Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Brasucas

Sete séries com sangue brasileiro para maratonar no feriadão da Independência

Divulgação/USA Network

Alice Braga na terceira temporada de A Rainha do Sul; que tal uma maratona de série na tela do notebook? - Divulgação/USA Network

Alice Braga na terceira temporada de A Rainha do Sul; que tal uma maratona de série na tela do notebook?

JOÃO DA PAZ e LUCIANO GUARALDO

Publicado em 7/9/2018 - 5h50

Feriados prolongados são ideais para se praticar um esporte de sofá: a maratona de séries. Neste Dia da Independência, a dica é se aventurar em seis séries da TV norte-americana que têm sangue brasileiro, mas nenhuma relação com nosso patriotismo, ou em uma produção nacional que relembra esse período da história do país e revela que a corrupção é um mal secular no Brasil. De Gotham a Rainha do Sul, passando por Narcos e McMafia, saiba um pouco mais sobre essas boas atrações que têm um pouco de Brasil no DNA:

divulgação/fox

Em Gotham, Morena Baccarin engatou um romance com Ben McKenzie, que virou seu marido

Gotham
Desejada pela Globo para fazer Dupla Identidade, a carioca Morena Baccarin não saiu da TV dos Estados Unidos nesta década e acabou encontrando um grande papel. Em Gotham (disponível na Netflix) desde a temporada de estreia da série, sobre a origem do Batman e de seus vilões, ela interpreta a médica Leslie Thompson. A brasileira se casou, e teve uma filha, com Ben McKenzie (ex-The O.C.: Um Estranho no Paraíso), protagonista da atração na qual eles também interpretam um casal.

reprodução/hbo

Fernanda Andrade fez personagem que livrou namorado de prisão de ventre em Here and Now

Here and Now
O grande fiasco do ano da HBO, Here and Now (2018) tem uma coisa que se salva: a atuação da paulista Fernanda Andrade. Natural de São José dos Campos, ela participou de várias séries (CSI: Miami, Sons of Anarchy, The Mentalist, Rizzoli & Isles) até conseguir o papel de coadjuvante no drama da HBO. Ela interpretou uma sensitiva que livra seu namorado de uma prisão de ventre cruel. Fernanda já emplacou um papel na série The First (Hulu), estrelada por Sean Penn.

reprodução/BBC

Produção da BBC disponível na Amazon, McMafia tem Caio Blat na pele de um mexicano

McMafia
Rejeitado na novela Deus Salve o Rei, o paulistano Caio Blat foi tão bem em McMafia (Prime Video) que se inscreveu para o Emmy deste ano. A tentativa de entrar no Oscar da TV como ator coadjuvante em série dramática, porém, não deu resultado. Na boa série britânica, Blat interpretou Antonio Mendez, representante de um cartel de drogas mexicano, em cinco episódios.

divulgação/netflix

Para viver Pablo Escobar em Narcos, Wagner Moura engordou 18 kg e usou barriga postiça

Narcos
Indiscutivelmente, as duas primeiras temporadas de Narcos (Netflix) foram as melhores. Coincidência ou não, o ator baiano Wagner Moura era o protagonista da história, na pele do temido traficante colombiano Pablo Escobar. Moura superou as críticas de nativos contra seu sotaque e fez uma interpretação convincente, com direito a um convite para participar de uma prestigiada mesa-redonda de atores promovida pela revista The Hollywood Reporter, ao lado de nomes como Cuba Gooding Jr., Rami Malek, Bobby Cannavale e Forest Whitaker.

divulgação/usa network

Na era das mulheres fortes em série, a brasileira Alice Braga brilha no drama A Rainha do Sul 

A Rainha do Sul
Após três temporadas em A Rainha do Sul (Netflix), a paulistana Alice Braga pode ser considerada uma das principais atrizes protagonistas da TV norte-americana. Ela conquistou o público com sua entrega para viver a traficante Teresa Mendoza e faz a série ter bons números de audiência, sem mostrar sinais de cansaço. Nas noites de quinta, Rainha do Sul é a série mais vista da TV paga nos EUA.

divulgação/hbo

Com um sotaque carregado, Rodrigo Santoro viveu um pistoleiro apaixonado em Westworld

Westworld
Por vezes esquecido no próprio universo de Westworld, Rodrigo Santoro fez bem seu papel no drama futurista e maluco da HBO. Nascido em Petrópolis (RJ), o ator encarnou um pistoleiro do Velho Oeste chamado Hector Escaton, que engatou um romance com a hipnotizante cafetina Maeve (Thandie Newton). Mesmo com um futuro incerto em Westworld, Santoro não dever sair tão cedo dos EUA. Ele foi escalado para atuar no piloto de Reprisal, uma aposta da plataforma Hulu.

ellen soares/tv globo

Fernanda Torres e Alexandre Nero em cena da série Filhos da Pátria, que se passava em 1822

Filhos da Pátria
Para o feriado da Independência, nada melhor do que revisitar o Brasil daquela época. A série Filhos da Pátria, disponível no Globoplay, trouxe Alexandre Nero e Fernanda Torres como um casal de classe média que precisava lidar com as mudanças promovidas na sociedade após o rompimento com Portugal. Os 12 episódios abusam do bom humor para contar o início da corrupção por aqui, e contam com atuações inspiradas de Johnny Massaro e Matheus Nachtergaele.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube. Assista no vídeo abaixo a dica de cinco séries gringas com sangure brasileiro. 

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?