Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Lost

Sumiu no meio do mato: Onde foi parar Rodrigo Santoro em Westworld?

Imagens: Divulgação/HBO

Rodrigo Santoro em foto do final da temporada de Westworld; personagem ainda está no matagal - Imagens: Divulgação/HBO

Rodrigo Santoro em foto do final da temporada de Westworld; personagem ainda está no matagal

JOÃO DA PAZ

Publicado em 22/6/2018 - 5h16

Westworld chega ao final de sua segunda temporada com muitos mistérios a serem resolvidos. Mas, para os fãs brasileiros, a pergunta que não quer calar é: Por onde anda Rodrigo Santoro? Crucial na reta final do primeiro ano da série, o pistoleiro Hector Escaton, vivido pelo ator, não aparece há três episódios. Ele foi visto pela última vez no meio do mato.

No sexto episódio, Hector salvou a robô rebelde Maeve (Thandie Newton), com a ajuda de Amistice (Ingrid Bolsø Berdal) e Hanaryo (Tao Okamoto), de índios da tribo Ghost Nation. Depois disso, a trama passou a acompanhar os passos da ex-cafetina, e seu amante ficou esquecido para trás.

Rodrigo Santoro no sexto episódio de Westworld

No teaser do episódio final, que vai ao ar neste domingo (24) na HBO, Hector reaparece em uma cena perto de Maeve, no laboratório de comportamento e diagnósticos de robôs do parque, aparentemente para salvá-la de novo. Como ele chegou lá? O que fez durante todo esse tempo ausente? Westworld deve respostas a essas perguntas.

A impressão que se tem é a de que Santoro foi escanteado em Westworld, mesmo que na segunda temporada tenha aparecido na mesma quantidade de episódios da primeira (seis). Porém, no atual ano, seu personagem ficou fora da narrativa justamente nos momentos mais importantes, os que preparam a despedida da temporada.

No ano de estreia, ele cresceu nos últimos quatro episódios e foi peça fundamental na revolução armada por Maeve, em sua busca de sua filha (de mentira) raptada.

O sumiço do ator em Westworld remete a sua participação na série Lost (2004-2010). No drama igualmente repleto de mistérios, o brasileiro entrou para o elenco fixo na terceira temporada na pele de Paulo, um dos passageiros do avião que desabou na ilha. Convenientemente, o personagem nunca tinha sido notado pelos outros sobreviventes em temporadas anteriores. Ele saiu de cena no mesmo ano, sem causar uma impressão marcante nos colegas de isolamento ou no público.

Robô que pensa
Embora sua participação tenha sido pouco impactante até o momento, Hector protagonizou um debate importante na segunda temporada do drama da HBO: os robôs têm vontade própria?

No terceiro episódio, Hector travou um debate com Lee Sizemore (Simon Quarterman), comandante das narrativas do parque Westworld, sobre quem verdadeiramente está no controle das emoções. Hector acreditava que amava Maeve por vontade própria e até superou seus sentimentos por Isabella, uma mulher misteriosa da história original do pistoleiro.

O humano discordou veementemente. Assim que Hector começou a fazer uma declaração de amor para Maeve, Sizemore o interrompeu, citando as mesmas palavras que saíram da boca de Hector. Frustrado, ele saiu de cena, cabisbaixo.

No fim das contas, o robô Hector tem como base a história da vida amorosa fracassada de Sizemore, que projetou na máquina quem ele sempre quis ser.

O fã de Westworld está desde o primeiro episódio da segunda temporada tentando adivinhar se os robôs têm capacidade de tomar decisões por conta própria ou se estão agindo dentro de uma narrativa. Maeve e Dolores (Evan Rachel Wood) estão na lista das anfitriãs que provavelmente são donas do próprio nariz.

Já o mocinho Teddy Flood (James Marsden) deixou de seguir seu looping original e virou um matador implacável graças à influência de Dolores, com quem teve um romance. Ficou doido ao perceber que virou um monstro e se matou.

Mas a principal reviravolta a ser desvendada neste final de temporada remete aos questionamentos do primeiro ano. Será que tal personagem é um robô ou um humano? O penúltimo episódio, exibido no domingo passado (17), deixou o telespectador em dúvida se o "Homem de Preto" William (Ed Harris) é um sofisticado anfitrião.

Nem o ator está imune a essa confusão. Em uma entrevista para lá de sincera ao site HuffPost, publicada nesta semana, Harris compartilhou um sentimento comum aos telespectadores que se aventuram no mundo de Westworld: "Eu não faço ideia do que está acontecendo [na trama]", disse. "Há muitas coisas que eu não entendo."

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você acha das demissões de veteranos da Globo?