA), onde puxará um canivete e encostará a lâmina para cortar sua garganta duas vezes, mas optará por não "sujar as mãos de sangue".

"Então é aqui a sua nova casa, mamãezinha?", dirá Karola ao chegar ao local. A casa que virará esconderijo de Laureta foi o "ninho de amor" dela e de Severo no passado. "O que é que você tá dizendo, tá surtada?", rebaterá a personagem de Adriana Esteves.

Foragida da polícia por matar Du Love (Ciro Sales), Laureta estará usando um nome falso. "Mamãezinha? Claudia é o seu nome agora, não é, a mulher fina, recém-chegada em Itaparica! O motorista do táxi me contou, eles sabem de tudo que acontece nessa ilha. Só não sabem ainda que eu sou sua filha", vai disparar a personagem de Deborah Secco. 

A empresária do sexo pago afirmará que a sua mãe deve ter inventado essa história de filha. Chamará a personagem de velha maluca e atacará até a irmã Felipa. "Papai Severo Athayde me deu seu paradeiro", dirá Karola.

A cafetina dirá que não sabe o que inventaram, mas que elas precisam conversar. "Para de mentir pra mim, mamãe! A irmã Felipa me confirmou tudo", dirá a perua.

Laureta (Adriana Esteves) tentará negar que é mãe de Karola, mas depois confirmará que é

"O pior de tudo é isso, eu sou sua filha. Parece uma comédia mas é uma tragédia, mamãezinha. Como é que você teve coragem? Você é muito pior do que eu imaginava, muito pior, você me fez passar a vida pensando que eu fui abandonada por uma família pobre num convento, uma enjeitada. Em nenhum momento pensou em mim, em como isso ia me marcar, em meu sofrimento, meu desamparo", gritará Karola, descompensada.

A personagem de Adriana Esteves afirmará que tirou Karola do orfanato e será interrompida. "Me levou pra sua casa como se tivesse me fazendo um grande favor, me prostituiu, fez de sua própria filha uma quenga. Como você foi capaz disso? Não é possível que corra algum sangue aí nessas suas veias, que tenha um coração dentro de você", esbravejará a perua.

"Filha... Deixa eu explicar", falará Laureta. "Não. Não deixo. Você me botou pra trabalhar como prostituta sabendo que eu era filha de um dos homens mais ricos da Bahia. Eu podia ter tido irmãos, morar numa bela mansão", falará Karola. "Severo não lhe quis", alegará a agente de garotos de programa.

Laureta usou a filha para conseguir o seu império. Com chantagem, fez Severo lhe dar a mansão em que mora e a indicar os seus serviços aos homens ricos da Bahia.

Mercadoria e moeda de troca
"Só me tirou daquele convento porque eu passei a ser um bom negócio pra você, já mocinha. Como é que você dizia? A menina mais linda da Bahia? Além de ganhar dinheiro comigo rodando bolsinha, você ainda arrancava dinheiro e favores daquele velho nojento", berrará Karola. 

"Será que você não vê que acabei lhe fazendo um bem? Severo nunca prestou, tanto que deu no que deu, tá arruinado", retrucará a cafetina. "Ah, claro, eu tava muito melhor do que eles, órfã, solitária, infeliz, depois prostituída. Realmente você me salvou de ser uma Athayde! Você fez o melhor que podia por mim, pode ficar com sua consciência tranquila, mamãezinha querida", dirá Karola.

Ela puxará um canivete do bolso da calça e avançará em Laureta. Pega de surpresa, a cafetina ficará tensa com a lâmina encostada em seu pescoço. "Cala a boca! Eu devia te matar, é isso que você merece, desgraçada", detonará Karola. 

Laureta dirá que teve vergonha e que também foi vítima. "Eu era inconsequente, não tinha escolhido ser mãe, aconteceu, eu fui praticamente estuprada por Severo, Karola! Severo queria que eu tirasse, mas não tive coragem, a saída foi te levar pro mesmo convento onde fui educada. Eu passei pela mesma coisa que você, com aquelas mesmas freiras depois que meu pai foi preso pelos militares e minha mãe enlouqueceu", argumentará a vilã-mor de Segundo Sol

Ela afirmará que fez com a filha o mesmo que "a vida" fez com ela e que nunca deixou lhe faltar nada. "Eu fiz de você uma vencedora, uma campeã! Te apresentei Beto Falcão [Emilio Dantas], cuidei esses anos todos de você, de seus interesses... Fui até capaz de comprar um bebê morto, de matar Januária [Zeca de Abreu], por sua causa! Eu te dei de presente o filho que a natureza não quis lhe dar", falará Laureta.

Prestes a virar assassina da mãe
Karola avançará pela segunda vez em cima da mãe. "Porque era de seu interesse também. Além de tudo que você fez com minha vida, você fez de mim seu negócio mais lucrativo, sempre me chantageando pra arrancar mais um trocado de mim quando podia, sua vampira sanguessuga dos infernos", vai disparar Karola, a um passo de fazer jorrar sangue da mãe.

"Vai fazer o quê? Cortar minha garganta? Matar sua própria mãe? Vai, mata então! Você não é capaz de matar, Karola", afirmará Laureta. Karola a soltará. "Não tá nos meus planos me sujar com o seu sangue, não. Vou fazer melhor, vou entregar seu paradeiro pra polícia, você vai em cana", afirmará a personagem de Deborah Secco.

Laureta mandará a filha se tornar a sua sucessora e levar Remy (Vladimir Brichta), seu tio e amante, para morar com ela na mansão. "Aproveita aí seus últimos momentos antes de ver o sol nascer quadrado, mamãe, que a polícia vem aí", dirá Karola, antes de partir. 


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos sobre sua novela preferida!

Últimas de Segundo Sol


Resumos Semanais

Resumo da novela Segundo Sol: Capítulo de 7 de novembro

A Globo não divulgou os resumos dos últimos cinco capítulos da novela das nove. O Notícias da TV publica com exclusividade o resumo do capítulo desta quarta (7). Quarta, 7/11 (Capítulo 153)
Laureta tenta negar ser a mãe de Karola. ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?