TRETA AO VIVO

Biel abandona programa Pânico após apresentadora dizer que desejava vê-lo morto

FOTOS: REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Biel abandonou a entrevista ao Pânico após discussão acalorada com Amanda Ramalho - FOTOS: REPRODUÇÃO/YOUTUBE

Biel abandonou a entrevista ao Pânico após discussão acalorada com Amanda Ramalho

GABRIEL PERLINE - Publicado em 23/10/2018, às 14h37

Convidado para falar sobre a retomada de sua carreira, o funkeiro Biel abandonou a entrevista ao programa Pânico, da rádio Jovem Pan, após discutir ao vivo com a apresentadora Amanda Ramalho. No meio do bate-boca, ela relembrou a ficha criminal do artista, que contém casos de assédio sexual e agressão, e disse que preferia ver o rapaz morto.

Biel ficou pouco mais de 20 minutos no ar e pouco falou sobre sua carreira. Amanda Ramalho resolveu relembrar o escândalo recente do cantor, que agrediu sua ex-mulher, a digital influencer Duda Castro, enquanto moravam juntos nos Estados Unidos e foram parar numa delegacia. Foi aí que o clima esquentou.

"Você casou, separou, foi acusado de agressão, foi agredido...", disse Amanda, que acabou interrompida por Biel. "Você viu o que você acabou de falar? Eu fui acusado de agressão", pontuou.

O funkeiro não gostou da abordagem de Amanda e relembrou que em 2016, quando ele deixou o Brasil, a apresentadora disse no Pânico que em vez de mudar de país ele deveria ter morrido.

Biel deixou o estúdio do Pânico, na Jovem Pan; segurança tentou barrá-lo para ficar no local

"Eu tenho o vídeo, você quer que eu te mostre?", provocou o artista. "Não precisa, eu falei mesmo. Obrigado, Amanda. Pelo menos você se posicionou da maneira correta", retrucou a apresentadora, em uma autorreferência.

Emilio Surita tentou acalmar os ânimos e fez uma ponderação sobre os crimes cometidos pelo artista e todo o achincalhamento que recebeu no passado por conta de seus atos. 

"A palavra tem poder", disse o funkeiro. "Que pena que a minha não rolou", retrucou Amanda, referindo-se à sua fala do passado em que desejou a morte do artista. "Como vocês empregam uma pessoa dessas?", respondeu Biel.

Visivelmente irritado, ele abandonou o estúdio do programa Pânico e agradeceu a Emilio Surita e aos demais humoristas pela oportunidade. Os seguranças do estúdio tentaram barrar sua saída, mas não conseguiram convencê-lo a permanecer no local.

Fontes do Notícias da TV disseram que Amanda Ramalho tem causado dores de cabeça frequentes ao Pânico por se posicionar agressivamente contra parte dos convidados. "Ela pode discordar, mas precisa respeitar os convidados. Ela não pode simplesmente maltratar quem vem aqui na boa vontade", disse uma das pessoas da equipe que pediu para não ser identificada.

Após o bate-boca ao vivo, Emilio Surita deixou o estúdio e conversou com Amanda Ramalho em particular. O líder do Pânico pediu para que a apresentadora tenha uma postura melhor durante as entrevistas e seja menos agressiva.

Confira a entrevista:


Série de polêmicas
Biel deixou o Brasil no auge de sua carreira, em 2016. Com música em trilha sonora de novela da Globo e bastante requisitado por programas de TV, ele caiu em desgraça após ser revelado um caso em que assediou sexualmente uma repórter.

O caso foi prontamente desmentido, mas logo depois o áudio da entrevista veio à tona e o cantor voltou atrás e pediu desculpas publicamente.

O problema é que os internautas resgataram mensagens antigas publicadas por ele nas redes sociais nas quais criticava e xingava diversos apresentadores de TV, como Angélica e Fátima Bernardes, além de fazer apologia ao estupro e agressão à mulher.

Por conta de seu comportamento, ele perdeu o contrato com sua antiga gravadora e perdeu o time que o assessorava e o agenciava. Sem perspectiva no meio artístico, deixou o país para descansar sua imagem.

O problema é que ele não conseguiu se esquivar de problemas e envolveu-se em um caso policial nos Estados Unidos. De volta ao Brasil, ele tenta retomar a sua carreira, mas vem enfrentando dificuldades para conseguir espaço em programas de TV e de rádio para divulgar seus novos trabalhos.

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você gostou da escolha de Maju Coutinho para o Jornal Hoje?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook