Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

TESTE DE DNA

Em Flor do Caribe, Cassiano surta com traição de Ester: 'Samuca é meu filho'

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O ator Henri Castelli caracterizado como o Cassiano em cena de Flor do Caribe

Henri Castelli interpreta Cassiano em Flor do Caribe; militar voltará da Guatemala após sete anos

DANIEL FARAD

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 19/9/2020 - 5h04

Cassiano (Henri Castelli) se sentirá apunhalado pelas costas ao descobrir que Ester (Grazi Massafera) aceitou que Alberto (Igor Rickli) registrasse Samuca (Vitor Figueiredo) como seu herdeiro em Flor do Caribe. Com sangue nos olhos, o piloto de avião não descansará enquanto não tirar o menino dos braços do rival na novela das seis.

O aeronauta voltará para Vila dos Ventos depois de passar sete anos como escravo nas minas de diamante de dom Rafael (César Troncoso) na Guatemala. O aviador encontrará a sua antiga noiva casada com o neto de Dionísio (Sérgio Mamberti) e com dois filhos nas costas.

Ele ainda ficará com a pulga atrás da orelha ao descobrir que o personagem de Vitor Figueiredo tem exatamente sete anos na novela escrita por Walther Negrão. "Sim, ele é seu filho. A Ester não casou assim que desapareceu, como você está pensando. Quando ela finalmente concordou em casar, o Samuca já tinha quatro anos", revelará Samuel (Juca de Oliveira).

"E o menino foi registrado no nome de Alberto? Ela não precisava concordar com isso. Hoje em dia é muito fácil provar quem é o pai de uma criança. Existe o teste de DNA", reclamará o protagonista de Henri Castelli. "Pois é, meu filho, mas para todos nós você estava morto", justificará Lindaura (Angela Vieira).

"Isso não impediria o exame. Vocês me desculpem, mas o resultado podia ser comparado com o DNA do meu pai, da minha mãe ou da minha irmã para o menino ter o meu sobrenome. Eu duvido que a Ester e Alberto não soubessem disso na época", insistirá o militar.

Jura de vingança

O ouvires interpretado por Juca de Oliveira tentará colocar panos quentes na situação. "Tenta compreender. A Ester só concordou em registrar o Samuca com o sobrenome do Alberto porque logo depois ele assumiria o lugar do pai. Ela pensou no menino", explicará o ancião.

"Não, seu Samuel. Se fosse assim, ela nunca teria dito para o menino que Chico [Cacá Amaral] e Olívia [Bete Mendes] são avós dele. Avós por quê? A única coisa que faz sentido nessa história é que Alberto pressionou Ester, deve ter acenado com a herança dos Albuquerque. Essa é a verdade", rosnará Cassiano.

"Você está esquecendo outra verdade. O Alberto sempre considerou o Samuca como filho. Até mesmo antes dele nascer", continuará Lindaura, antes de ser interrompida bruscamente. "Não é filho dele. O Samuca é meu filho", emendará o galã.

"Você vai tirar o Samuca mesmo do Alberto?", questionará a cabocla. "Não só meu filho, mas eu vou tirar tudo que fez a felicidade do Alberto até agora", prometerá o irmão de Taís (Débora Nascimento) nas cenas que serão exibidas a partir do próximo dia 28.


Inscreva-se no canal do Notícias da TVno YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em Flor do Caribe e outras novelas.


Últimas de Flor do Caribe


Resumos Semanais

Resumo da novela Flor do Caribe: Capítulos de 26 a 27 de fevereiro

Sexta, 26/2 (Capítulo 155)
Hélio sai da prisão e é recepcionado com festa humilde pelos irmãos. Cassiano deixa Candinho e sua família milionários ao dar pedras de turmalina paraíba para eles. Amaralina e Rodrigo revelam que se casaram em Las ... Continue lendo


Outras Novelas

Leia também

Enquete

Você gostou de Tadeu Schmidt no comando do BBB22?

Web Stories

+
Final de Malhação na Globo tem sequestro, incêndio e final feliz; saiba tudoPor que Ludmilla e Anitta brigaram? Entenda a treta que respingou no BBB 22BBB22: Cinco vezes em que Naiara Azevedo atraiu o ranço do público na primeira semanaFaustão na Band abala concorrentes com ibope histórico e equipe provoca RecordAntes da estreia, BBB22 já rendeu treta entre famosos, tentativa de redenção e mais

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas