TEM CARTA BRANCA

Novo diretor-executivo do TV Fama, Leo Dias avisa equipe: 'Sou eu que tiro e que ponho'

Reprodução/Jovem Pan

Leo Dias no programa Pânico, na rádio Jovem Pan, ao lado de Marina Mantega

Leo Dias em entrevista ao Pânico na rádio Jovem Pan; novo contratado da RedeTV! avisou que tem poder na emissora

REDAÇÃO - Publicado em 03/12/2019, às 14h38 - Atualizado às 17h49

Leo Dias deu sua primeira entrevista como contratado da RedeTV!, na tarde de terça-feira (3), ao programa Pânico na rádio Jovem Pan. O jornalista falou sobre a nova etapa de sua vida: a função de diretor-executivo do TV Fama. Ele alertou que tem carta branca para fazer qualquer mudança na atração. "Sou eu que tiro e que ponho", avisou ele.

Logo no início da entrevista, Leo Dias disse que Nelson Rubens não deve se sentir ameaçado na emissora. "Ele me mandou mensagem no Instagram. Eu nunca vou tirar o ok, ok. O ok, ok tem que ter estátua em praça pública", brincou o jornalista.

"Ele é uma instituição. Ele representa a fofoca. Não posso tirar o Nelson Rubens, que representa o atual TV Fama", explicou Dias, sem citar Flávia Noronha, que também comanda o programa.

Leo deve começar a trabalhar na RedeTV! em 15 de janeiro de 2020. Antes de terminar a entrevista no Pânico, ele avisou sua principal mudança no elenco do TV Fama. "Já sei quem é a apresentadora. Já falei com ela, e ela topou!", anunciou, sem revelar nomes.

"Ela nunca esteve apresentando na TV. Já rodou todos os programas desde Tatá Werneck a [Conversa com] Bial, tem 8 milhões de seguidores. Não vou botar ex-BBB para apresentar programa na RedeTV!. Quero fazer algo de diferente. É isso", finalizou o entrevistado. 

Sobre sua saída da emissora em sua passagem anterior, em 2016, Leo revelou que resolveu pedir demissão após não receber um aumento de R$ 1 mil. 

De retorno com total poder à RedeTV!, Leo ainda fez uma análise sobre seu perfil e o vício em drogas: "Sou o único dependente químico que está ao vivo na televisão brasileira para milhões de pessoas, e esse preço não é fácil".

Dias aproveitou para alertar os novos patrões sobre seu pagamento. Recentemente, a emissora gerou polêmica ao anunciar corte de horas extras de seus funcionários. "Não pagar o Leo Dias dá uma merda porque eu vou botar a boca no trombone", ameaçou o jornalista.

Sobre Fabíola Reipert, da Record, Leo opinou: "A Reipert cabe na Record porque ela sabe obedecer ordem. Eu não sei obedecer ordem", admitiu. Ao citar sua saída do Fofocalizando, ele analisou sua relação com os colegas da antiga emissora. "A saída do SBT foi a melhor coisa entre mim e Lívia [Andrade]. Só a Chris [Flores] se preocupava comigo. O resto estava cagando, queriam que eu morresse", desabafou.

Além disso, contou que não suportou saber de fofocas nos corredores da emissora. "Soube que um diretor de lá estava passando nota para um colunista falando mal de mim. Se um diretor da emissora não me defende... Aí, eu soube que esse mesmo diretor fez a mesma coisa com o Dudu Camargo. Aí eu disse: 'Não vou ficar'", contou.

O jornalista contou mais sobre os bastidores de sua saída da emissora. "Tentei falar com Silvio [Santos] e não consegui. Tentei falar com Silvio várias vezes ao longo do ano. Todas as vezes que eu tentei, a resposta foi não", contou.

Emílio Surita brincou que ele poderia ter encontrado o patrão no salão do cabeleireiro Jassa. "Não vou pagar esse mico. É ridículo demais ficar na porta do Jassa. Eu estudei. Eu sou profissional. Agora, uma emissora que é controlada por uma pessoa não pode. Isso me lembra Cuba, me lembra Fidel Castro", disse o entrevistado.

Leo Dias estava no SBT desde 2016. Na emissora de Silvio Santos, comandou o Fofocalizando e foi o protagonista de diversas polêmicas no programa. Após ser supenso pela direção do canal, decidiu pedir a rescisão de seu contrato na quinta-feira (27).

No dia seguinte, ele teve uma reunião com Amilcare Dallevo, presidente da RedeTV!. Encerrou o encontro com o cargo de diretor-executivo do TV Fama e contrato de seis meses. Em sua nova função, tem a missão de (e carta branca para) reformular a atração comandada por Nelson Rubens e Flávia Noronha.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O que falta para Amor de Mãe conquistar mais audiência?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook