Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

CABEÇA A PRÊMIO

Quem mata José Inocêncio em Renascer? Tião fica tentado com proposta de Egídio

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

José Inocêncio (Marcos Palmeira) aperta a mão de Tião (Irandhir Santos) em cena da novela Renascer

José Inocêncio (Marcos Palmeira) e Tião Galinha (Irandhir Santos) em cena da novela Renascer

DÉBORA LIMA

debora@noticiasdatv.com

Publicado em 2/4/2024 - 21h20

Egídio (Vladimir Brichta) pensará numa maneira de se livrar de José Inocêncio (Marcos Palmeira) de vez em Renascer. O vilão decidirá fazer uma proposta tentadora a Tião Galinha (Irandhir Santos): oferecerá R$ 200 mil para o peão matar o inimigo. Só que o matuto recusará sujar as mãos pelo patrão na novela das nove da Globo.

No capítulo desta terça (2), o coronel se enfurecerá ao saber que o rival não permitirá o casamento de João Pedro (Juan Paiva) com Sandra (Giullia Buscacio). Ele até acusará o pastor Lívio (Breno da Matta) de estar do lado do patriarca dos Inocêncio.

Depois, Egídio irá atrás do ex-catador de caranguejo. "Olhe bem, Tião... Eu lhe pago R$ 200 mil pela sua galinha... E fico com ela, mas lhe devolvo depois, sã e salva, sem dexá ninguém triscá um dedo nela!", soltará ele, misterioso.

A proposta esquisita deixará o trabalhador confuso. "Mas agora é que num tô entendendo mais nada", admitirá ele. "Eu compro a tua galinha, te enrico com todo esse dinheiro, e lhe devolvo ela se você me fizer um servicinho", explicará o marido de dona Patroa (Camila Morgado).

O crápula afirmará que a ave será uma espécie de garantia de que o serviço será cumprido. O ingênuo, então, questionará o que precisa fazer --e tomará um susto ao escutar que a missão é assassinar José Inocêncio.

O pobre coitado ficará reflexivo com a situação e desabafará com Joana (Alice Carvalho). "Ele me deu a palavra dele. Diz que pega ela de garantia e, depois, devorve... Depois que eu matá o coroné José Inocêncio, que me deu a receita do meu diabinho", contará. Apesar da tentação da fortuna, Tião recusará a empreitada e revoltará Egídio.

Como José Inocêncio morre na novela?

Na versão de 1993, João Pedro (Marcos Palmeira) foi quem empurrou o pai para a morte. José Inocêncio (Antonio Fagundes) levou um tiro numa tocaia e teve de usar cadeira de rodas. Com a saúde debilitada, o fazendeiro sofreu um acidente quando voltava da cidade na reta final.

Já cansado, ele recusou tratamento e agonizou no leito de morte. Ainda começou a delirar e pediu para o caçula chamar Maria Santa (Patrícia França). Ao perceber o sofrimento do patriarca em não conseguir partir, o mocinho desenterrou o facão do produtor de cacau dos pés do jequitibá.

Depois, João entregou o objeto para o moribundo e justificou sua atitude. "Eu ranquei o facão que tava enfiado nele. Como era de sua vontade, não era? Eu não quero ver o senhor sofrendo desse jeito, não. Esse seu filho enjeitado, ele lhe quer muito", desabafou.

Emocionado, o todo-poderoso pegou o facão e agradeceu ao filho. "Só ocê memo para me fazer essa caridade. Eu não tava conseguindo ir embora, causo que meu facão tava fincado lá", confirmou o protagonista.

"Eu amo você, meu filho. Me perdoe por nunca ter lhe dito isso", arrependeu-se Inocêncio, que morreu em seguida e reencontrou Santinha no Além.

Renascer foi escrita e criada pelo autor Benedito Ruy Barbosa. A primeira versão foi ao ar na Globo em 1993. Bruno Luperi é neto do novelista e responsável pela adaptação da saga rural que estreou no horário nobre em janeiro. O remake deve ser substituído por uma nova trama de João Emanuel Carneiro em setembro.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Renascer e outras novelas.


Resumos Semanais

Renascer: Resumo dos capítulos da novela da Globo - 12 a 27/4

Sexta, 12/4 (Capítulo 71)
Eliana ensina estratégias para Mariana. As duas conversam e Inácia estranha a proximidade das duas. Egídio comenta com Marçal que vai demitir funcionários da sua fazenda. Eliana bajula José Inocêncio. Lu chama a atenção de Zinha ... Continue lendo

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.