Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

FILME DA DISNEY

Aos 18 anos, Sophia Raia segue passos dos pais e estreia como dubladora

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Claudia Raia e Sophia Raia em publicidade no Instagram em 9 de maio de 2021

Claudia Raia e Sophia Raia em foto no Instagram; herdeira estreia como dubladora em filme da Disney

ELBA KRISS

elba@noticiasdatv.com

Publicado em 17/6/2021 - 6h45

Sophia Raia, filha de Claudia Raia e Edson Celulari, já começa a seguir os passos dos pais na área artística. Aos 18 anos, a herdeira do casal estreia como dubladora no cinema ao lado da mãe. As duas estão em Luca, novo filme da Disney e da Pixar que chega ao Disney+ na sexta-feira (18). Na animação, a estreante dá voz a Chiara, enquanto a veterana faz a Signora Mastroianni.

A jovem que cresceu nos bastidores das produções dos pais teve seu primeiro contato com a dramaturgia ainda criança. Aos sete anos, ela fez uma participação em Ti Ti Ti (2010), atualmente em reprise na Globo. No folhetim, interpretou a blogueira mirim Laurita e contracenou com Juliana Alves (Clotilde) e Clara Tiezzi (Mabi).

Agora, ela entrega que sua empreitada no cinema marca uma nova fase em sua vida. "Fiz uma participação em uma novela que a minha mãe fazia quando eu tinha sete aninhos. Mas essa é minha primeira dublagem e minha primeira escolha mais madura trabalhando como atriz", contou ao Notícias da TV, em entrevista ao lado da mãe e de Luís Miranda, que vive Tio Ugo no filme.

"Foi uma experiência ótima, principalmente com uma equipe tão incrível. Com pessoas [Claudia e Miranda] que admiro tanto por perto e trabalhando comigo. Me dando dicas que só eles podem me dar, de anos e anos de experiência", declarou.

Luca: animação da Pixar chega ao streaming Disney+ nesta sexta-feira (Divulgação/Disney+)

Luca conta a história de um jovem monstro marinho que tem a capacidade de assumir a forma humana quando está fora do mar. Curioso em conhecer o mundo, ele decide sair das profundezas e ir até uma bela cidade na Riviera Italiana.

Assim, fora do oceano, o menino Luca vive um verão inesquecível ao lado do melhor amigo Alberto. Mas a diversão é ameaçada, pois ninguém sabe que os dois são criaturas de um mundo abaixo da superfície da água.

Para Sophia, dar voz a Chiara --uma das personagens que cruza o caminho de Luca nessa aventura--, foi um presente e a ocasião perfeita para seu ingresso na dublagem. "Foi do melhor jeito que poderia ter sido. Eu não escolheria fazer isso com outras pessoas e em nenhum outro filme", explicou.

"Luca é um filme especial, que carrega uma mensagem importantíssima sobre amizade, aceitação e empatia. Fico feliz de ter contribuído e ser para as crianças de hoje em dia o que os filmes da Pixar também foram para mim quando estava crescendo", analisou. 

Claudia Raia 'dublava' contos infantis

Miranda, que interpreta Tio Ugo na animação -- um peixão do fundo do mar --, entrega que dublar um longa para o público infantil é uma incumbência e tanto. "Todo mundo já viveu isso de sentar e contar uma história para um sobrinho ou filho. Automaticamente, você se vê fazendo uma voz (risos)", considerou. 

Sophia Raia e Claudia Raia (acima) e Luís Miranda (abaixo) em entrevista para o Notícias da TV 

"E vai fazendo uma dublagem, porque você precisa fazer com que a criança entre no mundo imaginário. No desenho é um pouco disso, tem essa responsabilidade de: 'Não posso deixar meu sobrinho não entender o que aconteceu na história (risos)'", completou.

Claudia concordou com o amigo e revelou uma curiosidade: ela testava seus dotes de dubladora ao narrar contos infantis para os filhos, mas de um jeito totalmente inusitado. "Eu lembro que lia Cachinhos Dourados para a Sophia porque ela amava. Mas eu subvertia a história (risos). Eu falava assim: 'Então, a Cachinhos chegou com o cabelo liso, só na chapinha'. Ela falava: 'Mãe, não muda a história! Ela tinha cachinhos dourados!", relembrou.

"Ela defendia a história, e eu queria subverter para fazer uma coisa diferente, para não ficar todo dia a mesma coisa (risos)", explicou, bem-humorada. 

Enzo Celulari, Edson Celulari e Sophia Raia: família de talentos (Foto: Reprodução/Instagram)

Para Sophia, a versão contadora de história da mãe era uma situação totalmente inesperada em sua infância. "Daqui a pouco estava a Cachinhos Dourados tomando um porre com uma voz completamente diferente (risos). Nunca vi isso na minha vida", comentou ela.

Essa sintonia entre mãe e filha poderá ser vista em Luca, bem como os ensinamentos que a jovem atriz herdou dos pais famosos. Por ter crescido no meio artístico, Sophia entrega quais lições de Claudia e Celulari levou para seu trabalho.

"Quando você tem dois profissionais bons naquilo que fazem --não digo só talentos, digo bons profissionais--, pessoas que chegam no horário, que respeitam todo mundo, cumprimentam e agradecem a todos, que dão valor a cada tipo de emprego que é gerado por aquilo... Acho que levei tudo isso."

Levo valores que tenho dentro da minha casa, que vejo nas pessoas em quem mais me espelho [os seus pais]: respeitar todo mundo, fazer o que me mandam fazer, dar o meu melhor com boa vontade e com amor.

Para Claudia, ouvir sua filha falar com profissionalismo ativa o gatilho de mãe coruja. "Me dá um alívio ouvir isso (risos). É uma coisa assim: 'Deu certo! Ela percebeu, graças a Deus'", divertiu-se, paparicando a herdeira. 

Confira o trailer de Luca:

Confira publicação de Claudia Raia sobre a animação: 


Leia também

Web Stories

+
Como estão Suzane von Richthofen e Daniel Cravinhos 19 anos depois do crime?42 anos depois: Por onde anda o elenco da novela Pai Herói?A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a série

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?