Crime sem castigo

De atropelamento a assassinato: os crimes esquecidos de O Outro Lado do Paraíso

Fotos: Reprodução/TV Globo

Josafá (Lima Duarte) teve casa incendiada por vilã na primeira fase da novela das nove - Fotos: Reprodução/TV Globo

Josafá (Lima Duarte) teve casa incendiada por vilã na primeira fase da novela das nove

REDAÇÃO - Publicado em 09/05/2018, às 05h12

A grande criminosa de O Outro Lado do Paraíso será condenada por três assassinatos e uma tentativa de homicídio. Em vez de cadeia, Sophia (Marieta Severo) será confinada em um manicômio pelo resto da vida. Só que outros crimes da megera foram esquecidos, assim como personagens desonestos terminarão a novela impunes.

A lista de crimes esquecidos tem três assassinatos, um atropelamento e um incêndio intencional, corrupção com malas de dinheiro e racismo, além de conduta imoral e antiética.

Alguns criminosos receberam perdão, mesmo sem Clara (Bianca Bin) se vingar deles, como é o caso de Lívia (Grazi Massafera). Confira como a novela de Walcyr Carrasco sofre de falta de memória na hora de punir e castigar:

Vinícius (Flávio Tolezani) foi morto na cadeia; mais um crime de Sophia (Marieta Severo) 

Assassinatos de Beatriz, de Vinícius e de um caminhoneiro
Quando era jovem, Sophia fez sua primeira vítima a tesouradas, um amante que se chamava Agenor. Na trama, Caetana (Laura Cardoso) sempre falou que esse crime preescreveu. Um a menos para a ficha da serial killer. Mesmo assim, as contas que ela acertará com a Justiça não estão certas.

Na primeira fase da trama, a Mãos de Tesoura queria tirar Josafá (Lima Duarte) do caminho para montar o garimpo de esmeraldas. Ela, então, contratou Rato (Cesar Ferrario) para se livrar do avô de Clara (Bianca Bin). Só que quem morreu no lugar dele foi o caminhoneiro Everton (Ravel Cabral). 

Outro personagem que a megera mandou matar foi o delegado Vinícius (Flávio Tolezani). Ela pagou propina para o diretor do presídio e para carcereiros facilitarem a bárbarie que o público viu acontecer assim que o pedófilo foi preso.

Beatriz (Nathalia Timberg) foi morta por Renato (Rafael Cardoso) só para que o médico tentasse eliminar Clara. Sophia também estava por trás da ação do mau-caráter no hospício. O assassinato, inclusive, foi confessado pelo vilão, que morrerá no capítulo desta quarta (9) levando o crime para o túmulo.

Sophia (Marieta Severo) e seus capangas atearam fogo no casebre de Josafá (Lima Duarte)

Incêndio criminoso
A maldade de Sophia nunca teve limite. No começo da trama, depois de conseguir trancar a ex-nora no hospício, ela expulsou Josafá de sua casa e queimou seu casebre sem dó nem piedade. O embate encenado por Marieta Severo e Lima Duarte foi um dos melhores da novela.

Porém, esse crime também foi jogado para debaixo do tapete. A única punição foi a cusparada que Josafá deu na cara da malvada. Ele só não acabou morto nessa briga porque ouviu a voz de Mercedes (Fernanda Montenegro) pedindo para seguir para sua casa em paz. "Tudo pelas terras. Tudo pelas malditas esmeraldas", esbravejou o senhor, que depois quase morreu de tristeza.

Bruno (Caio Paduan) e Raquel (Erika Januza) na cena do atropelamento criminoso

Atropelamento criminoso
Nem a juíza da história quis fazer justiça. Tão honesta, Raquel (Erika Januza) nem desconfiou de que foi vítima de um acidente criminoso. Mesmo namorando um delegado, nada foi investigado sobre seu acidente. Nunca foram sequer atrás do motorista que fugiu sem prestar socorro.

Clara, PatricK (Thiago Fragoso) e Beth (Gloria Pires) até cogitaram que Raquel foi vítima de um plano de Sophia para ela não julgar o processo da guarda de Tomaz (Vitor Figueiredo). A audiência acabou "caindo no colo" de Gustavo (Luis Melo). Mas os três também não fizeram nada para denunciar o crime que quase deixou a juíza em uma cadeira de rodas. 

Nádia (Eliane Giardini) e Gustavo (Luis Melo) aproveitaram malas de dinheiro de corrupção

Dinheiro na calcinha e no sutiã
Nádia (Eliane Giardini) transportou dinheiro na bolsa, no vestido, na calcinha e no sutiã mais de uma vez. Ela teve até diarréia de propina escorrendo pelas suas pernas. Sem dúvida, a dona do salão e seu marido foram os mais corruptíveis da novela. Foram várias malas de dinheiro até Clara se vingar do juiz e conseguir que ele fosse julgado por explorar a prostituição. 

Os dois não pagaram nem pela desonestidade nem pelas injúrias raciais que cometeram contra Raquel em O Outro Lado do Paraíso. Apesar do perdão que a personagem de Eliane Giardini ganhou após reconhecer que a cor da pele de uma pessoa não faz diferença, as barbaridades cometidas por ela mereciam ser punidas.

A própria atriz queria ver Nádia na cadeia. "É como estar na pele de um bandido", disse Eliane Giardini sobre o seu papel ao Notícias da TV

Lívia (Grazi Massafera) dopou a cunhada e fez sobrinho acreditar que foi abandonado 

Drogas e alienação parental
Na primeira fase da trama, Lívia foi a grande aliada de Sophia. As duas podem ter rompido a relação porque passaram a dividir o mesmo homem, mas foi a patricinha quem dopou a mocinha para que ela parecesse louca. Colocar drogas na bebida de alguém é uma conduta imoral e antiética.

Samuel (Eriberto Leão), que também participou disso, deveria perder o direito de exercer a Medicina. Apesar de entrar no golpe de Sophia por ter sido chantageado, o psiquiatra tirou vantagem também. Para quem não lembra, ele lançou um livro patrocionado pela Mãos de Tesoura.

A ex-ninfomaníaca, além de cometer esse crime, fez alienação parental. Até a semana passada, ela mentia para Tomaz, o filho que roubou de Clara, para que o menino continuasse achando que foi abandonado pela mãe biológica quando era bebê. 


Confira cinco reportagens especiais sobre O Outro Lado do Paraíso:

De mimada a 'bicha pão com ovo': os sete mais odiados de O Outro Lado
Clara rejeitada e prisão de pedófilo levaram fãs da novela à loucura
De mocinha sem sexo a pacto com a morte: o fantástico mundo de Walcyr Carrasco
'A primeira tesourada é inesquecível', diz atriz que interpretou vilã da trama
Chega de achincalhar: cinco vezes em que O Outro Lado arrasou

Últimas de O Outro Lado do Paraíso

Outras novelas

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Com quem Maria da Paz deve ficar em A Dona do Pedaço?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook