VILÃO QUERIDO?

Emilio Dantas estranha sucesso e defende fim trágico para Rubinho: 'Deveria morrer'

Raquel Cunha/TV Globo

Emilio Dantas tem feito sucesso na pele do traficante Rubinho, da novela A Força do Querer - Raquel Cunha/TV Globo

Emilio Dantas tem feito sucesso na pele do traficante Rubinho, da novela A Força do Querer

LUCIANO GUARALDO - Publicado em 27/09/2017, às 05h25

Criminoso, adúltero e sem nenhum caráter, Rubinho (Emilio Dantas) deveria ser um dos personagens mais odiados de A Força do Querer. No entanto, a dobradinha do traficante com Bibi (Juliana Paes) caiu nas graças do público, para surpresa até de seu intérprete. No papel de maior exposição de sua carreira, Dantas diz não compreender o sucesso do Barão do Pó e torce para que o vilão tenha um fim trágico na novela.

"Acho que ele deveria morrer, e Kikito [Marcos Junqueira] e Batoré [Daniel Zettel] tomarem a boca para que essa trama continue tendo um papel reflexivo sobre todos os problemas sociais e estruturais que enfrentamos", diz o ator de 34 anos, ao deixar claro que discorda de quem ataca a novela por supostamente glamurizar o tráfico.

A boa aceitação de Rubinho e Bibi em sua escalada no mundo do crime, para Dantas, se deve ao fato de o público ter acompanhado essa jornada desde o início, como um casal apaixonado. "De qualquer maneira, acredito que existe muito mais gente querendo um final punitivo para os dois", ressalva ele, que não define Rubinho como um anti-herói: "É vilão mesmo!".

A companheira de cena Juliana Paes só recebe elogios do intérprete. "Compusemos Rubinho e Bibi sabendo que parceria e paixão teriam que ser as palavras-chave. Bibi tinha que amar demais, e Rubinho também, até para podermos desenhar bem o desenrolar da história", explica.

Depois de fazer novelas na Record, como Máscaras (2012) e Dona Xepa (2013), Dantas estreou na Globo como um dos vilões de Além do Tempo (2015), mas virou um nome conhecido mesmo na novela de Gloria Perez. Ele concorda que A Força do Querer é um divisor de águas na carreira, mas faz uma ressalva: "Acho que todo papel é. Quando você acaba um trabalho, ele já te transformou", filosofa.

Escalado para substituir Cauã Reymond como protagonista da novela De Volta Para Casa, como o Notícias da TV publicou em primeira mão, o ator desconversa sobre o primeiro mocinho que fará na Globo. "Eu vou fazer?", brinca, aos risos.

Na novela de João Emanuel Carneiro, prevista para a metade do ano que vem, Dantas interpretará Beto, um cantor de axé que é dado como morto e decide manter a farsa ao perceber que a venda de seus discos cresceu muito após a falsa morte. O ator surgirá com um visual bem diferente de Rubinho. Usará dreadlocks, barba e roupas extravagantes.

Ao contrário de Reymond, Dantas já tem experiência na música: atuou em vários musicais e protagonizou Cazuza - Pro Dia Nascer Feliz. No último sábado (23), também soltou a voz no Altas Horas em um dueto com o sertanejo Gusttavo Lima.


Confira cinco reportagens especiais sobre A Força do Querer:

Os 'filhos' da novela: pesquisador de Glória Perez lança livros baseados na trama

De sapato voador a nudez pública: relembre sete barracos marcantes

"Queria que Bibi pagasse pelo que fez", diz Juliana Paes sobre sua personagem

Globo fatura com fim de disfarce de travesti; saiba como

Sucesso como amiga de Bibi, atriz desistiu da carreira no Brasil para viver no México

Últimas de A Força do Querer

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Como você acha que Rick vai sair de Walking Dead?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook