Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

QUEIXO CAÍDO

Éramos Seis: Carlos desvenda segredo por trás das dívidas de Júlio; saiba qual

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O ator Danilo Mesquita olha para o lado esquerdo caracterizado como o Carlos em Cena de Éramos Seis, com uma blusa de mangas longas e um colete marrom

Carlos (Danilo Mesquita) em cena do remake de Angela Chaves: estudante ficará chocado com revelação

DANIEL FARAD

Publicado em 18/12/2019 - 5h04

Depois de renegar o próprio pai, Carlos (Danilo Mesquita) queimará a língua ao descobrir o motivo de Júlio (Antonio Calloni) ter contraído tantas dívidas em Éramos Seis. O filho de Lola (Gloria Pires) vai ficar de queixo caído ao saber que o vendedor de tecidos se enrolou para comprar os seus livros da faculdade.

Mesmo morto e enterrado, o comerciante continuará dando trabalho para a família com outro empréstimo feito às escondidas. O irmão de Alfredo (Nicolas Prattes) chegará a amaldiçoar o nome do patriarca ao receber mais uma cobrança do banco.

O estudante não conseguirá esconder sua frustração diante do débito. "Estou chocado. Difícil aceitar! Por que o papai fez isso com a gente? São dívidas e mais dívidas! É inadmissível. Ele podia ter avisado quando ficou doente, tinha que ter nos preparado. Maldito pai que tivemos", reclamará o personagem de Danilo Mesquita.

A dona de casa exigirá que o filho mais velho respeite a memória do negociante. "Algum motivo ele teve. Não adianta julgar seu pai agora, Carlos. Logo você. Vamos ter que tirar mais essa pedra do caminho. Não tem jeito", falará a mãe de Julinho (André Luiz Frambach).

Verdade revelada

Lola precisará abrir mão do fogão novo que comprou para dar conta de suas encomendas de doces caseiros. Ao recuperar o dinheiro que deu como entrada no forno, a viúva pedirá que Carlos vá até o banco se livrar da dívida de uma vez por todas. "É tudo o que mais quero, pagar as extravagâncias de meu pai", debochará o amigo de Marcelo (Guilherme Ferraz).

Com o recibo em mãos, ele perguntará ao atendente se é possível saber a origem do empréstimo. "Aqui no canhoto da promissória consta que foi um crédito feito em uma livraria. Para compra de livros universitários de Medicina", responderá o bancário, deixando o rapaz em estado de choque.

Ele se sentirá culpado após descobrir que o mercador, na verdade, se endividou para realizar o sonho de vê-lo formado médico. "E eu falando mal, achando que era por conta de diversão, bebida. Fui tão injusto, chamei ele de maldito, maldito", choramingará o namorado de Inês (Carol Macedo).

Envergonhado, o garoto confessará toda a verdade para mãe. "Não se culpe tanto. Todos nós fizemos mal juízo do Júlio", consolará a personagem de Gloria Pires em cena que será exibida no próximo dia 31 no remake de Angela Chaves.


Além de acompanhar o resumo de Éramos Seis aqui no site, inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em outras novelas.

Últimas de Éramos Seis


Resumos Semanais

Resumo da novela Éramos Seis: Capítulos de 24 a 27 de março

Terça, 24/3 (Capítulo 151)
Isabel comemora a presença de Lola. Inês teme a proximidade de Lola e Leon. Olga e Zeca se preparam para sua viagem de navio. Lola se sente desconfortável na casa de Isabel e Felício, e comunica ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Você gostou de Tadeu Schmidt no comando do BBB22?

Web Stories

+
Final de Malhação na Globo tem sequestro, incêndio e final feliz; saiba tudoPor que Ludmilla e Anitta brigaram? Entenda a treta que respingou no BBB 22BBB22: Cinco vezes em que Naiara Azevedo atraiu o ranço do público na primeira semanaFaustão na Band abala concorrentes com ibope histórico e equipe provoca RecordAntes da estreia, BBB22 já rendeu treta entre famosos, tentativa de redenção e mais

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas