Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ALMA VENDIDA

Qual o pacto de Trindade em Pantanal? Demônio assusta até Irma com previsão

FOTOS: REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Gabriel Sater usa chapéu e está com expressão séria em cena como Trindade na novela Pantanal

Trindade (Gabriel Sater) contará detalhes de pacto com cramulhão para Irma (Camila Morgado)

DÉBORA LIMA

debora@noticiasdatv.com

Publicado em 21/6/2022 - 17h11

Xeréu Trindade (Gabriel Sater) fará de tudo para seduzir Irma (Camila Morgado) e passar a perna em José Lucas (Irandhir Santos) em Pantanal. O peão partirá com tudo para cima da ruiva e contará até alguns detalhes sobre o pacto que fez com o cramulhão. Ele ainda assustará a carioca com uma profecia na novela das nove da Globo.

No folhetim adaptado por Bruno Luperi, o forasteiro aceitou entregar a própria alma ao demônio com a condição de virar um grande violeiro. O interiorano ainda explicou que o inferno é um lugar muito triste, por isso, o diabo propôs de ele animar as trevas com suas músicas após a morte.

No capítulo desta terça-feira (21), a tia de Jove (Jesuita Barbosa) esbarrará em Trindade quando estiver procurando pelo ex-caminhoneiro e pedirá desculpas pelo incômodo. "Ocê nunca me atrapalha, princesa", soltará o galanteador. "Eu não sou a sua princesa!", rebaterá a feminista. "Mais eu o seu criado",  retrucará o funcionário de José Leôncio (Marcos Palmeira).

O peão começará a falar de um jeito mais estranho, e Irma se arrepiará ao perceber que o coisa-ruim é quem estará ali falando com ela. "Quando fez o trato dele comigo, o cramulhão trancô o meu coração. E falô que daria a chave nas mão d'uma princesa cum cara de anja que ia passá no meu caminho... E que eu tinha que entregá minha vida nas mãos dela... Se ela aceitasse, minha alma tava livre do trato", contará o misterioso.

A filha de Mariana (Selma Egrei) rejeitará a cantada do violeiro e dirá que não acredita no tal pacto. "Eu vou fazer de conta que não ouvi nada disso... Agora, se você me der licença", soltará Irma, tentando disfarçar o medo. "Ocêentregô tua vida nas mãos dela, Xeréu Trindade... Agora é ela quem tem que aceitá", sussurrará o endiabrado.

O que acontece com Trindade?

Quando a madame viajar para o Rio de Janeiro, o "parça" do demônio fará mais uma previsão sobre o envolvimento do galã com a desempregada. Ele assegurará a Tibério (Guito) que Irma não nutre mais sentimentos por José Lucas e partirá para o ataque.

No capítulo de 30 de junho, o personagem de Gabriel Sater aproveitará a volta da "princesa" à fazenda para se declarar. O forasteiro deixará claro todo o desejo que sente e conseguirá finalmente beijar a ruiva.

Irma, então, ficará cada vez mais encantada com o boiadeiro misterioso. Mariana, inclusive, notará os olhares intensos entre a filha e Xeréu durante mais uma roda de viola na trama. Cheio de segundas intenções, o sedutor pedirá para ficar sozinho com a amada em um barco.

Gabriel Sater e Camila Morgado em cena de Pantanal

Trindade vai engatar caso com Irma

Por que Trindade abandona Irma?

Na primeira versão da novela, exibida pela extinta Manchete (1983-1999) em 1990, Trindade era a própria encarnação do demônio e foi interpretado por Almir Sater --que no remake aparece como o chalaneiro Eugênio. Já Elaine Cristina viveu Irma.

Se o autor Bruno Luperi seguir o roteiro original do avô, Benedito Ruy Barbosa, o peão vai engravidar a primogênita dos Novaes e até morrerá de medo de o filho nascer com chifres por conta do pacto com o demônio. O "bebê-diabo" dará sinais ainda na barriga de que terá herdado os poderes sobrenaturais do pai.

A criança fará a viola tocar sozinha e assustará os peões da fazenda. Rapidamente, a fofoca correrá solta entre os pantaneiros. "Estávamos aqui eu, o Alcides [Juliano Cazarré] e o peão cramulhão. Ele tava quieto no canto dele, como se estivesse em um transe", narrará Zaquieu (Silvero Pereira).

"E, de repente, ele olhou para a viola, e ela começou a tocar sozinha. Bem na nossa frente", acrescentará Alcides. "Ele disse que era o filho dele", comentará o mordomo. "Ele disse que o menino estava tocando de dentro da barriga da dona Irma", frisará o paranaense. 

O relacionamento do músico com a madame será marcado por brigas, e o rapaz decidirá ir embora das terras de José Leôncio. Irma passará toda a gestação esperando que o amado volte para se reconciliar com ele.

Final de Trindade em Pantanal

Gabriel Sater já confessou não querer sair da novela e pediu para que o autor não dê um chá de sumiço no endiabrado. Mas, se Luperi se manter fiel à primeira versão, Trindade só retornará na hora do parto da ruiva e será o responsável por trazer sozinho o filho ao mundo.

Acostumado a viver uma vida cigana, o forasteiro pedirá para José Lucas cuidar do bebê e da "princesa". Dessa forma, o violeiro misterioso desaparecerá do Pantanal sem deixar rastros. Já a personagem de Camila Morgado terminará ao lado do primogênito de José Leôncio.

Trindade morre na novela Pantanal?

O músico não morre no folhetim, mas some durante um longo período. O desaparecimento de Trindade da história de Benedito Ruy Barbosa aconteceu porque Almir Sater foi escalado como protagonista de A História de Ana Raio e Zé Trovão (1990).

A trama foi uma aposta da Manchete para repetir o sucesso de Pantanal. À época, a emissora queria seguir na linha de mostrar "o Brasil que o Brasil não conhece" e investir em histórias rurais.


Saiba tudo sobre os próximos capítulos das novelas com o podcast Noveleiros

Ouça "#106 - Tenório faz Tadeu de otário em Pantanal!" no Spreaker.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações de Pantanal e outras novelas:


Últimas de Novela Pantanal


Resumos Semanais

Novela Pantanal: Resumo dos capítulos da novela da Globo - 12 a 20/8

Sexta, 12/8 (Capítulo 119)
Muda e Alcides perguntam a Juma se eles podem contar com ela para matar Tenório na tapera. Jove pede a Filó para avisar José Leôncio que a casa do Rio de Janeiro foi assaltada e que ... Continue lendo

Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.