O Tempo Não Para

De surra de cinto à maternidade: Regiane Alves faz 40 anos e revela seu plano B

Estevam Avellar/TV Globo

Regiane Alves (Mariacarla) contracena com João Baldasserini (Emílio) em O Tempo Não Para - Estevam Avellar/TV Globo

Regiane Alves (Mariacarla) contracena com João Baldasserini (Emílio) em O Tempo Não Para

MÁRCIA PEREIRA - Publicado em 05/09/2018, às 05h45 - Atualizado em 09/09/2018, às 06h45

Regiane Alves está fazendo 20 anos de carreira e 40 de idade no posto de malvada. Da estreia no SBT em 1998 à vilã Mariacarla, de O Tempo Não Para, foi justamente com uma ninfeta do mal que a atriz mais brilhou: Dóris, de Mulheres Apaixonadas (2003). Depois das cintadas que levou na trama de Manoel Carlos, trabalhou sem parar até três anos atrás, quando tirou o pé do acelerador para se dedicar à maternidade e investir numa atividade alternativa, a gastronomia.

"Amo gastronomia e tenho a sorte de ter amigos talentosos, sou sócia investidora, não trabalho, mas investi em três restaurantes: Puro, Massa e Ella [no Rio de Janeiro]", conta.

 

Depois de ter dado à luz seus dois filhos, hoje com 4 e 3 anos, Regiane esteve no ar, mas sem muita intensidade. Foi escalada para fazer A Lei do Amor (2016). Só que a personagem foi morta em uma "faxina" promovida pelos autores para tentar reverter a baixa audiência do folhetim. No ano passado, a atriz também fez a série Cidade Proibida, mas é na atual novela das sete que ela sente que voltou com força total ao batente.

Mariacarla é mais do que a "mente" por trás das ações do mau-caráter Emílio (João Baldasserini). "No decorrer da trama, ela consegue dar a volta nele e pegar os casos para ela. É vilão passando a perna em vilão. [A novela] Ainda está no começo, vocês vão ver que ela não está ali de bobeira, nem dá ponto sem nó."

gianne carvalho/Tv globo

Carlão (Marcos Caruso) dá surra de cinto em Dóris (Regiane Alves) em Mulheres Apaixonadas

O que fascina sua atual malvada é o poder. Regiane gosta de entender os motivos que levam seus personagens a serem bons ou maus. "O bacana do processo de pesquisa é enxergar isso, sem nenhum preconceito", comenta.

Ela afirma que até hoje é apontada nas ruas como a "menina" que maltratava os avós. Gosta da repercussão de Dóris porque a personagem provocou uma discussão importante. A atriz confidencia que sente saudade da época em que as pessoas vinham falar mal da personagem e dar bronca _já que hoje em dia a repercussão do trabalho está muito mais nas redes sociais do que nas ruas.

Dóris, há 15 anos, foi uma espécie de Rochelle (Giovanna Lancellotti), a patricinha que faz absurdos em Segundo Sol _só que com muito mais repercussão. A cena em que Dóris levou uma surra de cinto do pai, Carlão (Marcos Caruso), "lavou a alma" dos telespectadores.

Será que, aos 40 anos, dá para Mariacarla apanhar pelo que vai aprontar também? A atriz responde que novela é obra aberta e tudo é possível. Está preparada para sofrer, seja com "palmadas", seja de outra forma. "Nem me vejo como essa mulher de 40 anos, é estranho, no fundo, eu sou aquela garota cheia de energia".

Além de O Tempo Não Para, a atriz estará nas telonas em breve. Ela faz a guia espiritual Joanna de Angelis em Divaldo - O Filme. O longa-metragem é baseado no livro Divaldo Franco: A Trajetória de Um dos Maiores Médiuns de Todos os Tempos.

"Li vários livros dela e descobri que eu estava precisando desse resgate espiritual. Conheci Divaldo em abril, foi lindo quando o encontrei, um senhor de 91 anos, que me disse que foram os dois que me escolheram para o papel. Todo esse trabalho foi cercado de muita emoção", conta.

Últimas de O Tempo Não Para

Resumos semanais

Resumo dos capítulos da novela O Tempo Não Para - Notícias da TV

Sábado, 26/1 (Capítulo 155)
Resumo do capítulo não será divulgado pela emissora. Segunda, 28/1 (Capítulo 156)
Resumo do capítulo não será divulgado pela emissora.


Os capítulos de O Tempo Não Para são fornecidos pelas emissoras; sujeitos a alteração ... Continue lendo

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você gostou da escolha de Maju Coutinho para o Jornal Hoje?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook