GUILHERME CHELUCCI

Ex-Tarzan da Globo vira Satanás na Record: 'Rezo muito antes de gravar'

MUNIR CHATAK/RECORD TV

O ator Guilherme Chelucci no set de Apocalipse, novela da Record, caracterizado como Satanás - MUNIR CHATAK/RECORD TV

O ator Guilherme Chelucci no set de Apocalipse, novela da Record, caracterizado como Satanás

GABRIEL PERLINE - Publicado em 08/05/2018, às 04h56

Guilherme Chelucci leva três horas para se transformar no Satanás de Apocalipse, novela da Record. Enquanto a equipe de caracterização lhe aplica as próteses, maquiagem e tintura corporal, ele fica em silêncio, rezando e pedindo proteção para entrar em cena. "Creio em Deus e sigo a Doutrina Espírita. Sou totalmente o oposto ao Satanás. Sou da luz, paz e amor. Por isso eu rezo muito antes de gravar", diz ao Notícias da TV.

"Quando estou me maquiando eu faço minha oração pedindo proteção, agradecendo por este trabalho. Como é um trabalho que mexe muito com o lado espiritual, peço muita proteção. E sempre antes de começar a gravar eu peço proteção para o meu anjo da guarda. E depois eu encaro Satanás", comenta.

Antes de dar vida ao capiroto na novela da Record, o ator interpretou Tarzan em Haja Coração (2016), na Globo. O personagem não era o mesmo rei da selva da animação da Disney, mas carregava inúmeras referências: um homem bruto, que vivia numa ilha deserta na companhia de um animal (no caso dele, uma cabra) e andava com uma tanga de folhas protegendo as partes íntimas.

Chelucci em cena como Epaminondas, o Tarzan de Haja Coração (Foto: João Miguel Junior/TV Globo)

Ele resgatou Teodora Abdala (Grace Gianoukas), vítima da explosão de um helicóptero. Ao acordar e se deparar com Epaminondas (nome real do personagem de Chelucci) seminu, ela o apelidou de Tarzan e o obrigou a chamá-la de Jane. A parceria da dupla surtiu efeito positivo à trama e eles protagonizaram um spin-off, exibido na Globoplay, que mostrou o dia a dia do casal antes de serem resgatados e levados à civilização.

"É engraçado ter interpretado Tarzan e agora o Satanás, porque ele são os opostos. O Tarzan era um personagem ingênuo, um pescador que cresceu numa ilha deserta e não tinha contato com seres humanos. E Satanás é a maldade em pessoa, articulador. É divertido, porque é legal você fazer o mal na ficção", avalia o ator.

E por falar em maldade, Satanás se fará mais presente na reta final de Apocalipse. Sua primeira aparição ocorreu no capítulo do dia 16 de abril, quando Ricardo (Sérgio Marone) levou dois tiros durante uma carreata. Uma das balas o acertou em seu olho direito e a outra, o peito. Antes de morrer, ele olhou para trás e viu Satanás de asas abertas, como se estivesse pronto para abraçá-lo.

Quatro dias depois, no capítulo exibido no dia 19, o anticristo ressuscitou com a ajuda do demônio. Stefano Nicolazzi (Flávio Galvão), o falso profeta, se ajoelhou diante de Ricardo e juntos eles formaram a trindade satânica.

Guilherme Chelucci durante a caracterização de Satanás (Foto: Divulgação/Record TV)

"Recebo muitas mensagens de quem assiste a novela, pessoas me mandam mensagens com orações, pedindo para eu rezar, porque as pessoas ficam assustadas, mandam eu ter cuidado. Acho engraçado, porque eu não tenho nada a ver com o Satanás, eu encaro isso de uma maneira superprofissional, um trabalho como qualquer outro. É claro que tem toda essa carga negativa, mas acho que ela vem mais da visão das pessoas", avalia.

A transformação de Chelucci em Satanás não impressiona somente os fãs da novela, mas também os atores do elenco. Alguns chegam a desviar o olhar quando ele entra no set.

"É engraçado porque quando chego no refeitório, os atores estão almoçando e eu cumprimento. O povo dá risada, toma um susto, mas é de uma forma leve, bem tranquilo. Quando eu chego no set, muitos figurantes se assustam, não conseguem olhar na minha cara. A lente vermelha dos meus olhos impressionam, causam um impacto", afirma.

O personagem também estará presente em Jesus, novela que substituirá Apocalipse. Na trama de Paula Richard, quem dará vida a Satanás será a atriz Mayana Moura, conhecida pelos trabalhos que realizou na Globo nos últimos 12 anos.

Ela também passará por um intenso processo de caracterização, já que o objetivo da equipe criativa da novela é dar à personagem um tom realista e evitar o uso de efeitos especiais.

Últimas de Apocalipse

Outras novelas

Leia também

 

+ Lidas

Enquete

O novo Vídeo Show tem chance de sucesso?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook