Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

SILVERO PEREIRA

Ator de A Força do Querer batalha para mudar título de cena no Globoplay

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O ator Silvero Pereira caracterizado como Elis Miranda em cena de A Força do Querer com os punhos em riste e boca sangrando enquanto se defende de um homem vestido de azul, que aparece de costas à direita

Elis (Silvero Pereira) se defende de homofóbicos em A Força do Querer: cena reentitulada no Globoplay

DANIEL FARAD

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 19/9/2020 - 7h05

Silvero Pereira se orgulha de não ter deixado seus anos de militância no teatro para trás ao estrear na televisão. Intérprete da travesti Elis em A Força do Querer, o ator não teve medo de se posicionar nos bastidores e sempre teve boa parte de suas reivindicações atendidas --a seu pedido, até o título de uma cena da novela das nove no Globoplay foi alterado.

O artista e a sua colega de cena Mariana Xavier procuraram os responsáveis pelo serviço de streaming ao verem que a sequência em que a travesti era atacada na rua tinha sido nomeada como "Nonato se envolve em confusão". Os dois solicitaram que os dados deixassem claro que a agressão não foi gratuita, já que se tratava de violência contra os LGBTQ+.

"Essa cena não podia ser chamada daquele jeito. Nós pedimos para que o título fosse substituído para 'Elis Miranda sofre homofobia' e fomos acolhidos", explica Silvero em entrevista ao Notícias da TV.

Ele, no entanto, avalia que não houve um erro por parte da plataforma, mas sim um avanço geral no debate sobre as questões de gênero desde que a produção de Gloria Perez estreou em 2017. O público, agora, estaria pronto para "dar nome aos bois".

"Nesses últimos três anos, a gente cresceu muito em diversas discussões, e o folhetim tem pautas muito necessárias além da identidade de gênero. Fica claro que a gente começou a entendê-los melhor porque também fomos levados a nos reeducar e repensar [os preconceitos]", pondera o cearense.

Troca de figurinhas

O intérprete foi uma aposta da própria Gloria, que o convidou para integrar o elenco após assisti-lo na peça BR-Trans em 2016. O drama da travesti que se escondia por trás da figura masculina Nonato para não perder o emprego de motorista de Eurico (Humberto Martins), um empresário machista e conservador, caiu no gosto do público.

A novelista também o deixou bem à vontade para contribuir com a criação do papel e acatou diversas de suas sugestões --incluindo uma mudança significativa no figurino.

"O ator também tem o papel de criar, não é só aceitar o que jogam para cima da gente. Quando eu vi o guarda-roupa da Elis, achei estranho que só tinha animal print, brilho e lantejoula. A gente conversou e, em seguida, chegou outra proposta que mostrou a personagem como uma mulher tão igual quanto qualquer outra", arremata Pereira.


Últimas de A Força do Querer


Resumos Semanais

Resumo da novela A Força do Querer: Capítulos de 27 de fevereiro a 13 de março

Sábado, 27/2 (Capítulo 138)
Ivan é socorrido e transeuntes avisam a Joyce e Eugênio. Marilda fala com Ritinha sobre o sucesso de seu vídeo. Joyce se desespera ao ver o estado do filho. Bibi descobre que Kikito não sabe onde ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?