Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

Atração da Band

Por onde andam os guardas da primeira temporada de Orange Is the New Black?

Divulgação/Netflix

Pablo Schreiber e Matt McGorry viveram os guardas Pornstache e Bennett na série Orange Is the New Black

Pablo Schreiber e Matt McGorry viveram os guardas Pornstache e Bennett na série Orange Is the New Black

JOÃO DA PAZ

Publicado em 11/4/2020 - 5h26

Há mais de um mês no ar nas noites de sábado da Band, a série Orange Is the New Black (2013-2019) alcança um novo público, aquele que não acompanhou a atração na Netflix. Quem chegou agora não está somente se familiarizando com as detentas que vestem laranja, mas com os guardas que interagem com elas no dia a dia da penitenciária.

O time de segurança de Litchfield deixa sua marca desde a primeira temporada, seja perseguindo as presidiárias ou até criando laços afetivos. Os atores que formaram essa equipe inicial continuam na ativa em importantes séries, como How to Get Away with Murder, American Gods e Stranger Things.

Confira abaixo pode onde andam cinco atores que viveram guardas da temporada de estreia de Orange Is the New Black:

divulgação/reprodução/netflix

Catherine Curtin está em outra série da Netflix: em Stranger Things, como a mãe de Dustin


Catherine Curtin, a Wanda

A guarda Wanda Bell (Catherine Curtin) foi quem recebeu a patricinha Piper Chapman (Taylor Schilling) na prisão e lhe disse a temida frase: "Agache, abra as nádegas e tussa". E a loira obedeceu. Catherine fez o papel de Wanda até a sétima e última temporada, com aparições espalhadas em 40 episódios.

Enquanto trabalhava em Orange, a atriz conseguiu um lugar importante em outra série da Netflix. No drama sobrenatural Stranger Things, ela vive Claudia Henderson, a mãe do fofo Dustin (Gaten Matarazzo). A nova-iorquina ainda apareceu em séries como Homeland e Insecure. Seu papel mais recente foi neste ano, participação em um único capítulo do novo drama Tommy, estrelado por Edie Falco.

Divulgação/Netflix/Reprodução/CBS

Em Orange, Laura Lapkus apareceu para o mundo das séries; atuou em The Big Bang Theory 


Lauren Lapkus, a Susan

Orange Is the New Black foi a primeira grande vitrine da carreira da atriz Lauren Lapkus. Ela foi a guarda novata Susan Fischer em 13 episódios, entre a primeira e segunda temporada (deu às caras em um capítulo do último ano). Na trama, a jovem passou por uma relação conturbada com Joe Caputo (Nick Sandow), o capitão dos guardas de Litchfield.

Lauren cravou um espaço no mundo da dublagens, fazendo até um trabalho na animação popular Hora da Aventura. Na frente das câmeras, ela reapareceu para o grande público na comédia The Big Bang Theory (2007-2019), na pele de Denise, a namoradinha nerd do Stuart (Kevin Sussman). Neste ano, a atriz atuou em um episódio da terceira temporada de Good Girls.

Divulgação/netflix/abc

Com o mesmo look jovial, Matt McGorry foi de Orange para How to Get Away with Murder


Matt McGorry, o Bennett

Aos 27 anos, Matt McGorry ganhou o papel que transformou sua carreira. Em Orange Is the New Black, ele interpretou em 25 episódios o guarda Jonh Bennett, um dos mais importantes nas primeiras temporadas do drama. Ele se destacava dos colegas por ser caridoso, ter um senso de moral e se preocupar com as detentas. Criará uma conexão estreita com Daya (Dascha Polanco).

Prestes a sair de Orange de vez, McGorry entrou na série sensação da temporada 2014-2015: How to Get Away with Murder. Ele ainda está no badalado drama, como o universitário Asher Millstone, o grande palhaço do quinteto aprendiz da professora e advogada Annalise Keating (Viola Davis).

divulgação/netflix/history

Michael J. Harney e seu impecável cabelo grisalho em Orange e na série Project Blue Book 


Michael J. Harney, o Sam

Michael J. Harney entrou em Orange com bastante experiência, acumulada por passagens em Nova York Contra o Crime (1993-2005), Deadwood (2004-2006), Weeds (2005-2012) e outras séries. Na produção da Netflix, ele foi o guarda Sam Healy, supervisor dos seus colegas e o conselheiro da prisão, conversando bastante com as detentas. Sam oscilava entre bondoso e autoritário, não escondendo em alguns momentos ter um certo ódio pelas mulheres.

Depois de atuar em 67 episódios de Orange, Harney não descansou. O ator está inteiraço, firme na ativa. Em pouco mais de um ano, ele atuou em quatro séries (For All Mankind, Interrogation, Project Blue Book e Deputy, a mais recente).

divulgação/Netflix/starz

Bigodão de ator pornô foi aposentado por Pablo Schreiber em American Gods; barba ruiva


Pablo Schreiber, o Pornstache

O ator Pablo Schreiber cultivou um bigodão estilo ator pornô para dar uma cara única ao seu personagem em Orange Is the New Black, George Mendez, apelidado de Pornstache. O guarda vivia ao lado de Bennett, deixando claro ao telespectador o quanto eram opostos. Corrupto, Pornstache destilava comentários humilhantes para as detentas. Tinha como alvo preferido de suas maldades a prisioneira trans Sophia Burset (Laverne Cox).

Schreiber conseguiu um papel totalmente diferente assim que largou Orange, em 2017. Ele entrou para o elenco do drama piradão American Gods, sobre uma embate entre entidades antigas e deuses da modernidade. O ator é Mad Sweeney, um Leprechaun, figura mitológica da Irlanda. Pablo foi escalado para ser o protagonista de Halo, drama que adapta para a TV o famoso game homônimo.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?