Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

PLANTÃO COVID

Marjorie Estiano grava Sob Pressão em guerra contra cotonete: 'Nada pessoal'

JOÃO FAISSAL/TV GLOBO

A atriz Marjorie Estiano com um face-shield, máscara N-5 e um capote azul como a médica Carolina em cena de Sob Pressão: Plantão Covid

Carolina (Marjorie Estiano) trabalha em hospital de campanha em Sob Pressão: Plantão Covid

DANIEL FARAD, no Rio de Janeiro

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 4/10/2020 - 6h55

Além de um inimigo invisível, Marjorie Estiano confessa que passou três semanas em pé de guerra com os cotonetes dos exames para detecção de coronavírus nas gravações de Sob Pressão: Plantão Covid. O elenco da produção, que estreia nesta terça (6), enfrentou baterias de testes em meio à retomada das gravações nos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro.

"O processo não é exatamente agradável, provoca reações e reflexos. Eu não me adaptei e, por isso, não conseguia me conter. Eu e o cotonete travamos uma luta toda vez, já que a gente tinha um encontro marcado a cada semana", confidencia a intérprete da médica Carolina ao Notícias da TV.

Obrigados a seguir um protocolo rígido, que envolvia medição de temperatura, uso obrigatório de máscaras e medidas de distanciamento, todos da equipe testaram negativo para o vírus Sars-Cov-2 durante os 21 dias de gravações.

Por conta do código de conduta, seguido ao pé da letra, Marjorie lamenta que não pôde receber os novos colegas David Junior e Roberta Rodrigues com um abraço caloroso. "Eu conheci o David em março e, até agora, a gente nem pegou na mão. Salvo as vezes que ele me deu umas cutucadas (risos)", denuncia.

O galã, contudo, entrega que sentiu na pele as respostas involuntárias da atriz diante dos swabs das provas de RT-PCR. "A enfermeira já enfiava com medo. Sofri muito por causa da Marjorie", dispara o rapaz. "Você entende que é um reflexo, não é nada pessoal", brinca a artista.

JOÃO FAISSAL/TV GLOBo

David Junior, Marjorie Estiano e Bruno Garcia

Saúde pública

Brincadeiras à parte, os dois episódios especiais prometem levar os telespectadores às lágrimas ao mostrar a realidade dos hospitais de campanha erguidos às pressas para combater a pandemia de coronavírus (Covid-19).

"Essa vivência, da gente coberto pelos EPIs (equipamentos de proteção individual), apenas aumentou a minha admiração por eles. Não dá para imaginar o país sem os profissionais de saúde, sobretudo neste momento que a população se sente abandonada e negligenciada. Eles arriscam as suas vidas pelas nossas. Inspiram muito", filosofa a atriz.

Apesar dos problemas da saúde pública no Brasil, ela lembra que os pacientes de Covid-19 não receberam faturas enormes, milionárias, como em países em que a cobertura não é gratuita --caso dos Estados Unidos.

"A gente é muito privilegiado por ter o SUS [Sistema Único de Saúde], que é maravilhoso no papel, mas que sofre com corrupção e abandono. Sob Pressão levanta essas questões em defesa desse sistema, e não contra", arremata Marjorie.


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?

Muito bom, tem todo o conteúdo que os fãs da Disney amam.
19.71%
O catálogo é bom, mas há falhas e problemas no aplicativo.
8.46%
Não gostei, o conteúdo não me interessou.
17.51%
Não assinei, achei o preço muito alto.
54.32%