Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

PRESSIONADO

Nos Tempos do Imperador: Na pior, Tonico perde a 'mamata' de deputado; saiba como

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Alexandre Nero com expressão de revolta em cena como Tonico na novela Nos Tempos do Imperador

Tonico Rocha (Alexandre Nero) será encurralado por crimes em Nos Tempos do Imperador

DÉBORA LIMA

debora@noticiasdatv.com

Publicado em 19/1/2022 - 5h00

Tonico Rocha (Alexandre Nero) está prestes a pagar por todos os seus crimes em Nos Tempos do Imperador. Alvo de investigações, o vilão será pressionado por colegas da Câmara dos Deputados para renunciar ao cargo na novela das seis da Globo. O crápula morrerá de medo de perder a "mamata" por conta do foro privilegiado, que até aqui o mantém bem longe da prisão.

No folhetim de Alessandro Marson e Thereza Falcão, as maldades do político começarão a vir à tona aos poucos. Testemunhas dos crimes reaparecerão, e provas serão encontradas nas cenas que irão ao ar a partir de 22 de janeiro.

Entre as acusações contra o mau-caráter estão: tentativa de assassinato de Nélio (João Pedro Zappa), sequestro de Mercedes, internação de Dolores (Daphne Bozaski) no hospício, mortes de Horácio Aioli (Marco Marcondes) e Nino (Raffaele Caseccio), armação da emboscada contra Pedro (Selton Mello) na guerra, e traição à pátria por conta da aliança com Solano López (Roberto Birindelli).

Ao se sentir encurralado, Tonico pensará em uma maneira de se livrar das investigações. Por acaso, o baiano verá Luísa (Mariana Ximenes) em clima de intimidade com o marido de Teresa Cristina (Leticia Sabatella) e decidirá chantagear o monarca. Ele ainda vai manipular Dominique (Guilherme Cabral) para ajudá-lo a acabar com a reputação da nobre.

Sem tempo a perder, o herdeiro de Ambrósio (Roberto Bomfim) vai invadir a casa da condessa de Barral e encontrar as cartas de amor enviadas por Pedro. O bigodudo ameaçará publicar as mensagens caso o imperador não encerre as investigações contra ele. Abusado, ainda exigirá um cargo como senador.

O pai de Leopoldina (Bruna Griphao) se negará a ceder às chantagens e reunirá várias provas dos crimes do rival. O deputado acabará sendo acusado de corrupção na Câmara, mas terá a cara de pau de pedir para José de Alencar (Alcemar Vieira) suspender as investigações contra ele.

No entanto, o escritor vai ficar chocado com as denúncias feitas por Dolores e decidirá abrir um segundo processo contra o  vilão --que já é investigado pelo senador Edney Nascimento (nome do ator não divulgado). Mesmo se vendo sem saída, Tonico se recusará a renunciar para não perder o foro privilegiado.

Além disso, o mau-caráter precisa do dinheiro das rachadinhas para compensar os gastos enormes que tem para desviar suprimentos e pagar propinas para ajudar Solano López na guerra. O traidor da pátria ainda sentirá medo de ser morto pelo ditador por conta das constantes derrotas sofridas pelo Paraguai no combate.

Nos Tempos do Imperador se passa cerca de 40 anos depois dos acontecimentos da novela Novo Mundo (2017). O folhetim terminará em 4 de fevereiro, dando lugar à exibição de Além da Ilusão, trama protagonizada por Larissa Manoela e Rafael Vitti.

Além dos spoilers, o Notícias da TV também diariamente publica os resumos da novela das seis da Globo.


Saiba tudo sobre os próximos capítulos das novelas com o podcast Noveleiros

Ouça "#88 - Ressuscita! O retorno de Nélio em Nos Tempos do Imperador" no Spreaker.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Nos Tempos do Imperador e outras novelas.


Últimas de Nos Tempos do Imperador


Resumos Semanais

Resumo da novela Nos Tempos do Imperador: Capítulos de 2 a 5/2

Quarta, 2/2 (Capítulo 153)
Tonico foge com Dominique, e Borges o observa de longe. Isabel se desculpa por ter viajado sem avisar a Teresa. Samuel e Pilar encontram Salustiano. Nélio localiza Mercedes. Tonico é perseguido durante sua fuga com Dominique ... Continue lendo

Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.