O Outro Lado do Paraíso

De mocinha sem sexo a pacto com a morte: o fantástico mundo de Walcyr Carrasco

Fotos: Reprodução/TV Globo

Clara (Bianca Bin) ficou noiva do médico e namorou advogado, mas não transou na segunda fase da trama - Fotos: Reprodução/TV Globo

Clara (Bianca Bin) ficou noiva do médico e namorou advogado, mas não transou na segunda fase da trama

REDAÇÃO - Publicado em 10/05/2018, às 14h59

O Outro Lado do Paraíso se despede nesta sexta (11) deixando para trás momentos inusitados do fantástico mundo de Walcyr Carrasco. Fazer milagres e negociar com a "morte" foram poderes sobrenaturais usados somente quando era conveniente à história. Como uma mulher frágil enterrou sozinha um "homão" de dois metros de altura? Como a mocinha passou mais de uma década sem sexo? Essas perguntas ficarão sem respostas.

Carrasco chegou a confirmar ao Notícias da TV que sua "imaginação borbulhante" voa demais. Foi por isso que ele precisou mudar a trama da prostituta que seria transexual, já que a personagem havia procurado ajuda médica para voltar a ser uma mulher virgem.

"Quando escrevo, no fragor da imaginação, nem sempre lembro de detalhes de continuidade", disse o novelista. A derrapada foi evitada após questionamentos que surgiram com o vazamento da história.

Confira o que rolou de mais estranho nas tramas de O Outro Lado do Paraíso:

Clara (Bianca Bin) só fez sexo com Gael (Sergio Guizé) na primeira fase da novela das nove

Sem pegação
Clara (Bianca Bin) foi trancada em um hospício na primeira fase e só saiu de lá dez anos depois. Empoderada, milionária e repaginada, ela focou somente nas suas vinganças. Essa mulher teve três homens a disputando, noivou com um deles, Renato (Rafael Cardoso), depois namorou Patrick (Thiago Fragoso) durante meses .

Estranho ela não ter feito sexo na segunda fase. Parece bizarro, mas o roteiro de O Outro Lado do Paraíso revela que Clara só vai voltar a ter prazer na cama no último capítulo. Como a sequência foi esprimida, nada de maratona sexual, será uma cena "rapidinha" e olhe lá.

Mercedes (Fernanda Montenegro) fez pacto com a morte para salvar Josafá (Lima Duarte)

Crer no inacreditável
Mercedes (Fernanda Montenegro) fez premonições e ouviu vozes desde os primeiros capítulos. Ela conseguiu evitar algumas coisas ruins, como a sua própria morte, a de Cleo (Giovana Cordeiro) e a de Xodó (Anderson Tomazini). A primeira vida que ela salvou foi a de Josafá (Lima Duarte), que ficou muito doente no começo da novela. A mística sentiu que a morte estava chegando e negociou com um ser invisível. 

"Tenho uma oferta para lhe fazer. Não sei quantos anos de vida ainda me restam. Mas o que resta da minha vida eu divido com o Josafá. Poupa o Josafá e me tire alguns anos de vida. Aceita a oferta porque sem o Josafá, a vida é um sangramento, uma dor", disse a vidente, que terminou a cena afirmando que o pacto estava feito. 

Renan (Marcello Novaes) na cena de sua suposta morte exibida no dia 2 de novembro 

Ressuscitados ou pegadinha?
A lista de personagens que voltaram do "outro lado da vida" só foi crescendo ao longo da trama. Mariano (Juliano Cazarré) será o último morto-vivo a "ressuscitar", nesta sexta. Ele entrará para uma turminha que é dura na queda. Beth/Duda (Gloria Pires) foi a primeira a vagar como fantasma. Depois, Caetana (Laura Cardoso) partiu sem querer ir. Voltou dez anos depois cheia de disposição. 

Clara também "renasceu" no mar, após ser jogada de um penhasco trancada em um caixão. E deu um baita susto nos seus inimigos. Aí Renan (Marcello Novaes), que sangrou e ficou sem pulso ao cair de um mezanino, também surgiu vivo para mostrar que nem tudo é o que parece. E até a honesta Mercedes fez uma pegadinha. Sua filha, Diva (Bel Kutner), não morreu. Era tudo mentira.

Adriana (Julia Dalavia) tentou justificar porque não reconheceu a sua mãe, Beth (Gloria Pires)

Mimada e cega
Uma garota que perdeu a mãe aos 12 anos deveria reconhecê-la dez anos depois, até porque a sua genitora não mudou nadinha. O máximo que ela fez foi aderir a um penteado de franjinha. Pois é, tão inteligente, capaz de fazer regressão e ser brilhante em um tribunal, Adriana (Julia Dalavia) foi cega ao reencontrar Beth. 

Questionada pelo pai, Henrique (Emílio de Mello), ela inventou um desculpa para lá de esfarrapada. "Eu passei a vida toda vendo as fotos dela. Quando a vi pela primeira vez na delegacia, tive um impacto. Mas, pai, para mim, minha mãe estava morta. Eu vi aquela lancha explodir, eu vi", disse a personagem mimada.

Sophia (Marieta Severo) tem muito mais força do que parece: capaz de fazer cova de 2 metros

Força assassina
Quem diria que Marieta Severo (magra, mignon, frágil) poderia interpretar uma mulher que é capaz de matar e enterrar sozinha um homão como Cesar Ferrario, o Rato? Que tesourada poderosa Sophia tem, sempre capaz de matar sem dar chance de a vítima de revidar ou, ao menos, de se defender? Haja malhação!

"O ator também se surpreende com a capacidade do autor de criar coisas, de voar, e de te levar para caminhos que você não imaginava", explicou a atriz. Por isso, não duvide que mesmo com seu final traçado para terminar trancada em um hospício, Sophia não possa virar o jogo e surpreender nas cenas derradeiras.


Confira quatro reportagens especiais sobre O Outro Lado do Paraíso:

De mimada a 'bicha pão com ovo': os sete mais odiados de O Outro Lado
Clara rejeitada e prisão de pedófilo levaram fãs da novela à loucura
'A primeira tesourada é inesquecível', diz atriz que interpretou vilã da trama
Chega de achincalhar: cinco vezes em que O Outro Lado arrasou

Últimas de O Outro Lado do Paraíso

Outras novelas

Leia também

 

+ Lidas

Enquete

O novo Vídeo Show tem chance de sucesso?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook