FAMÍLIA DESPEDAÇADA

Mortes, falência e solidão esperam por Lola na segunda fase de Éramos Seis

RAQUEL CUNHA/TV GLOBO

Os atores Giullia Buscacio, Danilo Mesquita, André Luiz Frambach e Nicolas Prattes em pé, caracterizados como seus personagens em Éramos Seis; e Antonio Calloni e Gloria Pires, sentados, como Júlio e Lola no remake

Retrato da família Lemos na segunda fase da novela das seis: trama avançará dez anos até a década de 1930

DANIEL FARAD - Publicado em 24/10/2019, às 05h23

Mesmo com filhos criados, Lola (Gloria Pires) terá sofrimento dobrado na segunda fase de Éramos Seis. A trama avançará dez anos e chegará até a década de 1930. A dona de casa enfrentará graves perdas, uma crise econômica sem precedentes e será até mesmo desprezada pelos seus herdeiros.

As primeiras cenas da nova etapa estão previstas para irem ao ar em 4 de novembro. O remake de Angela Chaves retratará um momento conturbado no Brasil e no mundo, que acabará afetando a vida de todos os personagens.

Uma das maiores reviravoltas na vida da família Lemos será a morte de Júlio (Antonio Calloni). O ator já havia adiantado ao Notícias da TV que faria uma participação de apenas 48 capítulos no folhetim. Os problemas financeiros e as brigas entre os filhos o adoecerão de vez.

A despedida marcará uma das principais diferenças entre a nova versão e a exibida em 1994 pelo SBT. Menos submissa do que na história anterior, Lola enfrentará o machismo da época e conseguirá sustentar a família não só com seus tricôs, mas também fazendo doces para fora. 

RAQUEL CUNHA/TV GLOBO

André Luiz Frambach, Danilo Mesquita, Giullia Buscacio e Nicolas Prattes: os herdeiros de Lola

Outra mudança está no conflito político por trás da história. Dessa vez, será abordado o golpe do Estado Novo, liderado pelo então presidente Getúlio Vargas em 1937. A produção assinada por Silvio de Abreu e Rubens Ewald Filho (1945-2019) teve como pano de fundo a Revolução Constitucionalista de 1932.

Militante, Lúcio (Jhona Burjack) será morto pela repressão política do governo, enquanto Carlos (Danilo Mesquita) será alvejado por uma bala perdida em um dos inúmeros confrontos entre manifestantes e a polícia.

Viúva e em luto por conta da morte do primogênito, Lola verá Alfredo (Nicolas Prattes) sumir no mundo ao se tornar marinheiro. Também sofrerá quando Isabel (Giullia Buscacio) deixar a residência na avenida Angélica para se casar. O único filho que restará ao seu lado será Julinho (André Luiz Frambach).

Confira o destino dos principais personagens

RAQUEL CUNHA/TV GLOBO

Nicolas Prattes será o problemático Alfredo na segunda fase de Éramos Seis: mais confusão

Alfredo (Nicolas Prattes)
O filho rebelde de Lola continuará dando dor de cabeça para os Lemos. Ele abandonará a escola, passará a frequentar noitadas e exagerará no consumo de álcool. Também se envolverá com jogos. Chegará, inclusive, a apostar o dinheiro de uma das prestações da casa na avenida Angélica em uma partida de sinuca.

Sua rixa com Carlos só piorará. Os dois terão embates constantes na segunda fase e chegarão à agressão física. Alfredo só tomará um rumo na vida quando se tornar marinheiro. Ele viajará pelo mundo em inúmeras aventuras, abandonando a mãe à própria sorte em São Paulo.

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Danilo Mesquita interpretará Carlos: o filho certinho de Lola será vítima de um triste acidente

Carlos (Danilo Mesquita)
Estudioso e esforçado, Carlos continuará sendo o orgulho da família. Passará a frequentar a faculdade de Medicina e será considerado um dos melhores alunos da instituição. O destino, contudo, lhe pregará um peça. Com a morte de Júlio, ele precisará dar uma pausa nos estudos para ajudar Lola no sustento da casa.

Também não terá muita sorte no amor. Ele sofrerá com a ausência de Inês (Carol Macedo), que terá partido para a Europa ao lado de Shirley (Barbara Reis) e João Aranha (Caco Ciocler). Quando a jovem finalmente voltar ao Brasil, encontrará o rapaz de casamento marcado com outra. 

RAQUEL CUNHA/TV GLOBO

André Luiz Frambach entra na nova etapa como Julinho, o único filho a ficar ao lado de Lola

Julinho (André Luiz Frambach)
Mulherengo, Julinho se envolverá com Lili (Triz Paris), a filha de sua vizinha Genu (Kelzy Ecard), mas acabará a trocando por Soraya (Rayssa Bratillieri).

Ele se aproximará da herdeira de Assad (Werner Schünemann) de olho na loja de tecidos, porém, acabará se apaixonando completamente pela jovem. Apesar do caráter dúbio, ficará até o fim ao lado da personagem de Gloria Pires.

raquel cunha/tv globo

Giullia Buscacio será Isabel na década de 1930: uma tragédia marcará a vida da personagem

Isabel (Giullia Buscacio)
A filha preferida de Júlio crescerá mimada e cheias de caprichos. Desprezará Soraya por tê-la importunado na infância e fará de tudo para separá-la de Julinho. Cortejada por Lúcio, não dará a mínima para o vizinho e o considerará apenas um amigo.

Ela sofrerá bastante, entretanto, quando o herdeiro de Virgulino (Kiko Mascarenhas) morrer por conta de seu envolvimento na conturbada política brasileira.

RAQUEL CUNHA/TV GLOBO

Almeida (Ricardo Pereira) e Clotilde (Simone Spoladore): separados pelo peso do preconceito

Clotilde e Almeida
Por não aceitar que Almeida (Ricardo Pereira) já era casado, Clotilde (Simone Spoladore) o rejeitará. Ela jurará nunca mais voltar a São Paulo para não encontrá-lo. Acabará ficando para titia e passará a dar aulas de catecismo em Itapetininga. Carola e encalhada, morará de favor na casa de Olga (Maria Eduarda de Carvalho).

Abandonado, Almeida não ficará à espera de Clotilde. Ele se amigará com uma nova mulher e terá dois filhos. O vendedor continuará trabalhando na loja de tecidos.

RAQUEL CUNHA/TV GLOBO

Olga (Maria Eduardo de Carvalho) e Zeca (Eduardo Sterblitch): casamento com quatro filhos

Olga e Zeca
A filha mais nova de Maria (Denise Weinberg) conseguirá realizar o sonho de se casar com um homem rico, já que Zeca (Eduardo Sterblitch) passará a trabalhar para Emília (Susana Vieira). Eles morarão em um casarão em Itapetininga e viverão às turras, como sempre.

Olga estará grávida do quarto herdeiro no início da segunda fase, já que o casal terá três filhos nesses dez anos: Emiliana (Duda Batista), Maria Emília (Marjorie Queiroz) e Tavinho (Miguel Galhardo).

RAQUEL CUNHA/ TV GLOBO

Julia Stockler e Susana Vieira em Éramos Seis: relação entre mãe e filha azedará de uma vez

Emília e Justina 
Com o passar do tempo, os distúrbios mentais de Justina (Julia Stockler) piorarão com os maus-tratos de Emília. A tia de Lola chegará a internar a filha em uma instituição psiquiátrica. 

A milionária ainda terá embates frequentes com a outra herdeira, Adelaide (Joana de Verona). A jovem voltará da Europa com ideias progressistas e feministas. Ela tentará ajudar a irmã a superar um antigo trauma.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações exclusivas de Éramos Seis e de outras novelas!

Últimas de Éramos Seis

Resumos semanais

Resumo da novela Éramos Seis: Capítulos de 20 de janeiro a 1º de fevereiro

Segunda, 20/1 (Capítulo 96)
Lola pede para Julinho conversar com Lili antes de viajar. Lili pede para que o namorado firme um compromisso com ela antes de viajar. Karine incentiva a ida de Julinho para o Rio de Janeiro ... Continue lendo

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

O que você mais quer ver no BBB20?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook