Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

MADE IN HONÓRIO

Anitta é criticada por maltratar funcionários em documentário da Netflix

REPRODUÇÃO/NETFLIX

A cantora Anitta faz expressão de brava na série documental Made in Honório, da Netflix

Anitta na série documental Made in Honório, da Netflix; cantora é acusada de assédio moral na web

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 16/12/2020 - 12h02

Conforme ela mesma havia previsto, Anitta está sendo criticada nas redes sociais por aparecer maltratando alguns de seus funcionários na série documental Made in Honório, lançada recentemente na Netflix. Em um dos episódios, a cantora briga com assistentes por causa do figurino e do cenário de um show.

No quinto capítulo, intitulado Bastidores, Anitta surge irritada e descontente com as roupas definidas para a apresentação no Rock in Rio em 2019 e decide ligar para a equipe. "Olha só, deixa eu explicar uma coisa pra vocês de uma vez por todas. Eu tô cansada dessa palhaçada, toda vez é a mesma coisa. Ninguém deixa o André [Philipe, figurinista] trabalhar, aí depois eu me fodo", começa ela.

"Quando chego aqui, sou eu sozinha que tenho que resolver os looks, não tem ninguém aqui, porque eu estou falando há um ano dessa porra desse show. Eu queria esse cenário há seis meses, não fizeram a caralha do cenário, não mandaram para a porra do resto da equipe. O garoto não sabia o que fazer com a porra do look", reclama a funkeira. 

"Quando eu chego aqui, não tem nada pronto. Quem resolve? Eu! Que enfio uma tora no meu cu e tenho que fazer sozinha! Agora eu quero falar pra vocês que eu vou enfiar no de vocês. Porque toda vez vocês falam que eu sou grossa, que eu sou escrota, então eu sou mesmo", promete Anitta.

Neste momento, a assistente Carina Liberato aparece no documentário, bem desconfortável em frente às câmeras. 

"Sou a puta que o pariu e o caralho de asa, porque vocês não deixam eu fazer as coisas sozinha, tem que ser do jeito... Não, foda-se, foda-se. Tá vendo o que tá acontecendo ali? Não tem roupa, não tem roupa! Sabe por quê? Porque vocês não se organizam, porque eu falo o que é pra fazer, e vocês não fazem", continua a cantora e empresária, gritando.

Em seguida, Anitta vai desabafar com o cantor Will.I.Am, do Black Eyed Peas, que estava no local para uma gravação com ela. "Eu tento fazer o meu melhor, mas as pessoas não fazem o trabalho delas, aí eu me meto, se eu não sou assertiva, eles não fazem o que precisam fazer, aí eles pensam que eu sou escrota", desabafa ela, de forma dócil. 

"O louco é que, infelizmente, se você fosse um homem, as pessoas diriam que você sabe resolver as coisas, mas por alguma razão pega mal para as mulheres. Você tem que mudar isso", aconselha o norte-americano. 

Nas redes sociais, um trecho da bronca de Anitta foi compartilhado pelo blogueiro Daniel Bovolento, que não concordou com a postura da cantora. "Tô vendo uma galera dando palco pra Anitta nesse vídeo, mas como funcionário só posso dizer: isso é um baita assédio moral. Isso desestabiliza e humilha quem tá trabalhando pra você e pode dar processo trabalhista", opinou ele.

"Não é legal. Não importa o contexto. Você não grita com funcionário e manda ele tomar no cu, independente da falta de competência dele. Se você gosta de ser humilhado, boa sorte. Eu não gosto e não acho normal", completou Bovolento.


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou do final de Amor de Mãe?