Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

TRETA

Anitta e Luísa Sonza protagonizam barraco com diretor de Modo Turbo

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Anitta e Luísa Sonza em Modo Turbo, vestidas com traje futurístico para clipe de Modo Turbo

Anitta e Luísa Sonza em Modo Turbo; cantoras protagonizaram barraco com diretor do clipe

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 24/12/2020 - 18h11

Anitta, Luísa Sonza e um dos diretores do clipe de Modo Turbo, que também conta com Pabllo Vittar, protagonizaram um barraco nas redes sociais nesta quinta-feira (24). Marco Lafer, proprietário da Alaska Filmes, responsável pelo clipe da música, criticou a morena e questionou sua conduta profissional. Ela rebateu as críticas e ganhou o apoio da loira, que se disse desapontada com a produtora.

Tudo começou quando o dono da Alaska Filmes, ao dar detalhes dos bastidores de Modo Turbo nos stories do Instagram, foi perguntado sobre como havia sido trabalhar com Anitta. A resposta veio carregada de críticas e incluiu uma acusação. 

"O que posso dizer é que a gente discorda completamente da conduta profissional da Anitta. Nunca destratei ninguém da minha equipe, simplesmente não entendo por que alguém escolhe deliberadamente tratar mal as pessoas", afirmou ele.

Em outro Story, o profissional deu uma indireta ao dizer qual havia sido a parte mais complicada de produzir o clipe. "Lidar com o ego e a falta de caráter de uma celebridade em específico", apontou, sem mencionar o nome da funkeira. Perguntado sobre de quem foi a ideia artística do clipe, ele ainda deu outra indireta ao enaltecer a importância do trabalho coletivo. No fim, marcou Anitta na publicação em que falava sobre colaboração.

"A premissa chegou pra gente por meio da Anitta. Ela teve essa ideia de que a Pabllo, Luísa e ela chegariam no Arcade, encontrariam uma máquina de dança. A partir desse embrião, demos mais contorno pra ideia. Assim que gostamos de trabalhar: contribuindo com ideias que tragam ação, mistério, coisas divertidas para a narrativa", explicou.

"Porque, afinal, acreditamos na colaboração. Para ficar legal, precisa ter muita gente trocando ideia, com respeito da equipe. Ninguém faz nada sozinho", frisou Marco, marcando Anitta na publicação em que falava sobre colaboração", acrescentou Marco.

Resposta de Anitta

Pouco tempo depois, Anitta foi às redes sociais rebater as críticas, também sem citar o seu ex-colega de trabalho. "Acho que as pessoas escolheriam poupar sua energia se soubessem minha reação quando vejo falando mal de mim depois que já não está mais na minha presença", disparou no Twitter.

Luísa Sonza apoiou a parceira na música que tem feito sucesso estrondoso e é a mais ouvida do mundo no Deezer, plataforma de streaming, e lamentou a postura da produtora.

"Estou desapontada com o posicionamento e a falta de profissionalismo da produtora Alaska filmes. Sabemos como homens se sentem quando uma mulher bem sucedida e poderosa se impõe e é clara com o que ela quer, infelizmente", observou.

Anitta comentou no tuíte da amiga e afirmou estar envergonhada de ter indicado a empresa para dirigir o clipe. "E eu só a vergonha de ter te falado pra fazer com eles, miga", escreveu a morena. "Amiga, pelo menos o clipe ficou bonito, o resto, amor, que se exploda", respondeu a loira.

Mais tarde, no Instagram, a estrela da série documental Made in Honório, na Netflix, reclamou. "Não tenho um segundo de paz. Não posso nem ter um Natal com a minha família", disse ela, que está passando férias no México com familiares e amigos.

Veja as críticas do diretor de Modo Turbo:

Confira os tuítes de Anitta e Luísa Sonza:


Leia também

Web Stories

+
Vômito, narrador ridículo e ‘xerecada’: Cinco momentos engraçados das OlimpíadasBárbara, Kelvin e Medina: Atletas brasileiros se envolvem em tretas nas OlimpíadasAna ou Manuela? Saiba quem fica com Rodrigo no final de A Vida da GenteComo Rayssa Leal e Douglas Souza: Cinco atletas das Olimpíadas que você deve seguirTraição de Pyong Lee e treta de Nadja Pessoa: Ilha Record promete estreia acalorada

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual a melhor cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio?