Novela das nove

O Outro Lado do Paraíso: Traída, Clara fica sem dinheiro até para pagar conta de água

Fotos: Reprodução/TV Globo

Clara (Bianca Bin) na novela das nove; mocinha terá seus bens bloqueados pela Justiça - Fotos: Reprodução/TV Globo

Clara (Bianca Bin) na novela das nove; mocinha terá seus bens bloqueados pela Justiça

MÁRCIA PEREIRA - Publicado em 09/03/2018, às 05h00 - Atualizado às 06h00

Clara (Bianca Bin) dará dinheiro a Renan (Marcello Novaes) para ele montar uma grife para sua mãe. A boa ação será usada por Fabiana (Fernanda Rodrigues) e Renato (Rafael Cardoso) para eles conseguirem uma liminar na Justiça "congelando" a fortuna da mocinha. Janete (Daniela Fontan) é quem vai fazer a fofoca, e a vingativa ficará sem ter como pagar as despesas de sua casa em O Outro Lado do Paraíso.

Como Patrick (Thiago Fragoso) é rico, ele passará a bancar Clara. Mas o bloqueio dos bens da justiceira do horário nobre a impedirá de entrar com um novo pedido para ficar com a guarda de Tomaz (Vitor Figueiredo).

O casal vai ser surpreendido com uma convocação para comparecer a uma audiência sem imaginar do que se trata. A cena será exibida no dia 3 de abril. A essa altura da trama, o advogado e Clara estarão namorando em segredo, e Renato já terá se casado com a prima de Patrick para se vingar da mocinha.   

"Estamos aqui para julgar a liminar de dona Fabiana de Sá Junqueira contra Clara Tavares. A denunciante alega que a acusada, através de fraudes, tomou posse de uma fortuna que lhe pertence", falará o juiz. 

Acusada de roubo
Fabiana vai chamar Clara de vigarista e autora de um golpe contra seu patrimônio. "As telas eram minhas. Sua avó me deixou. Eu posso provar. Tenho os documentos, em que ela me transfere a posse das telas", afirmará a personagem de Bianca Bin. Ela estará se referindo à herança que Beatriz (Nathalia Timberg) lhe deixou.

"Segundo informações dadas pelo advogado de dona Fabiana, a senhora deu presentes generosos, em dois casamentos", perguntará o magistrado. "Eu fui madrinha de dois casamentos. Ofereci a viagem de lua de mel, ao Rio de Janeiro, com hospedagem em suítes de hotéis de luxo", confirmará Clara. 

O advogado da loira mostrará em um papel orçamentos referentes aos presentes dados por Clara. Ela olhará os valores e informará que gastou até um pouco mais. "Veja o valor da quantia, doutor. Sua cliente está dilapidando o patrimônio que pertence à dona Fabiana", alegará o defensor da neta de Beatriz. A personagem de Fernanda Rodrigues já terá entrado com uma acusação de roubo contra Clara para tomar sua fortuna.

Rafael Cardoso contracena com Daniela Fontan; empregada trairá a confiança da patroa

Tentativa de desviar dinheiro
Patrick dirá que o colega exagera e vai querer saber se esse é motivo de ele entrar com pedido de liminar para o bloqueio dos bens. "Também consta, dona Clara, que depositou uma quantia significativa em nome de Renan Márquez para a abertura de uma empresa para sua mãe. A senhora admite o depósito?", perguntará o juiz.

A vingativa dirá que sim. Ela explicará que sua mãe está em estado emocional díficil porque sua meia-irmã está muito doente. "O Renan tem experiência no ramo comercial. Eu quis abrir uma empresa para ela se dedicar, ter o que fazer. Ele vai montar uma sociedade", afirmará Clara.

Só que o advogado de Fabiana mostrará documentos que atestarão que Renan faliu e está trabalhando com um food truck. Isso não será novidade para a ex-mulher de Gael (Sergio Guizé). Depois de ser desmascarado por Beth (Gloria Pires), Renan vai ser perdoado pela amante.

"Para mim parece uma tentativa óbvia de desviar dinheiro do patrimônio que na realidade pertence à minha cliente", dirá o defensor da loira. "Eu fui noivo dessa moça. Conheço a mãe. O último trabalho conhecido dela foi dirigir um bordel", vai declarar Renato.

Fortuna congelada
No final, o juiz concederá a liminar para preservar o patrimônio em discussão. "Seus bens estão bloqueados até o fim desse processo. Não poderá retirar um centavo do banco sem ordem judicial. Não poderá vender nada que faça parte desse patrimônio. Não pode tocar em seus bens", afirmará o magistrado.

Clara ficará uma fera com Janete, que alegará que só comentou com Renato o que estava acontecendo na casa da patroa porque ele sempre foi muito bacana com ela. A empregada vai implorar para não ser demitida. 

Patrick dirá que Clara não precisa se preocupar e dirá que ela deve considerar a ajuda dele como um empréstimo. "Está certo. Preciso de dinheiro para tocar as despesas da casa, cuidar da minha mãe. Mas eu tenho que ganhar. Sua tia Beatriz me deixou as pinturas, dizia que eu era como uma filha pra ela", esbravejará a mocinha em O Outro Lado do Paraíso.  


Confira cinco reportagens especiais sobre O Outro Lado do Paraíso:

De mimada a 'bicha pão com ovo': os sete mais odiados de O Outro Lado
Clara rejeitada e prisão de pedófilo levaram fãs da novela à loucura
De mocinha sem sexo a pacto com a morte: o fantástico mundo de Walcyr Carrasco
'A primeira tesourada é inesquecível', diz atriz que interpretou vilã da trama
Chega de achincalhar: cinco vezes em que O Outro Lado arrasou

Últimas de O Outro Lado do Paraíso

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O que você espera de O Sétimo Guardião?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook