Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NOVA CASA

Após sair da Netflix, séries da Marvel migram para catálogo do Disney+

Divulgação/Netflix

Krysten Ritter, Finn Jones, Charlie Cox e Mike Colter em cena de Os Defensores

O quarteto Krysten Ritter, Finn Jones, Charlie Cox e Mike Colter em cena de Os Defensores

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 1/3/2022 - 15h47

O Disney+ confirmou que as séries da Marvel que integravam o catálogo da Netflix vão migrar para a sua plataforma nos Estados Unidos a partir de 16 de março. Isso significa que Demolidor (2015-2018), Jessica Jones (2015-2018) e Os Defensores (2017) vão estar disponíveis ao lado de produções WandaVision (2021), Loki e Gavião Arqueiro (2021).

O serviço de streaming do Mickey anunciou que a estratégia irá valer para outros mercados, incluindo o Brasil. No entanto, a plataforma não confirmou a data oficial que o Disney+ receberá as séries ex-Netflix ao redor do mundo.

Para incluir as produções da Netflix em seu catálogo, o Disney+ irá atualizar as regras de controle parental nos EUA. A mudança é necessária já que algumas destas produções receberam indicação para maiores, enquanto outras são voltadas para o público acima de 13 anos --o serviço do Mickey é descrito como uma plataforma "para toda a família".

Esta atualização já foi realizada nos mercados europeu, africano e asiático, nos quais o Star é integrado ao Disney+ como um de seus canais --no Brasil, por exemplo, a Disney optou por lançar uma nova plataforma (Star+). A estratégia ocorreu porque o serviço integra produções do Hulu e FX voltadas para o público adulto.

De acordo com o site Deadline, houve especulações de que a Disney decidiu ampliar a gama de conteúdo no Disney+ além do entretenimento familiar como uma tentativa de manter o crescimento de clientes após a desaceleração assinaturas da plataforma relatada em novembro de 2021.

Fora das séries da Netflix, o catálogo do Disney+ nos EUA também adicionará Agentes da Shield (2013-2020), exibida por lá pela rede ABC, que também faz parte do conglomerado do Mickey Mouse. No Brasil, a atração já está disponível, assim como as duas temporadas de Agent Carter (2015-2016).

Novas séries da Marvel

Além de a Disney recuperar o controle das séries da Netflix, Kevin Feige, chefão do Marvel Studios, já indicou que existe a possibilidade de fazer reboots de alguma das atrações como Demolidor, cuja estrela Charlie Cox fez recentemente sua estreia no MCU em Homem-Aranha: Sem Volta para Casa (2021). Vincent D'Onofrio, que interpretou o vilão Wilson Fisk/Rei do Crime, deu as caras nos últimos episódios de Gavião Arqueiro.

"O Disney+ serviu como o lar de algumas das marcas mais amadas da indústria, e a adição dessas séries de ação traz mais da marca Marvel, tudo em um só lugar", disse Michael Paull, presidente de conteúdo de streamings da Disney, em comunicado oficial.

"Tivemos grande sucesso com uma oferta de conteúdo expandida no Disney+ em nossos mercados globais e estamos empolgados em continuar isso nos EUA, oferecendo aos nossos consumidores não apenas ótimo conteúdo com as novas adições da Marvel, mas também um conjunto de recursos que ajuda a assegurar uma experiência de visualização mais adequada para eles e sua família", concluiu.


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.