Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

PAI EM DOBRO

Conheça Pedro Ottoni, par de Maisa na Netflix e futuro astro da Globo

REPRODUÇÃO/NETFLIX

Montagem de fotos com os atores Pedro Ottoni (à esquerda) e Maisa Silva (à direita) no filme Pai em Dobro, da Netflix

Pedro Ottoni (à esq.) interpreta o interesse romântico de Maisa Silva no filme Pai em Dobro, da Netflix

KELLY MIYASHIRO

kelly@noticiasdatv.com

Publicado em 20/12/2020 - 6h55

Par romântico de Maisa Silva em Pai em Dobro, novo filme nacional da Netflix, Pedro Ottoni tem ganhado espaço no entretenimento com participações em vídeos do Porta dos Fundos e apresentações de stand-up. Ainda poderá ser visto na Globo em 2021 --conforme revela o comediante em primeira mão ao Notícias da TV.

Roteirizado por Thalita Rebouças, o filme estrelado pela ex-SBT estreia na plataforma em 15 de janeiro. Nele, o personagem de Ottoni se encanta pela pureza e simplicidade de Vicenza (Maisa), uma jovem que busca conhecer seu pai biológico.

Trabalhar com a titular do extinto Programa da Maisa (2019-2020) foi uma experiência incrível, diz o ator. "A Maisa fez parte da infância de muita gente, e eu sou uma dessas pessoas. Cresci acompanhando ela nos programas da SBT", diz ele.

"Conhecê-la pessoalmente, e mais do que isso, poder trabalhar com alguém que você admira é algo maravilhoso. Maisa é uma menina muito inteligente e carinhosa, espero trabalhar com ela mais vezes", deseja.

Sobre seu personagem, o "galã" de Maisa prefere fazer suspense. "Eu não posso falar muito, não quero dar uma de Tom Holland e soltar spoilers", brinca ele. "Mas o que eu posso adiantar sobre o meu personagem é que ele é um menino muito fofo que faz de tudo pra poder ajudar os amigos e a família, e vai ter uma relação muito legal com a personagem da Maisa."

Pedro estava escalado para o elenco de Malhação: Transformação, temporada escrita por Priscila Steinman e Márcia Prattes, mas o projeto foi adiado para 2022 devido à pandemia da Covid-19, que impediu a continuação dos trabalhos inéditos na Globo.

Apesar disso, o humorista adianta que foi realocado dentro da emissora. "Tinha passado pra Malhação desse ano, mas por conta da pandemia não rolou, mas em 2021 vocês vão ver meu rosto na Globo, só que em outro projeto que ainda não posso falar sobre", desconversa.

Confira o trailer de Pai em Dobro:

Quem é Pedro Ottoni 

Morador da zona norte do Rio de Janeiro, mais precisamente do bairro Manguinhos, na parte da comunidade do Mandela, Pedro Ottoni tem 21 anos e trabalha como ator desde os 18.

Além do filme na Netflix, ele já fez esquetes para os canais Porta dos Fundos, Parafernalha e de Felipe Neto; participou da série Matches, do canal Warner Channel; está lançando uma linha de roupas; e se prepara para uma apresentação de stand-up em São Paulo no ano que vem.

"Chegar até o momento atual não demorou, mas não foi fácil. Eu tenho apenas três anos como ator profissional e, no mesmo momento em que comecei a trabalhar com teatro, comecei a produzir conteúdo pra internet. O meu objetivo agora é voltar para os trabalhos de ator assim que a gente conseguir superar essa pandemia", torce o jovem.

"Eu sempre quis trabalhar como ator, só não sabia que era uma possibilidade pra uma pessoa como eu. Todo esse papo de representatividade é algo novo, não era comum ver pessoas pretas, que morassem em comunidade, sendo representadas na telas", ressalta Pedro.

Aos 17 anos, Ottoni decidiu apostar na carreira artística e foi fazer um curso de TV e Cinema com o ator Ricardo Conti no Teatro Miguel Falabella. Depois, atuou em algumas peças infantis até chegar no audiovisual. 

"Não tenho tanta bagagem, mas no audiovisual Pai em Dobro é meu segundo filme, já que gravei o longa Vale Night primeiro, em 2019. Ele deveria ser lançado em 2020, mas por conta da pandemia só deve sair em 2021. Participei da série Matches, de alguns vídeos do Parafernalha e do quadro Humor Negro no canal do Felipe Neto", elenca.

No ano que vem, Pedro Ottoni pretende começar uma tour com o grupo de humor O Stand-Up É Ruim, mas a Comida É Boa, em que divide o palco com seu produtor, amigo e ator Rodolffo Moraes, e com os comediantes Matheus Moutta e Thiago Cardoso.

PABLO HENRIQUE/divulgação

Matheus, Rodolffo, Thiago e Pedro: grupo de humor

"Além de uma amizade muito forte, também criamos um espetáculo bem rico, cada um fala sobre um tema específico que no fim das contas faz todo o público se identificar. Se o meu show não fizer a galera chorar de rir, eu sei que um deles vai conseguir, e no final a gente tem sempre o saldo positivo, um completando o outro", avalia. 

Com o sucesso, o número de seguidores tem aumentado no Instagram, no YouTube e no Tik Tok, mas Pedro Ottoni tenta se manter longe dos haters.

"Cara, não é fácil, a galera esquece que somos seres humanos, também temos dias ruins e defeitos. Mas entendo que o carinho e a vontade de consumir o que eu produzo é maior do que qualquer coisa. Sou grato pelos meus fãs e pelo que estou construindo. E eu só cheguei onde cheguei por causa do meu trabalho e do apoio deles", conclui.

Confira algumas publicações do ator Pedro Ottoni no Instagram: 


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?