QUEM SABE FAZ AO VIVO

Por que Fausto Silva não faz live no Domingão em tempos de coronavírus?

Reprodução/TV Globo

O apresentador Fausto Silva introduz o Domingão do Faustão do dia 5 diretamente de sua casa, com cortina ao fundo

Fausto Silva introduz o Domingão do dia 5 diretamente de sua casa: cenário de cortina não é problema

DANIEL CASTRO - Publicado em 11/04/2020, às 05h43 - Atualizado às 09h54

Quem sabe faz ao vivo. É o que Fausto Silva vive dizendo. O inesperado isolamento social imposto pelo novo coronavírus, no entanto, forçou o apresentador líder de audiência nacional há três décadas a um triste desfile de reprises. Numa época em que artistas sertanejos estão mostrando que têm força para reunir milhões na frente de celulares e computadores, Globo e Fausto Silva ainda não se renderam ao poder das lives.

Pela quarta semana consecutiva, neste 12 de abril o Domingão terá apenas uma melancólica participação pré-gravada de Faustão. O resto será reprise (comemoração da Copa de 2002, a dupla Henrique e Juliano, Isis Valverde no Desafio com Tubarões e musicais de Ricky Martin, Mariah Carey e Peppino Di Capri).

Então cabe a pergunta: por que quem mais entende de programa ao vivo na televisão brasileira também não se arrisca a apresentar um programa inteiro num estúdio caseiro, conversando pela internet com artistas igualmente em suas casas, equipados para alguns números musicais?

Provocado pelo Notícias da TV, próprio Faustão responde: "Estou cumprindo as determinações da Globo". O apresentador, como quase todos os artistas da emissora, está de quarentena. Com a ajuda da mulher, Luciana Cardoso, que é diretora de Criação do Domingão, ele tem gravado em sua casa apenas entradas semanais, para introduzir as reprises do programa.

Mesmo que quisesse fazer mais ações ao vivo (como um show remoto de Marília Mendonça ou Jorge & Mateus, que reuniram mais de 3 milhões de pessoas em lives nos últimos dias), Faustão teria dificuldades. Cerca de 90% da equipe de seu programa está em férias. Somente o diretor geral, Cris Comes, e mais quatro profissionais têm trabalhado na montagem das edições de emergência.

A boa notícia é que a cúpula da Globo já não resiste tanto à ideia de programas de entretenimento via internet. Ainda tem um pé atrás com a precariedade das transmissões e limitações de cenografia e fotografia. Ainda não se sente segura para enviar técnicos para as casas de apresentadores e músicos e elevar o nível da captação.

Mas já há formatos sendo estudados, de acordo com a Comunicação da Globo, "com lives de casa inclusive".

Um teste será feito no próximo dia 23, na final de Big Brother Brasil, com a entrada dos eliminados diretamente de seus confinamentos domésticos e algum show surpresa, também remoto. Dois dias depois, no horário nobre, planeja transmitir um show "multiplataforma" com vários artistas.

Ou seja, a Globo só não fará live com Faustão nesta quarentena se não quiser (ou tiver medo).

Daniel Castro
DANIEL CASTRO transformou a coluna de Televisão da Folha de S.Paulo na mais relevante do país durante sua passagem pelo jornal, entre 1991 e 2009. Trabalhou no Notícias Populares (1995-96) e R7 (2009-13). E-mail: dcastro@noticiasdatv.com

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Na casa de que famoso você passaria a quarentena?

Últimas notícias