Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
X
Instagram
Youtube
TikTok

ELENCO CONSAGRADO

Deixaram saudade: Relembre os atores de Renascer que já morreram

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Montagem com fotos de José Wilker e Regina Dourado em Renascer

José Wilker e Regina Dourado em Renascer; atores da primeira versão da novela deixaram saudade

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 20/1/2024 - 10h05

A novela Renascer estará de volta à Globo a partir desta segunda (22), numa nova edição. A versão original da trama foi ao ar em 1993, e alguns atores consagrados que fizeram parte do elenco não estão mais vivos. Entre eles, José Wilker (1944-2014), Chica Xavier (1932-2020), Regina Dourado (1952-2012) e Leila Lopes (1959-2009).

José Wilker interpretou um dos personagens mais marcantes de Renascer: o coronel Belarmino, vilão da primeira fase da trama. Inimigo de José Inocêncio (Leonardo Vieira/Antonio Fagundes), ele tenta tirar as terras do rival.

Ator, diretor, dramaturgo e crítico de cinema, Wilker trabalhou em mais de 30 novelas e minisséries na Globo, como Anjo Mau (1976), Gabriela (nas versões de 1975 e de 2012), Roque Santeiro (1985), O Salvador da Pátria (1989) e Senhora do Destino (2004). Seu último trabalho foi em Amor à Vida (2013). José Wilker morreu em abril de 2014, aos 69 anos, vítima de infarto fulminante enquanto dormia.

Chica Xavier interpretou Inácia, empregada da casa de José Inocêncio que ajuda a criar todos os filhos dele. Chica foi uma consagrada ialorixá, produtora e atriz. Na Globo, atuou e se destacou em novelas como Saramandaia (1976), Sinhá Moça (1986), Dancin' Days (1978), Renascer (1993) e Força de um Desejo (1999), por exemplo.

Ela foi casada com Clementino Kelé, que também atuou em Renascer, no papel de Jarbas. Chica morreu em 2020, vítima de câncer de pulmão.

Confira outros atores da primeira versão de Renascer que não estão mais entre nós:

Regina Dourado

Regina Dourado se destacou no papel de Morena, mulher de Deocleciano (Robeto Bonfim). A personagem sofria por não conseguir ser mãe. A atriz fez várias novelas de sucesso na Globo, como Pai Herói (1979), Explode Coração (1995), Anjo Mau (1997) e América (2005). Regina morreu em 2012, após travar uma batalha de anos contra um câncer de mama que teve metástase. Ela não resistiu a uma parada cardíaca.

divulgação/tv globo

Luis Carlos Arutin como o Rachid em Renascer

Luis Carlos Arutin

Luis Carlos Arutin (1933-1996) trabalhou em novelas e minisséries da Globo entre 1971 e 1994. Em Renascer, ele se destacou no papel de um mascate, o turco Rachid --que na verdade era libanês--, amigo de José Inocêncio. Seu último trabalho na TV foi no SBT, em As Pupilas do Senhor Reitor (1995).

O ator teve morte trágica: aos 62 anos, foi vítima de um incêndio que destruiu seu apartamento no Rio de Janeiro, onde morava com a mulher e um filho. O artista mandou os familiares saírem do local e se salvarem, mas ele não teve a mesma sorte. Arutin desmaiou e morreu asfixiado.

Leila Lopes

Leila Lopes estourou na TV no papel da professorinha Lu em Renascer. Em seguida, ganhou status de símbolo sexual em O Rei do Gado, por causa de sua personagem Suzane, amante de Ralf (Oscar Magrini).

A atriz teve dificuldades para conseguir papéis de destaque após a novela rural. Ela enfrentou uma grave depressão nos anos seguintes. Leila Lopes tirou a própria vida e foi encontrada morta em 2009, em sua casa, em São Paulo.

Nelson Xavier

Intérprete de Norberto, dono da venda onde todos paravam para um dedo de prosa em Renascer, Nelson Xavier (1941-2017) se despediu do público em 2017, aos 75 anos, quando estava no ar na segunda reprise de Senhora do Destino (2004). Vítima de câncer, o ator deu vida a Sebastião na novela de Aguinaldo Silva. Seu último papel na TV foi uma participação na novela Babilônia (2015).

Grande Otelo

Outro ator consagrado que fez parte do elenco de Renascer foi Grande Otelo (1915-1993). Ele teve uma participação de luxo na novela, no papel de Francisco Cunha. Ator, cantor, produtor e compositor, Otelo fez carreira no teatro de revista e em de filmes de comédia entre os anos 1940 e 1960. Na Globo, fez novelas e programas como Escolinha do Professor Raimundo (1990-1993). Renascer foi seu último trabalho.

O artista estava viajando para Nantes, no interior da França, onde receberia uma homenagem num festival de cinema, quando sofreu um infarto fulminante. Ele morreu em Paris, aos 78 anos.

divulgação/tv globo

Jofre Soares como padre Santo em Renascer

Jofre Soares

Jofre Soares (1918-1996) interpretou o padre Santo, que atendia aos fiéis das fazendas. O ator fez dezenas de filmes e foi um dos grandes nomes do cinema nacional. Na TV, atuou em novelas como Paraíso (1982) e Pantanal (1990). Ele morreu em 1996, vítima de leucemia.

Gésio Amadeu

Ele interpretou Jupará, braço direito de Deocleciano em Renascer. Gésio Amadeu (1947-2020) teve mais de 50 anos de carreira e se destacou como o chef Chico, de Chiquititas (1997), no SBT. O artista também atuou em várias novelas da Globo, como A Viagem (1994), Sinha Moça (2006) e Velho Chico (2016). Amadeu foi internado em 2020 com Covid-19 e, no hospital, teve complicações. Ele morreu em decorrência de falência múltipla dos órgãos.

Cecil Thiré

Em Renascer, Cecil Thiré (1943-2020) fez uma participação especial como o delegado Olavo. O ator, que ficou ainda mais famoso após ser revelado como o serial killer de A Próxima Vítima (1995), lutou durante anos contra a doença de Parkinson. Em outubro de 2020, ele não resistiu a complicações e morreu em sua casa.


Resumos Semanais

Resumo de Renascer: Capítulos da semana da novela da Globo - 18/7 e 3/8

Quinta, 18/7 (Capítulo 154)
José Inocêncio pede perdão a João Pedro, mas diz a Deocleciano que sente que perdeu o filho para sempre. José Inocêncio manda Bento chamar Kika para que ela venha até a fazenda. Delegado Nórcia interroga Marçal ... Continue lendo

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.