Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

CANSOU DA MADRUGADA

Gloria Vanique diz que trocou Globo por CNN por saúde: 'Falta disposição o dia todo'

REPRODUÇÃO/CNN BRASIL

Gloria Vanique sorridente, de blusa branca, em um cenário azul com estampas de estrelas

Gloria Vanique em sua estreia na CNN Brasil; jornalista deixou a Globo em busca de qualidade de vida

Foi uma negociação relâmpago, que durou apenas três dias. Mas o fator determinante para Gloria Vanique abrir mão da Globo e se transferir para a CNN Brasil após 13 anos foi não precisar mais acordar na madrugada para trabalhar. Segundo ela, a rotina que manteve por uma década trouxe prejuízos à saúde. "Falta de disposição o dia todo", relatou.

"Acordar às três horas da manhã, vamos combinar que não é natural. A gente acaba se adaptando, mas não se acostuma. Eu tinha sono e falta de disposição o dia todo. Quando chegava o final de semana eu queria dormir. Eu fazia as coisas? Fazia. Mas se eu tivesse a opção de dormir, sempre era minha opção", disse ao Notícias da TV.

"Com toda essa mudança muito rápida, eu já me sinto melhor. O fato de eu dormir oito horas seguidas numa noite, sem ter interrupção do sono, porque antes eu dormia em etapas, dormia uma parte à noite e uma parte durante a tarde. E agora o fato de eu dormir oito horas seguidas já faz uma grande diferença na minha rotina e na minha vida", completou.

Gloria surpreendeu não somente os fãs como também seus chefes na Globo com o pedido de demissão. As conversas com a CNN começaram em 19 de outubro e duraram apenas três dias, um tempo muito curto de acordo com a praxe do mercado nacional.

Daniela Lima e Gloria Vanique na bancada do telejornal CNN 360º (Foto: Reprodução/Instagram)

Na quinta-feira, 22 de outubro, ela apresentou o Bom Dia SP ao lado de Rodrigo Bocardi, mas pediu demissão ao final do telejornal. Sua contratação pelo canal de notícias foi anunciada duas horas depois de aparecer ao vivo pela última vez na tela da Globo.

"Teve uma negociação super-rápida, super breve, que incluiu a questão do meu horário, da minha saída da madrugada, que foram dez anos ali [na Globo] acordando às 3h da manhã", explicou. "A CNN me propôs sair da zona de conforto. Estava muito tempo ali naquele mesmo trabalho. E essa expansão da CNN, que está trazendo com novas tecnologias com o streaming, e também a oportunidade de falar de outros assuntos, o que pra mim é um grande desafio, e eu queria muito isso."

Bom dia São Paulo, boa tarde Brasil

Por quase uma década, Gloria Vanique foi o braço direito de Rodrigo Bocardi no Bom Dia SP e era escalada para substituir diversos titulares dos telejornais da Globo em São Paulo nos períodos de férias, folgas ou em plantões de fim de semana. Mas nunca foi efetivada como apresentadora.

Na CNN Brasil, a jornalista foi contratada como âncora do CNN 360º, o noticiário de maior prestígio do canal, ao lado de Daniela Lima. E em vez de falar para apenas um Estado, ela aparece em rede nacional desde terça-feira (3), e caminhando por um terreno novo, o da política.

"As pessoas têm sempre em mente a ideia que jornalista precisa saber tudo. Jornalista, pra mim, precisa ser curioso e perguntar tudo sobre tudo. O meu papel no 360º é justamente perguntar. Estou segura e confortável, ainda mais com a Dani e com todos os especialistas que a gente tem ali", afirmou.

Fim do 'casamento'

A amizade com Bocardi é considerada por Gloria como um casamento. Afinal, além da parceria diária, eles tinham uma rotina que transbordava a esfera profissional. A sintonia, sempre elogiada pelos fãs, é derivada da amizade que construíram nos bastidores. E o fim dessa dupla era algo que eles já previam.

"A gente muda de empresa, mas os amigos ficam. Só que as parcerias, e principalmente nesse nosso meio de TV, não duram pra sempre, a gente sabe disso. O Rodrigo sabia disso, era uma coisa sobre a qual a gente conversava às vezes. Posso dizer que o Bom Dia São Paulo foi o nosso filho [risos]. Um filho daquele nosso casamento. A gente construiu juntos, nós pensamos, nós ousamos, nós acertamos, nós erramos, mas a gente sabia que uma hora cada um ia seguir o seu caminho. E foi isso que aconteceu", finalizou.


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?