Dia do rala e rola

De cama quebrada a deuses bem-dotados: como é o sexo no mundo das séries

Reprodução/Netflix

Os atores Mike Colter e Krysten Ritter na primeira temporada de Jessica Jones; sexo entre heróis - Reprodução/Netflix

Os atores Mike Colter e Krysten Ritter na primeira temporada de Jessica Jones; sexo entre heróis

JOÃO DA PAZ - Publicado em 06/09/2018, às 05h23

Mais liberado do que em novelas, o sexo está presente em todo tipo de série, de heróis (Jessica Jones) a fantasiosas (American Gods). Por isso, há um leque de variações na forma de apresentar o vuco-vuco. Existem opções para quem gosta de uma coisa mais bruta (qualquer cena com Luke Cage) ou algo mais requintado, como visto em The Girlfriend Experience.

No Dia do Sexo, o sugestivo 6 de setembro (6/9), o Notícias da TV elenca cinco séries que mostram tipos diferentes de transas:

reprodução/hbo

Alexander Skarsgård e Nicole Kidman em Big Little Lies: abusos resultavam em brutalidade

Sexo bruto
No ano passado, a HBO chocou parte de seus telespectadores com o sexo abusivo de Big Little Lies. Nicole Kidman e Alexander Skarsgård protagonizaram as cenas quentes (no banheiro, sala, quarto, cozinha) com direito a mordidas, puxão de cabelo, tapas e até estrangulamento. O que poderia ser apenas uma tara, maquiava o comportamento violento de Perry (Skarsgård) contra sua mulher, Celeste (Nicole).

Na Netflix, qualquer cena de sexo com Luke Cage (Mike Colter) envolve brutalidade. Herói com uma força descomunal, ele quebrou uma cama transando com Jessica Jones (Krysten Ritter) e acabou com o apartamento de Claire (Rosario Dawson) após sair da prisão, com o sexo atrasado, em Os Defensores. Namoradinho da enfermeira, Luke Cage deixou o corpo dela cheio de hematomas.

As cenas mais quentes de Luke Cage, contudo, são com Jessica Jones e acabaram fincando um marco na TV. Há um paradigma de que heróis não transam, tanto na TV quanto no cinema. As séries da Marvel na Netflix, com uma pegada mais adulta, desmistificaram essa ideia.

reprodução/hbo

Issa Dee (Issa Rae) levou a pior após sexo oral: foi atingida no olho e ficou com o sutiã sujo 

Sexo atrapalhado
Quem nunca passou apuros na hora do sexo? É tesão indo embora na hora de colocar a camisinha, gafe ao errar o buraco, queda da cama ou do sofá, entre outros foras. Girls (2012-2017), comédia da HBO, primou ao mostrar jovens descobrindo a sexualidade, nem sempre de forma prazerosa. Constrangedor e sem estética, o sexo da série navegou entre o silencioso e o esquisito, com direito até a beijo grego.

Outra atração da HBO, Insecure não esconde sua timidez. A trama é praticamente uma Girls com negras e quebra um padrão da TV de só mostrar a vida amorosa de jovens brancas. Uma das cenas mais atrapalhadas aconteceu quando a protagonista Issa Dee (Issa Rae) foi pega de surpresa: no ápice do sexo oral, ela foi atingida no olho pela ejaculação do parceiro. Faltou entrosamento.

divulgação/showtime

Lizzy Caplan e Michael Sheen em Masters of Sex; sexo analisado com prancheta e caneta 

Sexo didático
Para quem caça dicas de como melhorar a transa com o parceiro, Masters of Sex (Clarovídeo e Now) serve como uma enciclopédia. Há pitacos sobre como deixar a mulher mais excitada, como fazer o homem durar mais durante a transa, o passo a passo para melhorar as preliminares... Quem é adepto de masturbação também irá se surpreender ao descobrir que existem várias maneiras de praticá-la.

Além de ser uma excelente série, com 12 indicações ao Emmy (uma vitória), Masters of Sex ensina tudo sobre sexo ao telespectador, por retratar uma história real, o início de um trabalho pioneiro sobre a sexualidade humana feito pelo casal William Masters (Michael Sheen) e Virginia Johnson (Lizzy Caplan).

divulgação/starz

Em American Gods, a deusa Bilquis (Yetide Bataki) suga seus parceiros pelo órgão genital

Sexo pornográfico
Nas primeiras temporadas, Game of Thrones ganhou fama de ser um soft porn na HBO, rótulo bem próximo à realidade. O sexo quase pornográfico no bordel de King's Landing, com figurantes que eram atrizes pornôs, merece uma menção. Mas tem mais séries no mercado que investem forte nas relações praticamente explícitas, com nu frontal masculino e tudo o que tem direito.

Obviamente, The Deuce (HBO) entra na jogada por apresentar o nascimento da indústria pornográfica no começo dos anos 1970, em Nova York. American Gods (Amazon) tem deuses bem-dotados e uma divindade que, após marcar um encontro com um homem em um aplicativo de paquera, o suga pela vagina.

E é claro que Sense8 precisa ser citada. Desde a cinta peniana que voa melada logo no primeiro episódio às cenas de suruba, o sexo está intrínseco à série e é comemorado pelos fãs como se fosse um gol. A nudez masculina tem seu destaque, com a revelação do grande dote do alemão Wolfgang (Max Riemelt).

divulgação/starz

Na pele de uma acompanhante de luxo, Riley Keough brilhou em The Girlfriend Experience

Sexo glamouroso
Pelas lentes do cineasta Steven Soderbergh, The Girlfirend Experience (Fox Play) explora o mundo da prostituição de luxo de maneira elegante e sensual. A primeira temporada, com a neta do Elvis Presley, Riley Keough, como protagonista, recebeu o rótulo de "a melhor série do ano", pela prestigiada revista The New Yorker.

Assim como a brasileira O Negócio (2013-2018), Girlfriend Experience esbanja requinte nas cenas de sexo, sempre com bom gosto e alto teor erótico. E não há lugar pra gente feia e pobre no rala e rola de ambas as séries, que ocorrem em lugares chiques, seja em um hotel cinco estrelas ou em uma mansão.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com dicas de séries e filmes!

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Você gostou da escolha de Maju Coutinho para o Jornal Hoje?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook