Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ELIZÂNGELA

Atriz de A Força do Querer faz autocrítica na pandemia: 'Briguei comigo mesma'

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz Elizângela olha para a direita com expressão de surpresa caracterizada como a Aurora em cena de A Força do Querer

Elizângela interpreta Aurora em A Força do Querer; atriz viveu drama por trás das câmeras

DANIEL FARAD, do Rio de Janeiro

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 30/9/2020 - 7h05

A pandemia de coronavírus (Covid-19) obrigou Elizângela a se trancar em sua casa na região serrana do Rio de Janeiro. Intérprete de Aurora em A Força do Querer, a atriz estava acostumada a morar sozinha, mas não à completa solidão. Os meses de quarentena a levaram a bater boca com a televisão e até mesmo com o espelho. "Já briguei comigo mesma alguma vezes", entrega.

Ela não sentiu tanto os primeiros dias de isolamento social, já que prefere se manter afastada do caos urbano da capital fluminense. "Eu moro longe mesmo, estou acostumada mais a falar com as pessoas por aplicativo de mensagem e chamada de vídeo do que propriamente estar junto com elas", conta a veterana ao Notícias da TV.

Com a prolongação da quarentena, e os números cada vez mais altos de mortos e infectados no Brasil, a artista começou a sentir falta de contato humano para valer. "O quintal e a casa são grandes e estão vazios há muito tempo. O ruim é não poder se reunir a qualquer momento com os amigos e a família", lamenta.

Ela revela que o silêncio e a calmaria constantes a levaram a um processo de autocrítica. "A gente se pega brigando com a televisão e, quando vê, já está discutindo com você mesma (risos). Algumas vezes eu não sei nem que dia é hoje, parece que estamos em Marte", dispara.

Chave de cadeia

Com a reprise da novela de Gloria Perez, Elizângela vai relembrar a época em que podia se aglomerar nos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro, para bater boca com outras pessoas --no caso, com Emilio Dantas. A avó de Dedé (João Bravo) sempre torceu o nariz para o genro Rubinho, que se mostraria um tremendo bandido com o passar dos capítulos.

"Eu acho sim que existe gente que fica cega de amor, mas o meu olhar é de que a Bibi [Juliana Paes] fez uma escolha. Ela quis estar e viver com aquele homem, apesar de ele ser um bandido. Só eu sei de todas as vezes que Aurora tentou alertar a filha, mas ela preferiu passar pano para o marido", justifica.

A cena mais difícil, inclusive, foi quando a matriarca descobriu que a personagem de Juliana Paes tinha sido presa. "Eu cheguei sem saber como fazer, com medo de bater forte nela, mas o resultado foi tão bom que eu nem sei explicar o que aconteceu", rememora.

Em tom de brincadeira, ela diz que só conseguiu completar a sequência graças a um empurrão sobrenatural. "A Aurora baixava em mim igual um encosto, as emoções vinham e fluíam. Eu sou muito visceral, preciso sentir. Eu até apelo para a técnica, mas prefiro mesmo é quando tem sentimento", arremata a atriz de 65 anos.


Inscreva-se no canal do Notícias da TVno YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em A Força do Querer e outras novelas.

Prêmio NTV Melhores do ano


Últimas de A Força do Querer


Resumos Semanais

Resumo da novela A Força do Querer: Capítulos de 12 a 13 de março

Sexta, 12/3 (Capítulo 149)
Silvana começa a tratar sua compulsão. Zeca é levado por correnteza de rio, e Ruy tenta salvá-lo. Zeca e Ruy reencontram o índio misterioso do passado. Zeca e Ruy vão juntos atrás de Ritinha. Bibi é solta ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Quem foi o(a) melhor jornalista/comentarista esportivo do ano?

Web Stories

+
Mansão nova, presença VIP e publis: Saiba tudo sobre a carreira de Deolane BezerraÚltima temporada de La Casa de Papel: Após o fim, série já tem spin-off confirmadoFicção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabemJuan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do ator

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas