CHEGA DE MOCINHOS

Com medo de se repetir, Nicolas Prattes pediu para trocar de papel em Éramos Seis

Cesar Alves/TV Globo

Nicolas Prattes na festa de lançamento da novela Éramos Seis no Rio de Janeiro

Nicolas Prattes está no elenco da nova novela das seis; o ator batalhou para fugir do quarto mocinho

DANIEL FARAD, do Rio de Janeiro - Publicado em 27/09/2019, às 05h23

Nicolas Prattes levou três meses para convencer a direção da Globo a lhe dar o papel mais "suado" de sua carreira em Éramos Seis. No início da produção, o ator foi escalado para viver o bom-moço Carlos na nova novela global das seis. Com medo de se repetir, e encarar mais um mocinho, pediu para trocar de personagem e conseguiu.

No remake da trama clássica, Prattes será Alfredo, o filho mais arredio de Dona Lola (Gloria Pires), quebrando uma sequência de três protagonistas seguidos na emissora. "O público tinha acabado de me ver como o Samuca de O Tempo Não Para em janeiro, queria fazer alguma coisa diferente", revela ele ao Notícias da TV.

O ator de 22 anos decidiu pedir o personagem mais rebelde ao diretor artístico Carlos Araújo depois de virar noites assistindo à versão produzida pelo SBT em 1994. Levou um "não", passou meses se preparando para interpretar Carlos e chegou a se resignar com a decisão do canal carioca.

"Nunca tinha morrido em novela e sempre quis, então tudo bem", dispara ele, indicando que Angela Chaves não mexerá no texto de Silvio de Abreu e matará o primogênito de Lola durante a história.

Tudo mudou quando recebeu um telefonema de Araújo. "Estava estudando para o Carlos, mas sonhando com o Alfredo quando ele me ligou pedindo para mudar de papel. Não acreditei, foi o personagem que mais pedi para fazer", relembra.

Comparações

Prattes não se importou em deixar o posto de protagonista pela chance de fazer um tipo que ainda não tinha interpretado na TV. "Não existe papel pequeno, existe ator pequeno. O ator faz o tamanho do papel", pondera o jovem, que também não se preocupa com possíveis comparações entre as versões de Éramos Seis.

"O nosso desafio é adaptar essa história que já foi contada cinco vezes na televisão para as pessoas de hoje em dia, fazê-las se apaixonarem por essa história", pondera.

Mesmo se não conquistar o público, Nicolas terá realizado pelo menos o sonho de uma telespectadora, a avó materna Maria. "Ela me diz de pequeno que eu tinha de ser ator para fazer uma novela de época e, enfim, eu consegui", orgulha-se.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações exclusivas de Éramos Seis e de outras novelas!

Últimas de Éramos Seis

Resumos semanais

Resumo da novela Éramos Seis: Capítulos de 24 a 27 de março

Terça, 24/3 (Capítulo 151)
Isabel comemora a presença de Lola. Inês teme a proximidade de Lola e Leon. Olga e Zeca se preparam para sua viagem de navio. Lola se sente desconfortável na casa de Isabel e Felício, e ... Continue lendo

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual reprise da Globo você mais quer ver?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook