Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

COMBATE AO CORONAVÍRUS

Sob Pressão vence Covid-19 sem infectados e com reforço de Márcio Gomes

JOÃO FAISSAL/TV GLOBO

Com touca, face shield, capote e máscara N-95, Marjorie Estiano e Julio Andrade manipulam um respirador como os médicos Carolina e Evandro em Sob Pressão

Carolina (Marjorie Estiano) e Evandro (Julio Andrade) cuidam de paciente em Sob Pressão: Plantão Covid

DANIEL FARAD, do Rio de Janeiro

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 29/9/2020 - 19h13

Em meio à crise sanitária, elenco e equipe de Sob Pressão voltaram aos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro, para gravar dois episódios especiais sobre a pandemia de coronavírus (Covid-19). Com face shields, máscaras N-95 e capotes, nenhum dos atores se contaminou com o vírus Sars-Cov-2 --graças a cuidados muito parecidos com os que Márcio Gomes trouxe ao público nos telejornais da Globo.

O jornalista apresentou durante dois meses o Combate ao Coronavírus, com informações à população sobre protocolos de segurança, mas também fez as vezes de mediador durante a coletiva virtual de lançamento de Sob Pressão: Plantão Coronavírus na tarde desta terça (29).

Em alta na emissora, Gomes bateu um papo com o diretor Andrucha Waddington e o autor Lucas Paraizo sobre a retomada dos trabalhos da série junto à imprensa. "A gente teve quatro meses desde a confecção dos roteiros até a estreia no próximo dia 6. Foi um trabalho hercúleo da emissora e da Conspiração Filmes para levantar um hospital de campanha na ficção", explicou o marido de Fernanda Torres.

Os atores das temporadas anteriores, e alguns estreantes, retornaram aos sets de gravação sob um rígido código de controle, com medição de temperatura, higienização constante da mãos e testes semanais --o processo de captação das imagens levou 21 dias, período no qual não foi registrada nenhuma contaminação.

"A gente tinha um rigor muito grande, com direito àquela roupa de astronauta. Era uma preocupação muito grande passar bem por todas as etapas, então foi bem exaustivo. A gente está entregando algo que vai fazer a sociedade pensar, trazer uma reflexão sobre a pandemia", analisou Waddington.

Zona quente

Evandro (Julio Andrade) e Carolina (Marjorie Estiano) enfrentam mais uma vez os já conhecidos problemas da saúde pública do Brasil, como a corrupção e a falta de insumos nos hospitais, dessa vez diante de um inimigo invisível e ainda sem um tratamento eficaz e adequado.

"A gente ainda não tem um distanciamento crítico para sentenciar qualquer tipo de terapia, mas a gente acredita na medicina e na ciência. Enquanto nada for comprovado pelas organizações mundiais de saúde, não dá para ser negligentes. Por isso, a gente preferiu não abordar o tratamento nem a vacina, mas o drama dos personagens", adiantou Paraizo.

Até mesmo a médica Vera voltará à cena, ainda que Drica Moraes não possa ter comparecido presencialmente por ser do grupo de risco. A atriz gravou a sua participação diretamente de casa, já que fez um transplante de medula em 2010 em meio ao tratamento contra o câncer.

"Eu queria estar lá com meus colegas, mas era uma experiência muito inicial para correr riscos. Fiquei num misto de frustração e alegria, fui muito bem cuidada pela equipe, mas às vezes imaginava que ia estar mais bem protegida no Projac do que em casa", entregou a veterana.


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?