Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

AUDIÊNCIA EM BAIXA

Após derrotas para Jovem Pan, CNN muda tudo por ibope e irrita apresentadores

REPRODUÇÃO/CNN BRASIL

Elisa Veeck no CNN Novo Dia com um vestido vermelho e sorrindo ao apresentar uma notícia

Elisa Veeck na CNN Brasil: mudanças para concorrer com Jovem Pan desagradam apresentadores

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 1/3/2022 - 7h00

A CNN Brasil fará uma mudança drástica na sua programação a partir de 4 de abril. Após registrar derrotas para a Jovem Pan, a emissora mexeu em horários e programas com o objetivo de melhorar os índices. Mas as trocas irritaram alguns apresentadores e jornalistas, que entendem que os problemas do canal de notícias estão longe de serem resolvidos com um ajuste na grade.

A CNN Brasil justificou as mudanças como parte de uma ação de seu aniversário de dois anos. No entanto, o objetivo é tentar fazer frente à sua concorrente no horário da manhã e, principalmente, na faixa noturna --na qual estão concentrados os maiores investimentos publicitários. 

Em janeiro deste ano, a Jovem Pan News venceu a CNN Brasil na média PNT da TV paga das 6h às 12h e das 18h à 0h. O maior incômodo é no segundo período, quando a Jovem Pan leva ao ar o debate Nos Pingos nos Is. O sucesso radiofônico chega a ter o dobro dos números que a CNN tem no horário com o Primetime, apresentado por Márcio Gomes.

Além disso, o Expresso CNN, comandado por Monalisa Perrone das 19h30 às 21h30, também é derrotado com frequência pelo Jornal Jovem Pan. A própria Jovem Pan comemorou estes números em comunicado para agências de publicidade. 

Para tentar reverter a situação, a CNN Brasil mudou apresentadores e jornais. O canal aumentou o tempo de suas duas principais audiências: o Live CNN, com Marcela Rahal e Daniel Adjuto; e o CNN 360º com Daniela Lima. O primeiro começa às 11h e vai até 14h. O segundo começa às 16h e fica no ar até 18h30, para bater de frente com Os Pingos nos Is na Jovem Pan. 

Por causa disso, o horário nobre será espremido por seis atrações. Às 18h30, o Expresso CNN segue no ar, mas sem Monalisa Perrone. O comando será de Elisa Veeck, que deixa as manhãs, e Evandro Cini. Às 19h30, chegará o CNN Primetime com Márcio Gomes. Monalisa Perrone só dará as caras às 21h no Jornal da CNN, principal jornal da casa. 

William Waack continuará na grade diária, mas no comando do WW, programa de análises que ele já tinha no fim de semana, com 30 minutos de duração. Carol Nogueira assume o Agora CNN às 22h30. 

O canal pago aproveitou a reformulação para efetivar alguns contratados como apresentadores. O Visão CNN agora terá Carla Vilhena, de São Paulo, junto com Sidney Rezende, do Rio de Janeiro, das 14h às 16h --até então, Rezende era apenas comentarista. E o CNN Novo Dia passa a ter Stephanie Alves, ex-Globo e que tem pouco tempo de casa, junto com Rafael Colombo e Luciana Barreto, das 7h às 11h.

A CNN criou ainda um novo jornal matinal: o CNN Money, dedicado ao panorama econômico. A apresentação será de Thaís Herédia, que também só tecia comentários até então. Na próxima sexta-feira (4), após o Carnaval, a CNN vai reunir profissionais para definir as diretrizes dessas trocas. 

CNN Brasil irrita bastidores com trocas

Tantas novidades causaram irritação entre os apresentadores, segundo apurou o Notícias da TV. A decisão mais criticada foi a mudança na apresentação do CNN Novo Dia. A dupla Rafael Colombo e Elisa Veeck em São Paulo era considerada a melhor do canal de notícias internamente, pela leveza, química e entrosamento.

Além disso, outra crítica foi a efetivação de Stephanie Alves no jornalístico matinal. A nova apresentadora é considerada competente, até por ter ancorado o Globo Esporte em Brasília durante sete anos. Mas chegou na CNN Brasil há apenas seis meses. Muita gente entende que ela "furou a fila" de profissionais que mereciam oportunidade como apresentadores.

Funcionários não têm visto com bons olhos também o subaproveitamento de colegas que foram tirados da Globo a peso de ouro. É o caso de Glória Vanique, que foi destaque no Bom Dia São Paulo e Bom Dia Brasil. Mesmo com tantas trocas, ela vai continuar apenas como apresentadora de documentários exibidos no fim de semana.

Procurada pelo Notícias da TV, Glória nega insatisfação de sua parte e afirma estar contente no canal de noticias: "Estou super feliz e satisfeita com os rumos da minha carreira na CNN. Estamos, inclusive, montando projetos para o segundo semestre". 

Procurada para comentar sobre a insatisfação e críticas feitas por causa das mudanças, bem como sobre os índices de audiência, a CNN Brasil enviou o seguinte comunicado: 

"A CNN Brasil esclarece que a nova programação, que entra no ar a partir do dia 04 de abril é resultado de um planejamento minucioso, pautado em pesquisa e análises das informações do nosso público e potencial do mercado.

As mudanças fazem parte da estratégia de conteúdo diversificado, que além de reforçar o hard news com novos produtos como o WW, com William Waack, e o CNN Money, com Thais Herédia e Priscila Yazbek, investe ainda mais na linha soft, principalmente nos fins de semana.

As mudanças foram feitas de acordo com o perfil de cada profissional e produto, visando a valorização dos talentos"


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.